Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4942
Tipo de Documento: Dissertação
Título : Qualidade de vida e funcionalidade de indivíduos amputados praticantes e não-praticantes de esportes
Autor : Zanona, Aristela de Freitas
Fecha de publicación : 29-sep-2014
Director(a): Guerra, Danilo Ribeiro
Resumen: Amputação consiste na perda ou remoção total ou parcial de um ou mais membros, de forma traumática ou cirúrgica, acarretando danos físicos, psicológicos e/ou sociais, que resultam em redução da qualidade de vida (QV). O esporte tem sido apontado como relevante ferramenta para a reabilitação e reintegração social de indivíduos amputados. O objetivo desta pesquisa foi analisar a qualidade de vida, desempenho ocupacional, força muscular e amplitude de movimento de adultos com amputação dos membros inferiores praticantes e não praticantes de esportes. A amostra foi constituída por 45 amputados, divididos em dois grupos: Esportista (GE, n = 23) e Não Esportista (GNE, n = 22). A coleta foi realizada em Curitiba, Aracaju e Maceió, no período de dezembro/2013, janeiro e março de 2014. Os instrumentos utilizados foram o questionário The Short Form Health Survey (SF-36), a Medida Canadense de Desempenho Ocupacional (COPM), a goniometria e o teste de força muscular de Kendall. Para a análise estatística, foram utilizados os testes de Shapiro-Wilk, qui-quadrado, T de Student e de Mann-Whitney (p < 0.05). Para a variável qualidade de vida, houve diferença significante em todos os oito domínios da avaliação SF-36: capacidade funcional, limitação por aspectos físicos, dor, estado geral de saúde, vitalidade, aspectos sociais, emocional e saúde mental entre os grupos, tendo o GE apresentado os melhores resultados, indicando melhor qualidade de vida que o GNE. O GE apresentou índices significantemente mais elevados de desempenho ocupacional, força muscular (para os músculos flexores e extensores do quadril) e amplitude de movimento (para flexão e abdução do quadril). Concluiu-se, portanto, que houve maior qualidade de vida, desempenho ocupacional, força muscular e amplitude de movimento para amputados que praticam alguma modalidade esportiva.
Resumen : Amputation is the traumatic or surgical loss of one or more limbs. Amputation causes physical, psychological and social damages which result in a decrease in quality of life (QV). Sports have been considered important tools for rehabilitation and social integration of amputees. The aim of this research was to assess quality of life, occupational performance, muscle strength and range of motion of adults with lower limb amputation athlete and non-athlete. The sample consisted of 45 amputees, divided into two groups: Athlete (GE, n = 23) and non-Athlete (GNE, n = 22). The collection was made in the cities of Curitiba, Aracaju and Maceió on December 2013, January and March of 2014. The tools used were The Short Form Health Survey Questionnaire (SF-36), the Canadian Occupational Performance Measure (COPM), the goniometry, and the Kendall´s muscle strength test. The tests Shapiro-Wilk, chi-squared and Mann-Whiney (p < 0.05) were used for statistical analysis. The quality of life variable showed significant differences in all eight areas tested: functioning, role limitations due to mental health emotional bodily pain, general health, vitality, social functioning, and between the groups, with the GE presented the best results, indicating better quality of life that the GNE. The Athlete group showed significant higher rates in occupational performance, muscle strength (flexor and extensor muscles of the hip) and range of motion (flexion and hip abduction). Therefore, it was concluded that there was a higher quality of life, occupational performance, muscle strength and range of motion for amputees who practice any sport.
Palabras clave : Exercícios físicos
Deficientes físicos
Reabilitação
Amputações de perna
Esportes para deficientes
Aspectos fisiológicos do esporte
Aspectos psicológicos do esporte
Qualidade de vida
Extremidade inferior
Exercise
Leg
Physically handicapped
Rehabilitation
Sports
Sports
Sports for the handicapped
Quality of life
Lower extremity
Área CNPQ: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Idioma : por
Programa de Posgrado: Pós-Graduação em Educação Física
Tipo de acceso: Acesso Aberto
URI : https://ri.ufs.br/handle/riufs/4942
Aparece en las colecciones: Mestrado em Educação Física

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
ARISTELA_FREITAS_ZANONA.pdf1,9 MBAdobe PDFVista previa
Visualizar/Abrir


Los ítems de DSpace están protegidos por copyright, con todos los derechos reservados, a menos que se indique lo contrario.