Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/5561
Tipo de Documento: Dissertação
Título: (Re) produção social e dinâmica ambiental no espaço da pesca : reconstruindo a territorialidade das marisqueiras em Taiçoca de Fora-Nossa Senhora do Socorro / SE
Título(s) alternativo(s): Social and environmental dynamics (re) production on fishing space: rebuilding the territoriality of marisqueiras in Taiçoca de Fora - Nossa Senhora do Socorro/SE
Autor(es): Santos, Eline Almeida
Data do documento: 10-Abr-2012
Orientador: Souza, Rosemeri Melo e
Resumo: A pesca é uma atividade desenvolvida há muito tempo, principalmente por comunidades ribeirinhas e costeiras. A atividade pesqueira é considerada masculina por parte do grupo que a desenvolve, devido à exigência da força física no manuseio dos instrumentos e à imprevisibilidade no que se refere à segurança do pescador. No que tange às mulheres, estas ficaram responsáveis, por muito tempo, pelos serviços domésticos e pela extração de mariscos nas proximidades de suas residências. Porém, as mulheres começaram a participar cada vez mais do setor e passaram a lutar por seu reconhecimento perante a comunidade como pescadoras, fato concretizado a partir de seu registro nas colônias e associações de pesca. Nessa perspectiva, a pesquisa teve como objetivo principal analisar a (re) produção social e a dinâmica ambiental do espaço da pesca sob a ótica do trabalho feminino, tendo como foco a territorialidade reconstruída no cotidiano das atividades das marisqueiras da Taiçoca de Fora/SE. Destarte, a relevância da temática está calcada na possibilidade de tornar em evidência grupos e fenômenos que, por muito tempo, foram negados nas discussões acadêmicas e político-sociais. No método fenomenológico, o espaço geográfico é analisado enquanto espaço das experiências vividas, como fenômeno experienciado por homens que nele vivem. Com base nos procedimentos técnicos utilizados, a pesquisa contemplou as seguintes etapas: a) levantamento bibliográfico e documental e b) pesquisa de campo, com a aplicação de entrevistas semiestruturadas, registro fotográfico, observação participante e a aplicação de entrevista em profundidade. O presente trabalho está estruturado em cinco capítulos: O primeiro apresenta a sistematização do projeto de pesquisa. O capítulo dois traz aspectos a respeito da comunidade, evidenciando o uso e manejo do ambiente pelos pescadores da localidade e o conhecimento tradicional como um instrumento de manutenção da atividade. O capítulo três explana a compreensão da participação da mulher no setor pesqueiro. O capítulo quatro retrata as territorialidades das marisqueiras a partir da análise das suas vivências na terra e na água. Por fim, as principais considerações a respeito do trabalho feminino na pesca, buscando responder as questões norteadoras da pesquisa. Portanto, os desafios das mulheres na atividade pesqueira não são poucos, pois ainda são revestidos de preconceitos e pelo pouco espaço na produção científica. É preciso desconstruir e evidenciar onde estão estas mulheres pescadoras e marisqueiras que fazem de seu trabalho verdadeiras lições de vida.
Palavras-chave: Geografia humana
Territorialidade humana
Pescadoras
Marisco - Pesca
Pescadores
Pesca
Pesca artesanal
Reprodução social
Dinâmica ambiental
Marisqueiras
Gênero e pesca
Fisheries
Fishers
Human geography
Human territoriality
Shellfish fisheries
Traditional fishing
Women fishers
área CNPQ: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Idioma: por
Programa de Pós-graduação: Pós-Graduação em Geografia
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/5561
Aparece nas coleções:Mestrado em Geografia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ELINE_ALMEIDA_SANTOS.pdf5,7 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.