Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7922
Tipo de Documento: Monografia
Título: Tratamento conservador do hemangioma infantil com propranolol: resultados de uma coorte aos 12 meses de seguimento
Título(s) alternativo(s): Conservative treatment of infant hemangioma with propranolol: results of a cohort at 12 months follow-up
Autor(es): Nery, Andréa Lenir Bastos
Data do documento: 31-Ago-2013
Orientador: Cipolotti, Rosana
Resumo: Objetivos: Avaliar prospectivamente a eficácia terapêutica com propranolol em crianças portadoras de hemangioma infantil (HI), identificar eventuais efeitos adversos relacionados ao uso do propranolol e determinar a proporção de recorrência do hemangioma após o término do tratamento. Métodos: Delineamento longitudinal prospectivo, sendo os resultados apresentados de forma descritiva. A amostra foi composta por crianças com diagnóstico clínico de HI em qualquer localização e de qualquer tamanho. Realizada a documentação fotográfica inicial, os pacientes elegíveis utilizaram propranolol, 2 mg/kg de peso corporal por dia, em 3 tomadas diárias. Não havendo alterações após sete dias de tratamento a dose diária foi aumentada para 3 mg/kg/dia. Os retornos foram mensais e as tomadas fotográficas, bimensais. Após seis meses de uso, se a lesão se mantivesse estável por pelo menos dois registros fotográficos (quatro meses), a droga era suspensa, e o seguimento prosseguia até o 12º mês, com tomadas fotográficas bimensais. Caso houvesse aumento da lesão residual o propranolol era reintroduzido e o seguimento prosseguia inalterado. Os resultados eram avaliados através de registros fotográficos, feitos por três observadores independentes, e pelas impressões dos responsáveis. Resultados: Foram avaliadas dez crianças, Observou-se redução do HI em todas elas, avaliada tanto pelas imagens quanto pelas impressões dos responsáveis. Após interrupção do tratamento o HI voltou a crescer em um caso, sendo a medicação reintroduzida, estando a paciente ainda sob acompanhamento. Não foram observados efeitos colaterais com a terapêutica em vigor. Conclusão: A terapêutica do HI com o propranolol mostrou-se eficaz e segura na amostra estudada. Após a interrupção da medicação houve crescimento da lesão em um caso (10%)
Abstract: Objectives: To prospectively evaluate the therapeutic efficacy of propranolol in children with infantile hemangioma (IH), identify any adverse effects related to the use of propranolol and determine the proportion of recurrence of hemangioma after the end of treatment. Methods: Study design was a prospective, the results being presented descriptively. The sample was composed of children diagnosed with IH in any location and any size. Photographic documentation performed, the patients eligible used propranolol 2 mg / kg of body weight per day in three daily doses. No change after seven days of treatment the daily dose was increased to 3 mg / kg / day. The returns are monthly and snapshots, bimonthly. After six months of use, whether the lesion remained stable for at least two photographic records (four months), the drug was discontinued, and follow-up continued until the 12th month, bimonthly snapshots. If there was residual lesion increased propranolol was reintroduced and continued follow-up unchanged. The results were evaluated through photographic records made by three independent observers, and the impressions of those responsible. Results: Ten children, observed reduction of HI in all of them, evaluated the images as the impressions of those responsible. After discontinuation of the IH grew in one case, the medication being reintroduced, with the patient still under monitoring. No side effects were observed with the therapeutic effect. Conclusion: The treatment of IH with propranolol was effective and safe in the sample. After stopping the medication was no growth of the lesion in one case (10%).
Palavras-chave: Medicina
Saúde
Crianças (Tumores)
Terapêutica
Antiandrógenos
Medicine
Children (Tumors)
Therapy
Antiandrogens
área CNPQ: CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Idioma: por
Sigla da Instituição: Universidade Federal de Sergipe
Departamento: DME - Departamento de Medicina – Aracaju - Presencial
Citação: NERY, Andréa Lenir Bastos. Tratamento conservador do hemangioma infantil com propranolol : resultados de uma coorte aos 12 meses de seguimento. Aracaju, SE, 2013. TCC (Graduação em Medicina) - Departamento de Medicina, Aracaju, 2013.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7922
Aparece nas coleções:Medicina

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Andréa_Lenir_Bastos_Nery.pdf646,2 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.