Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4293
Tipo de Documento: Dissertação
Título: Indicadores socioambientais e aplicabilidade no alto curso da bacia hidrográfica do rio Mundaú-PE
Autor(es): Araújo, Marcelo Siqueira de
Data do documento: 25-Abr-2013
Orientador: Araújo, Hélio Mário de
Silva Junior, Clóvis Gomes da
Resumo: Entre o meio ambiente e os seres vivos ocorre uma teia de interligações das bases da manutenção da vida no planeta Terra. Entre os seres emerge a humanidade, com o desenvolvimento social, tecnológico e econômico, resultante da revolução industrial, onde muitas vezes o meio ambiente perde seu papel de aliado passando a ser utilizado como objeto de mecanização e dominação do homem. Nesta discussão, os recursos hídricos adquirem importância, tendo em vista sua utilização nos processos de produção do homem e como fonte de vida. Nessa perspectiva, As bacias hidrográficas transformam-se em ponto de interação entre meio ambiente e homem atuando como ponto de convergência de ações e consequências. Assim, elenca-se como objeto de estudo o alto curso da bacia do rio Mundaú no Estado de Pernambuco com o intuito de analisar as relações socioambientais a partir de 1990. Para o cumprimento desse e outros objetivos específicos estabeleceram-se diversos procedimentos metodológicos associados a diferentes etapas, priorizando incialmente o levantamento bibliográfico e cartográfico, e posteriormente a coleta de dados em gabinete através dos órgãos oficiais da Administração pública direta e indireta, culminando finalmente com o trabalho de campo. O emprego da metodologia adotada possibilitou concluir que a dimensão ambiental apresentou nível alto de vulnerabilidade impulsionado principalmente pela baixa fertilidade dos solos, acentuado índice de desmatamento, desarticulação do Comitê de bacia, além da falta de diagnósticos sobre os recursos hídricos na área. Na dimensão social o nível mostrou-se moderado, porém inspirando cuidados quanto aos baixos índices de IDHM, altas taxas de analfabetismo e mortalidade infantil. A dimensão econômica, pelo visto, necessita de ações mais urgentes, na medida em que atingiu o nível de vulnerabilidade máximo em todos os indicadores, a saber: baixo rendimento per capita, baixo número de empregados no setor formal, baixa produção agropecuária e PIB inexpressível.
Abstract: Between the environment and living beings occurs a web of interconnections of the bases of sustaining life on Earth. Among beings humanity emerges, with the social, technological and economic, resulting from the industrial revolution, where frequently the environment loses its role as ally, where it is been used as an object of mechanization and domination of man. In this discussion, water acquires importance in view of their use in the production processes of man and source of life. From this perspective, Watersheds become a point of interaction between man and environment acting as a point of convergence of actions and consequences. Thus, lists himself as an object of study the upper course of the river basin in the state of Pernambuco in the basin water of Mundaú river in order to analyze the environmental relations since 1990. To those and other specific objectives were established several methodological procedures associated with different stages, initially prioritizing the bibliographic and cartographic, and later data collection in office through the official organs of direct and indirect public administration, culminating finally with fieldwork. The use of the methodology allowed us to conclude that the environmental dimension showed high level of vulnerability mainly driven by low fertility soils, steep rate of deforestation, Basin Committee disarticulation, besides the lack of diagnostics on water resources in the area. In the social dimension, the level was found to be moderate, but inspiring care about the poor records of HDIM, high rates of illiteracy and infant mortality. The economic dimension, it seems, requires more urgent action, as it reached the maximum level of vulnerability in all indicators, namely: low per capita income, low number of employees in the formal sector, low agricultural production and GDP inexpressible.
Palavras-chave: Bacias hidrográficas
Sustentabilidade
Degradação ambiental
Desenvolvimento sustentável
Environmental degradation
Sustainable development
Watersheds
área CNPQ: CNPQ::OUTROS
Idioma: por
Programa de Pós-graduação: Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4293
Aparece nas coleções:Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MARCELO_SIQUEIRA_ARAUJO.pdf5,19 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.