Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/10578
Tipo de Documento: Monografia
Título : Resíduos sólidos marinhos em áreas protegidas : o caso da Reserva Biológica de Santa Isabel (Sergipe/Brasil)
Autor : Santos, Ana Alice
Fecha de publicación : 19-dic-2018
Director(a): Nilin, Jeamylle
Resumen: Atividades antrópicas em regiões litorâneas podem propiciar o acúmulo de resíduos sólidos no ambiente, e quando não destinados corretamente podem atingir praias e oceanos, sendo uma das principais causas de poluição ambiental. No litoral norte de Sergipe encontra-se a praia turística de Pirambu (PB) e a Reserva Biológica de Santa Isabel (RBSI), uma Unidade de Conservação (UC) de proteção integral caracterizada como a mais restritiva. Entretanto, as pressões antrópicas exercidas em seu entorno e até mesmo dentro da UC podem contribuir para o acúmulo de resíduos na praia. Este estudo visa avaliar a presença de resíduos sólidos na faixa de praia de parte do litoral Norte de Sergipe, abrangendo a PB e a RBSI. As coletas ocorreram durante a maré baixa, no mês de março (período seco) e maio (período chuvoso), sendo que os 45 Km da RBSI foram divididos em quatro Setores (Sede, Lagoa Redonda, Santa Isabel e Ponta dos Mangues). Foi possível observar que a PB apresentou maior quantidade de itens em março (12,5 ±1,2 itens.m-1) e em maio (6,1 ± 2,1 itens.m-1) quando comparada aos Setores da RBSI, que por sua vez não diferiram entre si (p>0,05), apresentando uma média geral de 1,7 ± 0,8 itens.m-1 (março) e 2,1 ± 1,1 itens.m-1 (maio). Os plásticos foram os itens mais quantificados (~80% na PB e ~90% na RBSI) e as principais fontes dos resíduos marinhos foram associadas a atividades terrestres (>70%), exceto para RBSI em março, que apresentou mais resíduos de origem oceânica (58,4 %), característicos de atividades pesqueira. O presente estudo ressalta a importância de buscar medidas como melhorias no gerenciamento de resíduos nas comunidades adjacentes à UC, bem como nas cidades litorâneas de Sergipe, além de ações de educação ambiental para a sensibilização da população quanto à importância da UC e a ameaça da má gestão dos resíduos sólidos à biodiversidade marinha, inclusive às tartarugas que desovam nessa região.
Palabras clave : Ecologia
Ensino de ecologia
Lixo marinho
Unidade de conservação
Praias (SE)
Impactos ambientais
Área remota
Reserva Biológica de Santa Isabel (SE)
RBSI
Área CNPQ: CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA::ECOLOGIA DE ECOSSISTEMAS
Idioma : por
Institución: Universidade Federal de Sergipe
Departamento: DECO - Departamento de Ecologia – São Cristóvão - Presencial
Citación : Santos, Ana Alice. Resíduos sólidos marinhos em áreas protegidas : o caso da Reserva Biológica de Santa Isabel (Sergipe/Brasil). São Cristóvão, SE, 2018. Monografia (graduação em Ecologia) – Departamento de Ecologia, Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2018
URI : http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/10578
Aparece en las colecciones: Ecologia

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
Ana_Alice_Santos.pdf1,7 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Los ítems de DSpace están protegidos por copyright, con todos los derechos reservados, a menos que se indique lo contrario.