Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/6267
Tipo de Documento: Tese
Título: Ideais de civilidade : os manuais de etiqueta e o disciplinamento dos comportamentos na sociedade contemporânea
Autor(es): Silva, Miguel Pereira da
Data do documento: 7-Mai-2014
Orientador: Leite, Rogério Proença
Resumo: A análise da influência dos manuais de etiqueta nas novas configurações sociais constituiu o objeto de pesquisa do presente estudo, especificamente, no tocante às formas de disciplinamento dos comportamentos na sociedade contemporânea. Partimos do pressuposto que os discursos contidos nesses manuais de etiqueta geram sentidos e significações entre os grupos sociais engendrando papéis intercambiáveis nos modos e comportamentos dos indivíduos que, supostamente, coexistem harmonicamente em quaisquer esferas do convívio social. Desse modo, investigamos se os manuais de etiqueta impresso ocupariam ainda algum espaço na sociedade brasileira contemporânea em meio a um universo midiático de informações multidimensionais, onde a interação face a face pode ser mediada pelas interações virtuais. E por que os manuais de etiqueta? Por se apresentar como o mais tradicional meio de ensinamento e reprodução de regras de civilidade. Num amplo universo de informações dentro do espaço digital e em rede, eles continuam sendo extensivamente publicados no Brasil, inclusive com rápidas reedições e atualizações de códigos. Analisar as formas de disciplinamento estético e funcional do corpo na sociedade do consumo, tendo como referência empírica os manuais de etiqueta do século XXI, foi o objetivo geral que norteou esse estudo. Optamos pela pesquisa bibliográfica apoiada na AD - Análise do Discurso, porque nos possibilitou compreender o quê os discursos dos manuais de etiqueta tem a dizer sobre a sociedade em que se insere, já que é uma parcela dela que legisla esses códigos e amplia o exercício da reprodução. Por fim, consideramos que os manuais de etiqueta muito mais do que um tom providencial utilizado na atualidade, não são regras simplesmente determinadas; para tudo existe uma explicação, uma informação a mais, uma argumentação. Pois, um leque de opções é demostrado aos leitores. Cabendo aos mesmos mediar às decisões certas. Se existe um conceito de certo, existem predeterminações. Se o mercado editorial investe no segmento, é porque há público consumidor expansivo, mesmo com o propagado discurso do respeito às individualidades, às subjetividades, á liberdade de ação.
Abstract: The analysis of the manuals of etiquette in the |new| social settings was the research object of the present study, specifically, with regard to forms of discipline of behavior in contemporary society. We assumed that the speeches contained in these manuals of etiquette generate senses and meanings among the social groups producing interchangeable roles in manners and behaviors of individuals who supposedly coexist harmonically in any spheres of social conviviality. Thus, we investigated if the printed label manuals would occupy some space in contemporary Brazilian society amid a media information multidimensional universe, where face-to-face interaction can be mediated by virtual interactions. And why the manuals of etiquette? By performing as the more traditional means of teaching and playing rules of civility. In a large universe of information within the virtual space and networked, they continue to be extensively published in Brazil, even with quick reprints and code updates. Analyzing the forms of aesthetic and functional discipline of the body in the society of consumption, with empirical reference manuals of etiquette in the 21st century, was the general objective that has guided this study. We opted for the bibliographical research supported in AD-discourse analysis, because it enabled us to understand what the speeches of etiquette manuals have to say about the society in which it operates, since it´s a parcel her that legislates these codes and extends the exercise of reproduction. Finally, we consider that the manuals of etiquette more than a |tom| providential used today are not simply certain rules; for everything there is an argument. A range of options is shown to readers. Fitting the same mediate the right decisions. If there is a concept of right; There are preconditions. If the editorial market invests in segment, is because there are expansive consumers, even with the widespread speech of the individualities, subjectivities, the freedom of action.
Palavras-chave: Etiqueta
Manuais
Usos e costumes
Interação social
Corpo
Consumo
Etiquette
Manners and customs
Social interaction
Body
Consumption
área CNPQ: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA
Idioma: por
Programa de Pós-graduação: Pós-Graduação em Sociologia
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/6267
Aparece nas coleções:Doutorado em Sociologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MIGUEL_PEREIRA_SILVA.pdf2,69 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.