Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/10394
Document Type: Tese
Title: Cultura material e território eclesiástico: uma leitura zooiconográfica em igrejas coloniais de Sergipe Del Rei entre os séculos XVII – XVIII
Authors: Nunes, Verônica Maria Meneses
Issue Date: 24-Aug-2018
Advisor: Queiroz, Albérico Nogueira de
Resumo : O presente estudo foi pensando dentro do campo da Zooarqueologia enquanto uma área de análise que se propõe a investigar os vestígios materiais de animais relacionados com as experiências humanas, nesse caso, é um campo que possibilita realizar diferentes leituras em diferentes objetos, levando em consideração que as materialidades podem estar carregadas de distintas representações, significados construídos socialmente e disseminados como uma estrutura de signos, de modo que eles podem ser entendidos enquanto canais de comunicação. Portanto, a cultura material em cena do universo religioso é permeada por diversas representações simbólicas, nas quais se encontram os elementos Zooiconográficos. Assim foi nesse contexto de interpretação e leitura da cultura material católica que surgiu o tema dessa pesquisa com o objetivo de compreender a materialidade da iconografia cristã difundida em igrejas coloniais que integraram o território eclesiástico pertencente a Arquidiocese da Bahia na capitania de Sergipe Del Rey entre os séculos XVII – XVIII. Ademais, este estudo arqueológico não procede de escavação, mas é resultante do levantamento e “prospecção/escavação com o olhar” realizada nos retábulos dos altares, e tem sentido e significado no espaço em que está inserido, ou seja, tem uma função no local onde foi colocado que é o seu papel no processo catequético. Enquanto elemento da cultura material católica, o objeto é produzido para transmitir mensagens. A ave, o pelicano, e os demais objetos integraram o discurso religioso da Contrarreforma. Por fim, a materialidade Zooiconográfica produzida em superfície carrega significados intencionais nos espaços religiosos relacionados com o processo catequético.
Abstract: The present study was produced into the field of Zooarchaeology as an area of analysis which aims to investigate the material remains from animals related to human experiences, thus enabling to perform different analyzes on different objects considering that the materialness may be loaded with distinct representations as well as socially constructed meanings disseminated as a structure of signs likely to be understood as communication channels. Therefore, the material culture on the scene of the religious universe is pervaded by several symbolic representations, in which are the zoo iconographic elements. The theme of this research originated from this context of interpretation and analysis of the Catholic material culture and aims to understand the significance of the Christian iconography widespread in colonial churches that integrated the ecclesiastical territory owed by the Archdiocese of Bahia, in the Sergipe Del Rey captaincy issued from the17th to the 18th century. Furthermore, this archaeological study does not come from excavation works, but the result of a survey and “prospection/ excavation” through a careful look at the altar retables that find its meaningfulness in the context in which it is inserted. Thus, its function dwells where it was placed, which is its role in the catechetical process. As an element of the Catholic material culture, the objects were produced to pass on specific messages, the m bird, the pelican and the other several objects were part of the religious discourse during the counter-reformation movement in Catholic sites within the catechetical process, coming to the final conclusion that the zoo iconographic materials produced on surfaces carry intentional meanings.
Keywords: Arqueologia
Sergipe
Arqueologia e história
Cultura material
Iconografia
Espaço sagrado
Animais pré-históricos
Escavações (Arqueologia)
Restos de animais (Arqueologia)
Zooarqueologia
Zooiconografia
Território eclesiástico
Zooarchaeology
Zooiconography
Ecclesiastical territory
Subject CNPQ: CIENCIAS HUMANAS::ARQUEOLOGIA
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Program Affiliation: Pós-Graduação em Arqueologia
Citation: NUNES, Verônica Maria Menezes. Cultura material e território eclesiástico: uma leitura zooiconográfica em igrejas coloniais de Sergipe Del Rei entre os séculos XVII – XVIII. 2018. 184 f. Tese (Doutorado em Arqueologia) - Campus de Laranjeiras, Universidade Federal de Sergipe, Laranjeiras, 2018.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/10394
Appears in Collections:Doutorado em Arqueologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VERÔNICA_MARIA_MENESES_NUNES.pdf11,93 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.