Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/14826
Tipo de Documento: Dissertação
Título : Memória de hidratação no escuro de sementes: quando o fotoblastismo altera as respostas das sementes à hidratação descontínua para aumentar sua longevidade
Autor : Hora, Igor Silva da
Fecha de publicación : 28-feb-2020
Director(a): Meiado, Marcos Vinicius
Resumen: Este estudo objetivou investigar a influência da luz durante a hidratação descontínua de sementes de Cereus jamacaru DC. subsp. jamacaru e sua relação com a longevidade das sementes presentes no banco de sementes do solo. Duas hipóteses foram testadas: (1) a hidratação descontínua promove a manutenção da viabilidade das sementes, sendo representada por um aumento da longevidade e (2) sementes que passarem pela hidratação descontínua na presença da luz manterão sua viabilidade no banco por um tempo maior. As sementes foram submetidas a 0, 1, 2 e 3 ciclos de hidratação/desidratação (ciclos de HD) na presença e ausência de luz. Após a hidratação descontínua, um banco de sementes do solo foi criado em uma área de Caatinga e o comportamento germinativo (emergência de plântulas e T50) e as análises bioquímicas (concentração de açúcares redutores e proteínas solúveis totais) foram avaliados em intervalos de 0, 3, 6, 9, 12 e 15 meses. Os ciclos de HD prolongaram a longevidade das sementes, corroborando a primeira hipótese deste estudo. Porém, apenas os tratamentos de ciclos de HD no escuro proporcionaram a manutenção da viabilidade das sementes por um período igual ou superior a nove meses, prolongando sua longevidade. Este estudo propõe a existência da memória de hidratação no escuro das sementes, a qual está relacionada ao aumento da sua longevidade no solo. Assim, a resposta à incidência luminosa durante a hidratação descontínua representa uma estratégia importante para o sucesso reprodutivo de espécies fotoblásticas positivas no ambiente natural, como ocorre com a espécie estudada.
Resumen : This study aimed to investigate the influence of light during the discontinuous hydration of Cereus jamacaru DC. subsp. jamacaru seeds and its relationship with the longevity of seeds present in the soil seed bank. We tested two hypotheses: (1) discontinuous hydration promotes the maintenance of seed viability, being represented by an increase in longevity and (2) seeds that go through discontinuous hydration in the presence of light will keep their viability in the bank for a longer time. Seeds were submitted to 0, 1, 2 and 3 hydration/dehydration cycles (HD cycles) in the presence and absence of light. After discontinuous hydration, we created a soil seed bank in an area of Caatinga and the germinative behavior (seedling emergence and T50) and biochemical analyzes (reducing sugars and total soluble proteins concentration) were evaluated at intervals of 0, 3, 6, 9, 12 and 15 months. HD cycles prolonged seed longevity, corroborating the first hypothesis of this study. However, only the treatments of HD cycles in the dark provided the maintenance of the viability of the seeds for a period equal to or greater than nine months, prolonging their longevity. This study proposes the existence of the seed dark hydration memory, which is related to the increase of its longevity in the soil. Thus, the response to light incidence during discontinuous hydration represents an important strategy for the reproductive success of positive photoblastic species in the natural environment, as the studied species.
Palabras clave : Sementes
Hidratação
Plantas - Efeitos da luz
Germinação
Banco de sementes
Seed viability
Light
Soil seed bank
Cactaceae
Área CNPQ: CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
Patrocinio: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES
Idioma : por
Institución: Universidade Federal de Sergipe
Programa de Posgrado: Pós-Graduação em Ecologia e Conservação
Citación : HORA, Igor Silva da. Memória de hidratação no escuro de sementes: quando o fotoblastismo altera as respostas das sementes à hidratação descontínua para aumentar sua longevidade. 2020. 77 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2020.
URI : https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/14826
Aparece en las colecciones: Mestrado em Ecologia e Conservação

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
IGOR_SILVA_HORA.pdf995,62 kBAdobe PDFVista previa
Visualizar/Abrir


Los ítems de DSpace están protegidos por copyright, con todos los derechos reservados, a menos que se indique lo contrario.