Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/14744
Tipo de Documento: Dissertação
Título : Caracterização e análise mecânica de biocompósito de matriz micelial e reforço vegetal para uso como material biodegradável
Autor : Santos, Iris Sterfanie
Fecha de publicación : 14-feb-2020
Director(a): Griza, Sandro
Co-Director(a): Marino, Regina Helena
Resumen: As preocupações com as gerações futuras e a produção frenética de resíduos impulsionaram a criação da os materiais biodegradáveis são a chave para seu desenvolvimento. Nesse cenário, o biocompósito de matriz biológica e reforço vegetal é tido como potencial, pois atende as esferas social, econômica e ambiental. Uma matriz que despertou interesse da ciência nos últimos anos foi o micélio, ou seja, a rede filamentosa de hifas que constitui a estrutura dos fungos. A manufatura do biocompósito, ainda recente, envolve um controle de proporção de substratos, escolha do isolado e condições de prensagem e aquecimento. Diante do exposto, o presente estudo visa analisar o impacto de diferentes tratamentos térmicos nas respostas física, química, térmica e mecânica do biocompósito constituído pelo isolado Pycnoporus sanguineus associado ao pó de coco e farelo de trigo. As análises apontaram que o micélio cresceu no substrato de modo aleatório, degrada-o e atua como aglutinante entre as partículas. O crescimento aleatório formou uma rede micelial densa e compacta na superfície do biocompósito e o tratamento térmico induziu a porosidade. Os tratamentos alteraram a intensidade de bandas de FTIR correspondentes ao grupo OH, NH e referente a lipídeos, além de modificar a semi-cristalinidade e reduzir a temperatura de degradação térmica. O aumento do tempo e temperatura de secagem intensificou as perdas de massa e volume, bem como reduziu a densidade, deformação compressiva, resistência à compressão e tenacidade. De modo geral, obtivemos um biocompósito leve, com resistência à compressão entre 134-200 kPa. Desse modo, os resultados apontaram que através de alterações no tratamento térmico obtém-se um biocompósito micelial com diferentes comportamentos, expandindo as possibilidades de escolha de propriedades do material em função de sua aplicação.
Resumen : Concerns about future generations and frantic waste production boosted the development. In this scenario, the biological matrix and vegetable reinforcement biocomposite has potential, because meet demands social, economic and environmental. The matrix that aroused the science interest in recent years was the mycelium, that is, the filamentous network of hyphae that constitutes the structure of the fungi. Biocomposite manufacture, still recent, involves control of substrate proportion, select of isolate and pressing and heating conditions. Given the above, the present work aims to analyse the impact of different heat treatments on the physical, chemical, thermal and mechanical responses of the biocomposite composed by the isolate Pycnoporussanguineus associated with coconut powder and wheat bran. The analyses showed that the mycelium grew on the substrate at random, degrades it and acts as a binder between the particles. The random growth formed a dense and compact mycelial network on the surface of the biocomposite and the heat treatment induced porosity. The treatments changed the intensity of FTIR bands corresponding to the OH, NH group and referring to lipids, in addition to modifying the semi-crystallinity and reducing the temperature of thermal degradation. The increase in drying time and temperature intensified losses of mass and volume, as well as reduced density, compressive deformation, resistance to compression and toughness. In general, we obtained a light biocomposite, with resistance to compression between 134-200 kPa. Thus, the results showed that through changes in heat treatment, a mycelial biocomposite with different behaviours is obtained, expanding the possibilities of choosing material properties depending on its application.
Palabras clave : Engenharia
Ciência dos materiais
Materiais compostos
Resíduo agrícola
Análise térmica
Engineering
Materials science
Biocomposite
Mycelium
Agricultural waste
Heat treatmen
Área CNPQ: ENGENHARIAS::ENGENHARIA DE MATERIAIS E METALURGICA
Patrocinio: Fundação de Apoio a Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe - FAPITEC/SE
Idioma : por
Institución: Universidade Federal de Sergipe
Programa de Posgrado: Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais
Citación : SANTOS, Iris Sterfanie. Caracterização e análise mecânica de biocompósito de matriz micelial e reforço vegetal para uso como material biodegradável. 2020. 111 f. Dissertação (Mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2020.
URI : https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/14744
Aparece en las colecciones: Mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
IRIS_STERFANIE_SANTOS.pdf7 MBAdobe PDFVista previa
Visualizar/Abrir


Los ítems de DSpace están protegidos por copyright, con todos los derechos reservados, a menos que se indique lo contrario.