Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/10675
Tipo de Documento: Tese
Título: Observações em torno da relação modernidade e educação em Max Weber
Autor(es): Silva, Néviton Felipe da
Data do documento: 30-Abr-2018
Orientador: Santos, Edmilson Menezes
Resumo: O presente trabalho tem como propósito reconstruir a análise que Max Weber direciona à modernidade, tendo como princípio norteador dessa formulação crítica o problema da educação. No que concerne ao seu objetivo geral, este tem como intuito elaborar uma investigação teórica a partir dos elementos sócio históricos e culturais apontados pelo projeto educacional moderno, sob a ótica weberiana. Quanto ao seu objetivo específico, este visa buscar, dentre os vários pressupostos e mudanças assumidos pelo viés da modernidade, uma definição mais ou menos articulada, segundo o intelectual alemão, do papel da educação nesse período com base nas prerrogativas do seu próprio estatuto. A hipótese inicial do trabalho encontra-se, então, assim formulada: Há no pensamento weberiano acerca da modernidade um espaço para a educação, de forma a viabilizar um entendimento mais ampliado do diagnóstico estabelecido pelo autor para aquele período. Partindo desse elemento central, buscamos trilhar um caminho viável para o desenvolvimento da matriz teórica do trabalho. Dito isto, percebemos que a aproximação ao tema enseja a possibilidade de algumas perguntas-problema, a saber: há um nexo de proximidade a ser explorado entre a obra de Max Weber e alguns aspectos relacionados ao campo da educação? Partindo dessa presunção, de que forma se estabeleceu o processo de inserção da educação na modernidade sob a ótica educativa? Há em Max Weber uma teoria da educação? A metodologia do trabalho deu-se a partir do estudo e análise crítica com destaque para as principais obras do autor (Ensaios de Sociologia, Ciência e Política: duas vocações, A gênese do capitalismo moderno, Sobre a Universidade) e de seus comentadores, tendo em vista a construção de uma interpretação lógica em resposta às perguntas que foram acima articuladas. No primeiro capítulo, buscamos traçar um quadro histórico-conceitual sobre as primeiras impressões do autor acerca do mundo e sua relação com a modernidade. No segundo capítulo, discutimos a conturbada relação ente educação, religião e Estado moderno. No terceiro e último capítulo, procuramos estabelecer uma conexão entre educação, capitalismo, modernidade e ciência inseridos no mundo do trabalho. Os resultados apontam para a configuração, em Weber, de um espaço reservado à educação distinguível claramente na sua compreensão sobre a modernidade.
Abstract: The purpose of this paper is to reconstruct the analysis that Max Weber addresses to modernity, having as guiding principle of this critical formulation the problem of education. With regard to its general objective, it aims to elaborate a theoretical investigation based on the socio-historical and cultural elements pointed out by the modern educational project, from the Weberian point of view. As to its specific objective, it aims to seek, among the various assumptions and changes assumed by the bias of modernity, a more or less articulated definition, according to the German intellectual, of the role of education in this period based on the prerogatives of its own statute. The initial hypothesis of the work is thus formulated: There is in Weberian thought about modernity a space for education, in order to enable a broader understanding of the diagnosis established by the author for that period. Starting from this central element, we seek to work out a viable path for the development of the theoretical matrix of work. Having said that, we see that the approach to the subject gives rise to the possibility of some problem-questions, namely: is there a nexus of proximity to be explored between Max Weber's work and some aspects related to the field of education? Starting from this presumption, in what way was the process of insertion of modernity established under the educational perspective? The methodology of the work was based on the study and critical analysis with emphasis on the main works of the author (Essays on Sociology, Science and Politics: two vocations, The genesis of modern capitalism, On the University) and its commentators, having in order to construct a logical interpretation in response to the questions that were articulated above. In the first chapter, we sought to draw a conceptual-historical picture of the author's first impressions of the world and its relation to modernity. In the second chapter, we discuss the troubled relationship between education, religion, and the modern state. In the third chapter and last chapter, we try to establish a connection between education, capitalism, modernity and science in the world of work. The results point to the configuration in Weber of a space reserved for education clearly distinguishable in its understanding of modernity.
El presente trabajo tiene como propósito reconstruir el análisis que Max Weber dirige a la modernidad, teniendo como principio orientador de esa formulación crítica el problema de la educación. En lo que concierne a su objetivo general, éste tiene como objetivo elaborar una investigación teórica a partir de los elementos socio históricos y culturales apuntados por el proyecto educativo moderno, bajo la óptica weberiana. En cuanto a su objetivo específico, éste pretende buscar, entre los diversos supuestos y cambios asumidos por el sesgo de la modernidad, una definición más o menos articulada, según el intelectual alemán, del papel de la educación en ese período con base en las prerrogativas de su propio estatuto. La hipótesis inicial del trabajo se encuentra entonces formulada: Hay en el pensamiento weberiano acerca de la modernidad un espacio para la educación, de forma a viabilizar un entendimiento más ampliado del diagnóstico establecido por el autor para aquel período. A partir de ese elemento central, buscamos recorrer un camino viable para el desarrollo de la matriz teórica del trabajo. Dicho esto, percibimos que la aproximación al tema plantea la posibilidad de algunas preguntas-problema, a saber: ¿hay un nexo de proximidad a ser explorado entre la obra de Max Weber y algunos aspectos relacionados al campo de la educación? Partiendo de esa presunción, ¿de qué forma se estableció el proceso de inserción de la modernidad bajo la óptica educativa? La metodología del trabajo se dio a partir del estudio y análisis crítico con destaque para las principales obras del autor (Ensayos de Sociología, Ciencia y Política: dos vocaciones, La génesis del capitalismo moderno, Sobre la Universidad) y de sus comentadores, en vista de la construcción de una interpretación lógica en respuesta a las preguntas anteriormente citadas. En el primer capítulo, buscamos trazar un cuadro histórico-conceptual sobre las primeras impresiones del autor acerca del mundo y su relación con la modernidad. En el segundo capítulo, discutimos la conturbada relación entre educación, religión y Estado moderno. En el tercer capítulo y último capítulo, buscamos establecer una conexión entre educación, capitalismo, modernidad y ciencia insertados en el mundo del trabajo. Los resultados apuntan a la configuración, en Weber, de un espacio reservado a la educación distinguible claramente en su comprensión sobre la modernidad.
Palavras-chave: Educação
Estado
Modernidade
Religião
Max Weber
Education
Modernity
State
Religion
Educación
Modernidad
Religión
área CNPQ: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
Sigla da Instituição: UFS
Programa de Pós-graduação: Pós-Graduação em Educação
Citação: SILVA, Néviton Felipe da. Observações em torno da relação modernidade e educação em Max Weber. 2018. 123 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2018.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/10675
Aparece nas coleções:Doutorado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
NEVITON_FELIPE_SILVA.pdf848,82 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.