Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/10967
Document Type: Dissertação
Title: Análises da ansiedade entre surdos
Authors: Santos, Fábio
Issue Date: 28-Feb-2019
Advisor: Silva, Joilson Pereira da
Resumo : O interesse em compreender sobre a saúde mental das pessoas surdas também tem levado pesquisadores de todo o mundo a investigar a sua ansiedade. Todavia, alega-se que a literatura sobre o assunto carece de novas pesquisas e demonstra ser limitada. O Brasil é um país onde há falta de estudos sobre a ansiedade e a saúde mental da população surda. A realização de pesquisas no país permitiria uma maior compreensão da ansiedade entre as pessoas surdas, o que inclui entender o quão ansiosas podem ser, seus fatores ansiogênicos e como lidam com isso. Esta pesquisa teve o objetivo de analisar e discutir a ansiedade entre pessoas surdas, considerando suas experiências de comunicação e em meio a adversidades. Foram realizados três estudos, capítulos desta dissertação. O primeiro deles foi um estudo teórico com o objetivo de apresentar e discutir a influência da comunicação, do gênero, dos aspectos educacionais e das características da surdez sobre a ansiedade das pessoas surdas. Nele, pesquisas empíricas e aspectos conceituais abordaram a surdez no mundo e no Brasil, a influência dela sobre a ansiedade e saúde mental das pessoas surdas e os fatores de influência elegidos para discussão. O segundo capítulo, uma Revisão Integrativa (RI), teve o objetivo foi descrever as pesquisas que investigaram a respeito da ansiedade entre pessoas surdas no período de 2000 a 2017 nas seguintes bases de dados: PubMed, SCOPUS, Medline, LILACS, PePSIC e Periódicos CAPES. Dos 749 artigos resultantes, foi possível recuperar 13 publicações que datavam de 2006 a 2017. Os aspectos descritos na RI abrangeram o país e ano de realização, periódicos de publicação, abordagem e delineamento de pesquisa, características das amostras, instrumentos, formas de coletar dados e temáticas exploradas. O último capítulo foi realizado com uma amostra formada por 10 estudantes surdos bilaterais profundos, de ambos os sexos, fluentes em Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) cuja idade variou de 18 a 24 anos (M = 20,2 e DP = 1,88). Esse capítulo teve o objetivo de analisar as narrativas de estudantes surdos profundos bilaterais a respeito das suas experiências comunicacionais, sobre os sintomas de ansiedade vividos e o enfrentamento às adversidades. Os participantes foram entrevistados e responderam a 12 perguntas abertas sobre ansiedade, comunicação e enfrentamento. Os dados foram analisados pelo software IRaMuTeQ por meio da Classificação Hierárquica Descendente (CHD), que gerou 5 classes, denominadas Relações interpessoais; Comunicação; Cotidiano e ansiedade; Família, ansiedade e cotidiano; e Problemas e seu enfrentamento. Os resultados contribuem valiosamente para a comunidade científica interessada em entender mais em torno da saúde mental das pessoas surdas, especialmente as brasileiras. As limitações identificadas em cada uma das pesquisas descritas requerem a realização de novos estudos no Brasil. É importante que mais pesquisas sejam conduzidas e que psicólogos e outros profissionais e pesquisadores se envolvam em estudos e intervenções em torno da saúde mental da população surda brasileira. Isso precisa ser feito assegurando a visualização dos aspectos psicológicos da experiência das pessoas surdas e a preservação da perspectiva socioantropológica da surdez.
Abstract: The interest to comprehend about the mental health of deaf people has also led researchers around the world to investigate their anxiety. However, it is alleged that the literature on the subject needs further research and shows that it is limited. Brazil is a country where there is a lack of studies on the anxiety and mental health of the deaf population. Conducting research in the country would allow a greater comprehension of anxiety among deaf people, including understanding how anxious they may be, their anxiogenic factors, and how they deal with it. This research aimed to analyze and discuss the anxiety among deaf people, considering their experiences of communication and in the midst of adversities. Three studies were carried out, chapters of this dissertation. The first one was a theoretical study with objective to present and discuss the influence of communication, gender, educational aspects and characteristics of deafness on the anxiety of deaf people. In it, empirical research and conceptual aspects addressed deafness in the world and in Brazil, her influence on the anxiety and mental health of deaf people and the influence factors chosen for discussion. The second chapter, an Integrative Review (IR), had to objective to describe the researches that investigated the anxiety between deaf people in the period 2000 to 2017 in the following databases: PubMed, SCOPUS, Medline, LILACS, PePSIC and Periódicos CAPES. From the 749 resulting articles, it was possible to retrieve 13 publications dating from 2006 to 2017. The aspects described in the IR covered the country and year of publication, publication periodicals, approach and research design, characteristics of the samples, instruments, ways of collecting data and explored themes. The last chapter was carried out with a sample of 10 deaf bilateral profound students of both sex, who were fluent in Brazilian Sign Language (LIBRAS), whose age ranged from 18 to 24 years (M = 20.2 and SD = 1.88). This chapter aimed to analyze the narratives of profound deaf bilateral students regarding their communicational experiences, the symptoms of anxiety experienced and the coping to the adversities. Participants were interviewed and answered 12 open-ended questions about anxiety, communication, and coping. The data were analyzed by the IRaMuTeQ software by means of the Descending Hierarchical Classification (DHC), which generated 5 classes, denominated Interpersonal relations; Communication; Daily life and anxiety; Family, anxiety and everyday life; and Problems and their coping. The results contribute invaluable to the scientific community interested in understanding more about the mental health of deaf people, especially the Brazilian ones. The limitations identified in each of the studies described require further studies in Brazil. It is important that more research is conducted and that psychologists and other professionals and researchers are involved in studies and interventions around the mental health of the Brazilian deaf population. This needs to be done by ensuring the visualization of the psychological aspects of deaf people experience and the preservation of the socioanthropological perspective of deafness.
Keywords: Psicologia
Surdez
Ansiedade
Estratégias comunicacionais
Estratégias de enfrentamento
Psychology
Deafness
Anxiety
Communicational strategies
Coping strategies
Subject CNPQ: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Program Affiliation: Pós-Graduação em Psicologia
Citation: SANTOS, Fábio. Análises da ansiedade entre surdos. 2019. 121 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2019.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/10967
Appears in Collections:Mestrado em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FABIO_SANTOS.pdf2,05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.