Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/5000
Tipo de Documento: Dissertação
Título : Rastreamento do câncer de mama na atenção básica : uma contribuição da enfermagem
Autor : Pimentel, Manuella Silva Leite
Fecha de publicación : 2-may-2017
Director(a): Gonçalves, Leila Luíza Conceição
Resumen: Introdução: O câncer de mama é o mais incidente na população feminina, excetuando-se os casos de pele não melanoma. Apesar do bom prognóstico, a mortalidade mantém-se elevada em decorrência do atraso para diagnóstico e tratamento da doença. A longa espera para realizar mamografia, consulta com o especialista e iniciar o tratamento favorecem a detecção da doença em estádios avançados, altas taxas de mortalidade e baixa sobrevida. Objetivo: avaliar o rastreamento do câncer de mama na atenção básica sob a perspectiva das usuárias. Método: descritivo, transversal, realizada no município de Barra dos Coqueiros. A amostra foi composta por 295 mulheres de 52 a 69 anos usuárias das Unidades e Clínica de Saúde da Família do referido município em 2015. A coleta ocorreu de janeiro a setembro/2016, com um roteiro estruturado, utilizando protocolos e diretrizes nacionais publicados até 2014 como referenciais. Os dados foram duplamente digitados e validados no Excel/2010 e analisados pelo software R, versão 3.3.1. O nível de significância foi de 95% e a margem de erro de 5%. Foram calculados o intervalo de confiança e o Odds Ratio. Verificou-se a importância em realizar pesquisas em um município do Nordeste brasileiro, uma vez que essa região possui maior carência de recursos e infraestrutura no sistema de saúde, e assim fortalecer a detecção precoce pela enfermagem em Sergipe. Resultados: Dentre 295 mulheres, 15% realizou a consulta ginecológica há mais de dois anos. Segundo as usuárias, o enfermeiro realizou 95,6% das consultas e 96,21% dos exames clínico das mamas, o médico solicitou a 61,11% das mamografias e 60,98% das ultrassonografias durante consultas generalistas. Aproximadamente 66,0% das entrevistadas receberam informações sobre o rastreamento do câncer de mama. Destas, 44,41% citaram o enfermeiro por realizar as orientações. Pelo teste Exato de Fisher (p<0,05) verificou-se que a classe médica foi a principal responsável por rastrear as usuárias de forma incompleta. A mamografia foi citada por 79,3% das usuárias e o sistema único de saúde foi sistema mais utilizado (54,2%). Mulheres assistidas pela unidade da zona urbana e com escolaridade acima de quatro anos tiveram maior acesso a solicitação da mamografia e ao exame clínico das mamas. A idade acima de 60 anos influenciou na adesão à mamografia. Confirmou-se que o rastreamento da atenção básica do município era inadequado (p<0,0001). Conclusão: O rastreamento para o câncer de mama realizado pelos profissionais da atenção básica foi inadequado, devido a não realização do exame clínico. A escolaridade, o local de atendimento e a idade foram variáveis que interferiram na adesão ao rastreamento. O exame clínico das mamas teve menor frequência, porém a mamografia foi solicitada além do recomendado, confirmando o caráter oportunístico dos serviços. O enfermeiro foi o profissional mais atuante na consulta ginecológica, porém com necessidade de melhorar sua prática quanto ao rastreamento. O médico de saúde da família foi o principal responsável pela inadequada aplicação do rastreamento do câncer de mama.
Resumen : Introduction: Breast cancer is the most incident in the female population, except situacions of non-melanoma skin cases. Despite the favorable prognosis, the mortality mortality is high due delay in diagnostics and disease treatment. The long wait to execute the mammography or to consult with the specialist can contribute to diagnostic of disease in highs levels, high mortality rates and low survival. Aim: to evaluate breast cancer screening in the primary health care from the users' perspective. Method: descriptive, transversal, performed in Barra dos Coqueiros city. The study was consisted from 295 women between 52-69 ages who used the primary health care in 2015. The data extraction happened between January and September 2016. The data were doubly digitized and validated in Excel/2010 and analyzed by softwere R, version 3.3.1. It was considered a level of significance of 95% and the border of error of 5%. Odds Ratio and confidence interval were calculated. It was notice the importance to do researches in a city of the brasilian northeast because this place is undeveloped about health care system and this way can make strong the early detection by nursing in Sergipe. Results: Among 295 women, 15% had a gynecological appointment more two years ago. The nurse executed 95,6% of the appointment and most of the clinical examination of breasts. The doctor asked 61,11% of the mammography and 60,98% of the ultrasounds during generalists appointments. About 66% of the interviewed got information about screening. In this case, 44,41% said that the nurse reviewed information by Exato de Fisher test (p <0.05) was detected that users were identified inadequately by doctors. The mammography was mentioned for 79.3% of users and the Single Health System’s and it was the most requested system (54.2%). Women who live in urban area and that studied over four years in their lives had greater access to mammography and the breast clinical exam. The age influenced to access the mammography. It was confirmed that screening in the primary health care was inappropriate (p<0,0001). Conclusion: The Breast cancer screening that were executed by primary health professionals was inappropriate because the clinical exam in breast wasn’t made according to the consensus document. The scholarship, place of care and age were variables that interfered in the screening participation. The breast clinical exam was few, but the mammography was beyond expectations and it was confirmed the opportunistic nature of the service. The nurse was the professional more present in the gynecological appointment, but when we talk about preventive methods to breast cancer there is much to improve. Family’s health doctor was mainly responsible about inappropriate screening application of breast cancer.
Palabras clave : Enfermagem
Neoplasias da mama
Programas de rastreamento
Enfermagem em saúde comunitária
Atenção primária à saúde
Educação em enfermagem
Breast neoplasms
Mass screening
Primary health care
Community health nursing
Education
Nursing
Área CNPQ: CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Patrocinio: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES
Idioma : por
PaÍs: Brasil
Institución / Editorial : Universidade Federal de Sergipe
Institución: UFS
Programa de Posgrado: Pós-Graduação em Enfermagem
Citación : PIMENTEL, Manuella Silva Leite. Rastreamento do câncer de mama na atenção básica : uma contribuição da enfermagem. 2017. 102 f. Dissertação (Pós-Graduação em Enfermagem) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2017.
Tipo de acceso: Acesso Aberto
URI : https://ri.ufs.br/handle/riufs/5000
Aparece en las colecciones: Mestrado em Enfermagem

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
MANUELLA_SILVA_LEITE_PIMENTEL.pdf1,94 MBAdobe PDFVista previa
Visualizar/Abrir


Los ítems de DSpace están protegidos por copyright, con todos los derechos reservados, a menos que se indique lo contrario.