Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4448
Tipo de Documento: Dissertação
Título : Paleofauna e paleoambientes do Pleistoceno Superior no município de Jaguarari, norte da Bahia
Autor : Xavier, Márcia Cristina Teles
Fecha de publicación : 29-feb-2012
Director(a): Ribeiro, Adauto de Souza
Resumen: Estudos de reconstrução paleoambiental (vegetação e clima) são mais abundantes nas regiões Sul, Sudeste e Central do Brasil utilizando pólen depositado em sedimentos lacustres e turfeiras. Por outro lado, na região Nordeste, trabalhos análogos são mais escassos. A partir deste tipo de estudo é possível inferir sobre os processos ecológicos associados às comunidades vegetais e animais. Neste trabalho buscou-se entender a dinâmica paleoambiental ocorrida em um afloramento fossilífero do tipo tanque localizado no município de Jaguarari, o qual faz parte da Microrregião de Senhor do Bonfim Centro-Oeste da Bahia, em domínio de Caatinga. Para tanto, coletou-se fósseis de mamíferos neopleistocênicos; solo e plantas para análises isotópicas (13C). A fauna identificada é composta por 6 taxa: Eremotherium laurillardi; Notiomastodon platensis; Toxodontinae; Felidae; Panochthus greslebini; Equus (Amerhippus) neogeus. Interpretações paleoambientais das características ecológicas dos taxa sugerem que este conjunto faunístico estava associado há um ambiente com predomínio de áreas abertas em associação com fisionomias mais fechadas. Os resultados isotópicos apontam para estabilidade vegetacional na região até o presente, sem troca de vegetação C3 para C4 nos locais estudados. A presença de fragmentos de carvão soterrados em várias profundidades do solo sugere a ocorrência de paleoincêndios durante todo o Holoceno, com a possível influência de um clima mais seco para a região. Estes incêndios podem ser de natureza antrópica, já que foram encontrados alguns vestígios de ocupação de populações antigas na região. A dinâmica da vegetação observada para Jaguarari, até a profundidade de solo estudada, sugere tendência a uma vegetação arbórea dominante, desde aproximadamente 15.000 anos AP. com retorno a um clima mais úmido e provavelmente similar ao atual. A região estudada, possivelmente, não sofreu modificação acentuada na vegetação no médio Holoceno, quando do estabelecimento de períodos mais secos, permanecendo com áreas de vegetação de floresta. Durante os trabalhos de escavação dos fósseis, sentiu-se a necessidade de desenvolver um trabalho de Educação Patrimonial junto à população do povoado de Lajedo II, para subsidiar ações de conservação dos sítios paleontológicos. Os resultados mostraram que esta ferramenta é um instrumento capaz de fornecer informações sobre patrimônio, noções de conservação, leis que normatizam estas práticas, as sanções legais previstas, como também, proporcionar a construção de novos conceitos e uma aprendizagem significativa na comunidade alvo.
Resumen : Numerous studies of paleo-environmental reconstruction (vegetation and climate) have been carried out in southern, southeastern, and central Brazil, based on the pollen deposited in lacustrine and peatbog sediments. Such studies are scarce in the Brazilian Northeast, however. Studies of this type permit the development of inferences on the ecological processes affecting local plant and animal communities. The present study aimed to understand the paleo-environmental dynamics of a tank-type fossil outcrop in the municipality of Jaguarari, part of the Senhor do Bonfim micro-region in central-western Bahia state, located within the Caatinga biome. Fossils of neopleistocene mammals were collected, together with samples of soil and plants for isotopic analyses (13C). Six mammalian taxa were identified: Eremotherium laurillardi, Notiomastodon platensis, Toxodontinae, Felidae, Panochthus greslebini, and Equus (Amerhippus) neogeus. The paleo-environmental interpretation of the ecological characteristics of these taxa indicated that this assemblage was found with a predominantly open environment, associated with areas of denser habitat. The isotopic analysis indicated that the vegetation of the area has been stable up to the present day, with no exchange of C3 to C4 at the study sites. The presence of charcoal fragments at different depths in the soil indicates the occurrence of wildfires throughout the Holocene, possibly as a consequence of a relatively much drier climate. The wildfires may have been anthropogenic, given that the evidence was found in association with vestiges of ancient human populations. The dynamics of the vegetation observed at the site to the depth excavated indicated a predominance of arboreal vegetation since approximately 15,000 BP, finally returning to a more humid climate similar to that of the present day. The vegetation of the study region may not have suffered major modifications of the vegetation during the drier periods of the mid-Holocene, with forest formations predominating. During excavations, the need for a patrimonial education program was perceived, in order to promote measures for the conservation of paleontological sites, together with the local population of Lajedo II village. The results of this initiative indicated that this approach is a useful tool for the generation of information on natural patrimony, basic concepts of conservation, the legal basis for this process and the possible sanctions that enforce it, as well as contributing to the development of new knowledge and perspectives in the local community.
Palabras clave : Reconstrução paleoambiental
Megafauna
Matéria orgânica do solo
Fragmentos de carvão
Educação patrimonial
Paleoenvironmental reconstruction
Organic matter on soil
Charcoal fragments
Patrimonial education
Área CNPQ: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::CONSERVACAO DA NATUREZA
Patrocinio: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Idioma : por
PaÍs: BR
Institución / Editorial : Universidade Federal de Sergipe
Institución: UFS
Programa de Posgrado: Pós-Graduação em Ecologia e Conservação
Tipo de acceso: Acesso Aberto
URI : https://ri.ufs.br/handle/riufs/4448
Aparece en las colecciones: Mestrado em Ecologia e Conservação

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
MARCIA_CRISTINA_TELES_XAVIER.pdf1,95 MBAdobe PDFVista previa
Visualizar/Abrir


Los ítems de DSpace están protegidos por copyright, con todos los derechos reservados, a menos que se indique lo contrario.