Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4274
Tipo de Documento: Dissertação
Título : A construção discursiva da sustentabilidade urbana na Microrregião de Garanhuns - PE
Autor : Ferreira, Márcio Rosseline da Silva
Fecha de publicación : 25-mar-2013
Director(a): Santos, Antônio Carlos dos
Resumen: Com a crise ambiental legada pelas contradições decorrentes da racionalidade instrumental tanto no que se refere ao seu caráter técnico e científico quanto em seu aspecto econômico, emergiu deste espectro um discurso balizador da sustentabilidade ambiental conforme os parâmetros estabelecidos por um paradigma social pautado numa concepção de racionalidade ambiental. Assim sendo, as políticas sociais instituídas a partir deste quadro de racionalidade, passaram a considerar a relevância da temática ambiental em sua constituição enquanto política pública. Destarte, visando contribuir para uma análise do discurso das políticas públicas no ambiente urbano, essa pesquisa teve por objetivo analisar a formação discursiva da sustentabilidade urbana na Microrregião de Garanhuns, mediante pesquisa desenvolvida com os principais municípios da citada microrregião. O objeto de pesquisaselecionado atende as exigências do Estatuto da Cidade (2001) quanto à implantação de uma política urbana sustentável. Tais municípios concentram aproximadamente 210 mil habitantes, ou seja,praticamente a metade da população da Microrregião de Garanhuns. Esses municípios se caracterizam pela superioridade da taxa de população urbana em relação à taxa de população rural, (Garanhuns 89%, Bom Conselho 65% e Lajedo 74%) (CONDEPE/FIDEM, 2010) em comparação com os demais. Porém, outro importante critério para a investigação científica, além do demográfico, foi o fator logístico. Pois, dele derivatanto a atração de empreendimentos econômicos quanto os impactos ambientais decorrentes do primeiro.No entanto, a investigação possibilitou constatar a fragmentação do discurso sobre as políticas públicas urbanas haja vista a setorização da gestãono poder público, contribuindopara a construção de um discurso eminentemete administrativo e de natureza tecnocrata, incompatibilizando-se com o discurso oficial encontrado, sobretudo, nas cartas jurídicas do poder público. A interdependência da sustentabilidade urbana com a sustentabilidade política, proferida nos discursos jurídicos visando tornar as cidades sustentáveis, é representada na concepção dos conselhos municipais, entretanto, os obstáculos decorrentes das práticas do poder público, inviabilizam o empoderamento da sociedade civil no controle social do discurso ambiental urbano.
Resumen : With the environmental crisis bequeathed by the contradictions arising from instrumental rationality both as regards their technical and scientific as in its economic aspect, this spectrum has emerged a discourse marker of environmental sustainability according to the parameters set by a "paradigm" guided by a social conception environmental rationality. Thus, social policies instituted from this framework of rationality, began to consider the importance of environmental issues in its constitution as a public policy. Thus, in order to contribute to a discourse analysis of public policies in the urban environment, this research aimed to examine the discursive formation of urban sustainability in Microregion Garanhuns through research developed with the main cities of the aforementioned micro. The "object" of selected search meets the requirements of the City Statute (2001) regarding the implementation of a sustainable urban policy. These municipalities have approximately 210 thousand inhabitants, or nearly half the population of Microregion Garanhuns. These counties are characterized by greater rate of urban population in relation to the rate of rural population (89% Garanhuns, Bom Conselho 65% and Lajedo 74%) (CONDEPE / FIDEM, 2010) in comparison with others. However, another important criterion for scientific research, in addition to the demographic factor was logistical. Well, it derives both the attraction of economic enterprises as the environmental impacts of the first. However, research finds possible fragmentation of the discourse on urban public policy considering sectorization management in government, contributing to the construction of a discourse eminentemete administrative and technocratic nature, incompatibilizando with the official discourse found mainly in the letters of legal authority. The interdependence of urban sustainability to sustainability policy rendered in legal discourse aimed sustainable cities, is represented in the design of municipal councils, however, the obstacles arising from practices of government, unfeasible the empowerment of civil society in environmental discourse of social control urban.
Palabras clave : Comunidades agrícolas
Sustentabilidade
Gestão ambiental
Garanhuns (PE)
Environmental management
Garanhuns (Brazil)
Village communities
Política governamental
Área CNPQ: CNPQ::OUTROS
Idioma : por
Programa de Posgrado: Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente
Tipo de acceso: Acesso Aberto
URI : https://ri.ufs.br/handle/riufs/4274
Aparece en las colecciones: Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
MARCIO_ROSSELINE_SILVA_FERREIRA.pdf3,13 MBAdobe PDFVista previa
Visualizar/Abrir


Los ítems de DSpace están protegidos por copyright, con todos los derechos reservados, a menos que se indique lo contrario.