Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/10104
Document Type: Dissertação
Title: Centro-Dia para idosos : relações de amizade e valorização das memórias
Other Titles: Day-Center for the elderly : relations of friendship and appreciation of memories
Authors: Procópio, Lycia Rinco Borges
Issue Date: 30-Aug-2018
Advisor: Azevedo, Lívia Godinho Nery Gomes
Resumo : Mesmo com todos os prognósticos sobre o processo de envelhecimento da população brasileira, onde os idosos serão um segmento da sociedade proporcionalmente mais representativo e numeroso, o sujeito idoso ainda é concebido como ultrapassado e incapaz. Essa compreensão da condição da velhice nas sociedades ocidentais acarreta aumento do isolamento social dos idosos, ocasionando, consequentemente, perda na qualidade de vida, aumento nos casos de depressão e suicídio. Uma nova modalidade de espaço de convivência para os idosos vem se expandindo no Brasil, os chamados “Centros-Dia”, um equipamento social que integra a rede do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). Esses espaços estão sendo considerados como um contraponto às Instituições de Longa Permanência de Idosos, denominadas também de Asilos, pois permitem que os idosos continuem mantendo relações sociais com os familiares, além do vínculo com a sua casa, o seu local de moradia. Todavia, muitas dúvidas ainda pairam sobre a real contribuição dos Centros-Dia no Brasil. Diante deste novo cenário, o trabalho objetivou investigar se os Centros-Dia para idosos podem ser ambientes que promovam relações de amizade, além de permitir que os idosos exerçam sua função social de lembrar e contar suas memórias. Para isso, foi realizado um estudo de narrativas a partir de um trabalho de campo, constituindo-se de uma pesquisa de cunho qualitativo e descritivo. Foram entrevistados idosos usuários de um Centro-Dia público, localizado no interior do Estado de São Paulo. Os resultados demonstram que o Centro-Dia pode se configurar em um espaço promotor de amizade, aproximando e incentivando os usuários a experimentar novas relações interpessoais que passam a fazer parte de sua rede de sociabilidade. As amizades consolidadas no Centro-Dia podem atuar como um componente terapêutico, auxiliando os idosos no combate a quadros depressivos, atenuando sentimentos de solidão, rejeição e abandono. Além disso, esses idosos usuários do Centro-Dia adquiriram um forte sentimento de pertencimento de grupalidade. A função social dos idosos de lembrar e contar suas memórias precisa ser fortalecida junto à programação de atividades do Centro-Dia, bem como a incorporação na equipe de um profissional com formação voltada a ações de escuta grupal e individual. A análise das narrativas aponta que o Centro-Dia não se configura como “depósito diurno de idosos”, podendo ser um contraponto às Instituições de Longa Permanência de Idosos. A instalação de novos Centros-Dia não deve ficar de fora da pauta das políticas públicas de amparo e proteção aos idosos nas diversas esferas governamentais, com a participação de outros segmentos da sociedade.
Abstract: Even with all the prognoses about the aging process of the Brazilian population, where the elderly will be a segment of the society proportionally more representative and numerous, the elderly citizen is still considered as being outdated and incapable. This understanding of the condition of old age in Western societies leads to an increase in the social isolation of the elderly person, resulting in a loss of quality of life and an increase in cases of depression and suicide. A new modality of coexistence space for the elderly has been expanding in Brazil, the so-called "Day Centers", a social equipment that is part of the Unified Social Assistance System (SUAS). These spaces are being considered as a counterpoint to the Long Stay Institutions for the Elderly, also called Asylums, since they allow to the elderly the possibility to keep maintaining social relations with their families, as well as the bond with their home, their living space. However, many doubts still linger about the real contribution of Day Centers in Brazil. In view of this new scenario, the objective of this study was to investigate whether Day Centers for the Elderly can be spaces that promote friendly relations, besides allowing the elderly to exercise their social function of remembering and speaking about their memories. With this objective in mind, a study of narratives was performed, constituting a qualitative and descriptive research. Elderly users of a public Day Center were interviewed, located in the interior of the State of São Paulo. It was verified that the Day Center can be configured in a space that promotes friendship, bringing together and encouraging users to try new interpersonal relationships that become part of their network of sociability. Consolidated friendships at the Day Center can act as a therapeutic component, helping seniors to combat depressive moods, softening feelings of loneliness, rejection, and abandonment. In addition, these elderly users of the Day Center have acquired a strong sense of group membership. The social function of the elderly to remember and tell their memories needs to be strengthened along with the activities of the Day Center, as well as the incorporation into the staff of a professional with training focused on group and individual listening actions. This research indicates that the Day Center does not constitute a "daytime deposit for the elderly” and may be a counterpoint to the Long-Term Care Institutions of the Elderly. The installation of new Day Centers should not be excluded from the agenda of public policies of aid and protection of the elderly in various governmental spheres, with the participation of other segments of society.
Keywords: Psicologia social
Idosos
Relações intergrupais
Relações humanas
Recordações
Centro-Dia
Amizades
Memórias
Velhice
Narrativas
Day-Center
Friendship
Memory
Elderlies
Narratives
Subject CNPQ: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Program Affiliation: Pós-Graduação em Psicologia
Citation: PROCÓPIO, Lycia Rinco Borges. Centro-Dia para idosos: relações de amizade e valorização das memórias. 2018. 239 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2018.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/10104
Appears in Collections:Mestrado em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LYCIA_RINCO_BORGES_PROCOPIO.pdf2,54 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.