Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4000
Tipo de Documento: Dissertação
Título: Efeito do comportamento do gato nas respostas defensivas e nociceptivas de ratos
Título(s) alternativo(s): Effect of cat's behavior in defensive and nociceptive responses of rats
Autor(es): Magalhães, Marcus Vinícius Ferreira
Data do documento: 29-Set-2016
Orientador: Silva, Luís Felipe Souza da
Resumo: As respostas defensivas variam de acordo com a distância entre a presa e o predador e o grau de ameaça que cada situação oferece. Estudos sugerem que o confronto com o predador pode eliciar diferentes tipos de analgesia, bem como a ocorrência de ansiedade e medo. O nosso objetivo foi avaliar o efeito do comportamento do gato nas respostas defensivas e nociceptivas de ratos. Para tanto, foram utilizados 48 ratos Wistar com peso de 250 a 350 g. O experimento consistiu na avaliação das respostas defensivas de ratos dos grupos CTRL (sem a presença do gato), GAt (gato ativo) e GIn (gato inativo), N= 16 animais por grupo, divididos em grupos com ou sem a possibilidade de fuga para o abrigo na arena de teste comportamental, seguido do teste algesimétrico da placa quente para medir a influência da exposição ao gato na resposta nociceptiva dos ratos. No dia seguinte (dia 2), todos os animais voltaram à arena de teste comportamental para reexposição ao contexto aversivo (sem a presença do gato). Os grupos GAt (p< 0,01) e GIn (p= 0,03) apresentaram um tempo de congelamento significativamente maior que o CTRL, adicionalmente, os grupos GAt e GIn, apresentaram, respectivamente, menor tempo de rearing (p< 0,01; p= 0,02) e menor quantidade de cruzamento nos quadrantes (p< 0,01; p= 0,01), caracterizando uma menor atividade exploratória ou maior ansiedade. O grupo GAt apresentou resposta antinociceptiva no tempo 0, onde foi significativamente diferente do basal (p< 0,01) e do intervalo de tempo 60 (p= 0,01). No dia 2, o grupo GAt apresentou um tempo de congelamento significativamente maior que o grupo GIn (p= 0,04), paralelamente, os animais dos grupos GIn, sem a possibilidade de fuga para o abrigo, apresentaram um tempo de rearing (p= 0,01) e quantidade de cruzamentos nos quadrantes maiores que os grupos CTRL e GAt sem a possibilidade de fuga para o abrigo (p= 0,02; p< 0,02). O grupo GIn mostrou um número de tentativas ou avaliação de risco significativamente maior que o CTRL (p= 0,01). No dia 2, nenhum grupo apresentou resposta antinociceptiva significativa. Os resultados sugerem que o comportamento do gato tem influência direta na resposta comportamental e nociceptiva apresentada pelos ratos. Neste sentido, a presença de um gato ativo promoveu o aumento do tempo de congelamento, diminuiu a atividade exploratória, induziu respostas antinociceptivas em ratos e promoveu respostas de congelamento na reexposição dos ratos ao contexto aversivo.
Abstract: Defensive responses vary according to the distance between prey and predator and the degree of threat that every situation offers. Studies suggest that the confrontation with the predator produces different types of analgesia as well as, the occurrence of anxiety and fear. The evaluate the effect of exposure of rat to different aversive conditions in defensive and nociceptive responses was our pursue. Therefore, we used 48 Wistar male rats weighing 250 to 350 g. On day 1, defensive and nociceptive responses of CTRL (without the cat's presence), GAt (active cat) and GIn (inactive cat) groups was evaluated. It was N = 16 animals per group, divided into groups with or without the possibility of escape to the shelter in the behavioral test arena (5 min), followed by hot plate test to measure the nociceptive response of rats. The following day (Day 2), all animals were returned to behavioral testing arena, for 5 min, to re-exposure to aversive environment (without the presence cat). GAt (p <0.01) and GIn (p = 0.03) groups had a significantly higher freezing time than CTRL. Additionally, GAt and GIn groups presented, respectively, shorter rearing (p <0.01; p = 0.02) and fewer quadrants crossing (p <0.01; p = 0.01). Farther, GAt group exhibited antinociceptive response at time 0, which was significantly different from baseline (p <0.01) and interval time 60 (p = 0.01). Still on day 2, GAt group had significantly higher freezing than GIn group (p= 0.04), additionally, the animals of GIn group, without the possibility of escape to the shelter, had higher rearing duration (p = 0.01) and number of quadrants intersections than CTRL and GAt groups without the possibility of escape to the shelter (p = 0.02; p < 0.02). GIn group showed a higher number of risk assessment than CTRL (p = 0.01). On day 2, no group showed significant antinociceptive response. The results suggest that cat's behavior has a direct influence on behavioral and nociceptive response of rats. In this sense, the presence of an active cat promoted the increase in freezing duration, the decrease exploratory activity and it induced antinociception responses in rats, besides promoting freezing responses in them after a re-exposure to aversive context.
Palavras-chave: Fisiologia
Analgesia
Dor
Ansiedade
Medo
Respostas defensivas
Defensive behavior
Pain
Fear
Anxiety
área CNPQ: CIENCIAS BIOLOGICAS::FISIOLOGIA
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES
Idioma: por
País: Brasil
Instituição/Editora: Universidade Federal de Sergipe
Sigla da Instituição: UFS
Programa de Pós-graduação: Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas
Citação: MAGALHÃES, Marcus Vinícius Ferreira. Efeito do comportamento do gato nas respostas defensivas e nociceptivas de ratos. 2016. 51 f. Dissertação (Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4000
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciências Fisiológicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MARCUS_VINICIUS_F_MAGALHAES.pdf902,36 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.