Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/6273
Tipo de Documento: Dissertação
Título: A história não é bem essa: o monumento comemorativo como elemento dos conflitos sociais latino americanos
Autor(es): Masafret, Ivan Luis Palmeira Camardelli
Data do documento: 30-Set-2011
Orientador: Ennes, Marcelo Alario
Resumo: Após a constatação empirica da utilização de monumentos de arte pública específicos, como elemento de destaque em diversos conflitos sociais, foi traçado o objetivo principal desta dissertação, entender porque determinados monumentos comemorativos de arte pública se constituem como elementos simbólicos em conflitos sociais unidos por caracteristicas particulares. Averiguada a relevância deste fenômeno no início do século XXI - o que foi exemplificado ostensivamente no decorrer do trabalho - as atenções foram centradas nos casos latino americanos, continente que na primeira década deste século passou por importantes mudanças políticas. A pesquisa abrangeu países como o Brasil, Venezuela, Cuba e Argentina. Nestes países foram encontrados exemplos distintos que, ao mesmo tempo, obedeceram a certo padrão na utilização dstes símbolos. O conflito social da Argentina, que envolveu o monumento ao General e expresidente Julio Argentino Roca, se demonstrou o caso mais profícuo para a análise sociológica do fenômeno, já que o desenrolar dos acontecimentos foram conteporâneos à pesquisa in loco. Dado o problema, a investigação científica centrou esforços na compreensão das circunstâncias em que determinados monumentos comemorativos de arte pública passam a se constituir como ferramentas dos movimentos sociais para reivindicação, com o intuito de dar visibilidade a seus protestos. A metodologia de trabalho incluiu entrevistas com os principais atores sociais envolvidos nos conflitos além de uma pesquisa bibliográfica que compreendeu desde elementos históricos das personalidades retratadas nos monumentos até noticias publicadas nos meios de comunicação formais e informais, que por sua vez foram responsáveis pelo estabelecimento da conexão de dados, línguas, sotaques, histórias e ações sociais engajadas, alem disso um vasto material imagético fora pesquisado. Responder se os conflitos antevêem a utilização do o monumento que seria cooptado como elemento simbólico das estratégias dos envolvidos no conflito e entender qual a real relevância dos monumentos nestes conflitos são questões que a pesquisa tenta sanar.
Abstract: After finding empirical use of specific public art monuments, as a prominent element in many social conflicts, to draw the main objective of this thesis, understand why certain memorials of public art as symbolic elements are constituted in loco conflicts linked by particular characteristics . Investigated the relevance of this phenomenon in the twentyfirst century - which ostensibly was exemplified in this work - attention has focused on cases of Latin American continent in the first decade of this century has had major political changes. The survey covered countries like Brazil, Venezuela, Cuba and Argentina. These countries were found exmplos different at the same time, obeyed certain pattern in the use dstes symbols. Social conflict in Argentina, involving the monument to General and former president Julio Argentino Roca, the case has been shown more useful for the sociological analysis of the phenomenon, since the course of events were contemporaneous research on the spot. Given the problem, research efforts focused on understanding the circumstances in which certain public art memorials are to be constituted as tools of social movements to demand, in order to give visibility to their protests. The methodology included interviews with key actors involved in conflicts as well as a literature search which comprised elements from historical monuments to figures portrayed in news media published in formal and informal, which in turn were responsible for connection establishment data, languages, accents, stories and social actions engaged, moreover a vast amount of material was researched imagery. Reply to conflicts envision the use of the monument would be co-opted as a symbolic element of the strategies involved in the conflict and understand what the real significance of the monuments in these conflicts are issues that the research attempts to remedy.
Palavras-chave: Julio Argentino Roca
Conflito social
América Latina
Arte pública
Monumentos
Art
Latin America
Latin America
Monuments
Public art
área CNPQ: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA
Idioma: por
Programa de Pós-graduação: Pós-Graduação em Sociologia
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/6273
Aparece nas coleções:Mestrado em Sociologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
IVAN_MASAFRET.pdf7,35 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.