Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4220
Tipo de Documento: Dissertação
Título : Indicadores de sustentabilidade como subsídio para a prevenção e controle da infestação pelo mosquito Aedes aegypti no município de Aracaju-SE
Autor : Feitosa, Flávia Regina Sobral
Fecha de publicación : 23-feb-2016
Director(a): Sobral, Ivana Silva
Co-Director(a): Silva, Maria do Socorro Ferreira da
Resumen: Este trabalho objetiva analisar a correlação existente entre os indicadores ambientais, institucionais e sociais com o Índice de Infestação Predial (IIP) nos bairros Cidade Nova e Jabotiana, em 2014. Estes bairros foram selecionados em virtude de, respectivamente, apresentarem o maior e o menor IIP do mosquito Aedes aegypti no município de Aracaju. Os sujeitos desta pesquisa foram: seis gestores da Secretaria Municipal da Saúde; treze Agentes de Combate às Endemias (ACEs) da Vigilância Epidemiológica e duzentos moradores dos bairros estudados. Trata-se de um estudo descritivo com abordagem quali-quantitativa, realizado através da coleta e análise dos dados obtidos por meio de pesquisa bibliográfica, documental e de campo. Na pesquisa de campo foram realizadas entrevistas semiestruturadas direcionadas aos gestores da Vigilância Epidemiológica e aos moradores citados anteriormente. Foram também aplicadas entrevistas e oficinas (Diagnóstico Rápido Participativo - DRP) com os ACEs. A partir da sistematização e análise dos dados foram selecionados e mensurados indicadores ambientais, institucionais e sociais que possuíam relação com a infestação do mosquito Aedes aegypti. Assim, constatou-se que diversos fatores contribuem para a discrepância entre os índices de infestação nos bairros analisados, tais como descontinuidade e atraso das ações de prevenção e controle ao vetor, carência de Agentes de Combate às Endemias, precariedade no sistema de abastecimento hídrico em alguns locais, existência de áreas com vulnerabilidade socioambiental, com poucos espaços verdes e com um uso e ocupação do solo mal planejado. Observou-se ainda que, a dimensão institucional apresentou os piores índices para os bairros estudados e a dimensão ambiental foi a que mais contribuiu para a sustentabilidade do bairro Jabotiana. Ao final da pesquisa foram propostas ações de manejo para enfrentamento das dificuldades encontradas na prevenção e controle do Aedes aegypti, que poderão contribuir para que a gestão municipal da saúde redirecione suas políticas públicas, alcançando assim ações mais participativas e efetivas.
Resumen : This paper aims to analyze the correlation between the environmental, institutional and social with Infestation Index (II) at the neighborhoods Cidade Nova and Jabotiana in 2014. These districts were selected by virtue of respectively, presenting the lowest and highest II Aedes aegypti mosquito in Aracaju city. The research subjects were: six Municipal Health Department managers; Thirteen Fighting Endemic Diseases Agents (EDA) of Epidemiological Surveillance and two hundred residents of the neighborhoods studied. This is a descriptive study with qualitative and quantitative approach, conducted through the collection and analysis of data obtained by means of literature, documentary and field. In field research semi-structured interviews were conducted directed to managers of Epidemiological Surveillance and residents mentioned above. Interviews and workshops were also applied (Participatory Rapid Assessment - DRP) with the Agents. As from the systematization and analysis of the data were selected and measured environmental, institutional and social indicators that had relationship with the infestation of the Aedes aegypti. Thus, it was found that several factors can contribute to the discrepancy between the infestation levels in the analyzed districts, such as discontinuity and delay of actions to prevent and control the vector, lack of combat of EDA, precarious water supply system in some places, existence of areas with environmental vulnerability, with few green spaces and with the use and occupation of poorly planned ground. It was also observed that the institutional dimension showed that the worst rates in the studied neighborhoods and environmental dimension was the largest contributor to the sustainability of Jabotiana neighborhood. At the end of the research it was proposed management actions to confront the prevention difficulties and Aedes aegypti control, which may contribute to the municipal health management redirect their public policies, thus achieving more participatory and effective action.
Palabras clave : Meio ambiente
Sustentabilidade
Sustentabilidade e meio ambiente
Aedes aegypti
Mosquito da dengue
Indicadores ambientais
Políticas públicas
Dengue
Indicadores de sustentabilidade
Aracaju (SE)
Sustainability indicators
Public policy
Área CNPQ: OUTROS
Idioma : por
PaÍs: Brasil
Institución / Editorial : Universidade Federal de Sergipe
Institución: UFS
Programa de Posgrado: Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente
Citación : Feitosa, Flávia Regina Sobral. Indicadores de sustentabilidade como subsídio para a prevenção e controle da infestação pelo mosquito Aedes aegypti no município de Aracaju-SE. 2016. 238 f. Dissertação (Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2016.
Tipo de acceso: Acesso Aberto
URI : https://ri.ufs.br/handle/riufs/4220
Aparece en las colecciones: Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
FLAVIA_REGINA_SOBRAL_FEITOSA.pdf13,25 MBAdobe PDFVista previa
Visualizar/Abrir


Los ítems de DSpace están protegidos por copyright, con todos los derechos reservados, a menos que se indique lo contrario.