Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/10665
Document Type: Dissertação
Title: Arquitetura híbrida de armazenamento no contexto da Internet das Coisas
Authors: Cavalcante Junior, Bráulio Lívio Dias
Issue Date: 29-May-2018
Advisor: Macedo, Douglas Dyllon Jeronimo de
Co-advisor: Moreno Ordonez, Edward David
Resumo : A IoT se faz presente como uma das grandes áreas de inovação em tecnologia. Através dela, é possível compartilhar informações sobre o uso de dispotivos pequenos, considerados pervasivos, ou seja, que estão presentes no cotidiano das pessoas sem serem percebidos. A computação em nuvem tornou-se um componente-chave para desenvolver aplicativos de IoT. Enquanto o número de dispositivos aumenta, uma grande quantidade de dados é gerada. Desse modo, é necessário tratar adequadamente o armazenamento e acesso desses dados de maneira otimizada. Existem diferentes formas de gerenciar e armazenar dados em IoT, entre elas, a abordagem relacional (SQL), o armazenamento não-relacional (NoSQL), NewSQL e modelos de larga escala. Em IoT, é comum lidar com dados não estruturados, em sua maioria, além das aplicações demandarem alta flexibilidade e mudanças frequentes de esquema. Para sistemas que demandam estes tipos de requisitos, estudos prévios indicam o uso do armazenamento não relacional, conhecido como NoSQL. Bancos de dados destes tipos flexibilizam restrições de consistência e integridade, provêem escalonamento horizontal e mecanismos otimizados de replicação e acesso. Contudo, possivelmente cada dado em IoT demande um melhor tipo de armazenamento NoSQL específico dado um critério escolhido. Partindo-se do princípio que o desempenho de leitura e escrita seja o principal critério para escolher o tipo de armazenamento, foi necessário identificar quais bancos de dados possuem o melhor desempenho dessas operações para dados de IoT, sendo este um dos objetivos do trabalho. Contudo, antes da análise experimental, fez-se necessário projetar um modelo para mapear o fluxo de dados em IoT e o direcionamento desses dados para o local de armazenamento adequado. Para isso, o presente trabalho propôs uma arquitetura de armazenamento híbrido para IoT. Afim de validá-la, experimentos utilizando os 3 principais bancos de dados NoSQL foram feitos para avaliar o tempo de inserção e leitura de dados escalares, multimídia e posicionais, 3 dos principais tipos de dados em IoT. Após os experimentos, foi identificado que o banco de dados Redis, do tipo chave-valor, obteve o melhor desempenho para escrita e consulta destes tipos de dados.
Abstract: IoT is present as one of the great areas of innovation in technology. Through it, it is possible to share information about the use of small devices, considered pervasive, that is, that are present in the daily lives of people without being perceived. Cloud computing has become a key component in developing IoT applications. As the number of devices increases, a large amount of data is generated. In this way, it is necessary to adequately treat the storage and access of this data in an optimized way. There are different ways of managing and storing data in IoT, including relational approach (SQL), non-relational storage (NoSQL), NewSQL, and large-scale models. In IoT, it is common to deal with unstructured data, most of which, besides applications, require high flexibility and frequent schema changes. For systems that require these types of requirements, previous studies indicate the use of non-relational storage, known as NoSQL. Databases of these types relax consistency and integrity constraints, provide horizontal scale, and optimize replication and access mechanisms. However, each data in IoT possibly requires a better type of specific NoSQL storage given a chosen criterion. Assuming that reading and writing performance is the main criterion for choosing the type of storage, it was necessary to identify which databases have the best performance of these operations for IoT data, which is one of the objectives of the study. However, prior to the evaluation, it was necessary to design a model to map the flow of data in IoT and the targeting of that data to the appropriate storage location. For this, the present work proposed a hybrid storage architecture for IoT. In order to validate it, an evaluation using the 3 main NoSQL databases were done to evaluate the insertion time and reading of scalar, multimedia and positional data, 3 of the main data types in IoT. After the evaluation, it was identified that the Redis database, of the key-value type, obtained the best performance for writing and consulting these types of data.
Keywords: Internet das Coisas
IoT
NoSQL
Armazenamento
Bancos de dados
Armazenamento em IoT
Storage
Databases
IoT storage
Subject CNPQ: CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::CIENCIA DA COMPUTACAO
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Program Affiliation: Pós-Graduação em Ciência da Computação
Citation: CAVALCANTE JUNIOR, Bráulio Lívio Dias. Arquitetura híbrida de armazenamento no contexto da Internet das Coisas. 2018. 101 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Computação) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2018.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/10665
Appears in Collections:Mestrado em Ciência da Computação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BRAULIO_LIVIO_D_CAVALCANTE_JUNIOR.pdf11,11 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.