Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/11801
Document Type: Tese
Title: Para o mundo ver? Redes de pesquisa na divulgação científica e engajamento público na internet: o caso da Rede Nacional de Nanotecnologia Sociedade e Meio Ambiente - Renanosoma
Authors: Almeida, Juliana Correia
Issue Date: 25-Feb-2019
Advisor: Silva, Tânia Elias Magno da
Resumo : Redes horizontais de comunicação multidirecional potencializam as interações e vêm contribuindo para mudanças na estrutura social. Um exemplo disso diz respeito aos diversos movimentos sociais originados pela internet que eclodiram em várias partes do mundo. São movimentos urbanos que têm a distinção reivindicatória própria dos movimentos sociais tradicionais, mas que tem como característica principal de ação coletiva a mobilização pela internet com as suas diversas ferramentas de comunicação. Os dispositivos móveis potencializaram essa relação de proximidade, na medida em que, o wifi e as tecnologias 3G e 4G promovem o controle informacional locativo, ou seja, o ciberespaço está sempre presente no cotidiano do indivíduo onde quer que haja disponibilidade de acesso. Percebe-se, também, uma mudança nas descrições dos processos envolvendo o uso cotidiano das tecnologias mediadas por computadores. Se nos anos 90, com a difusão da acessibilidade à Internet, o foco ainda era no desenvolvimento e aperfeiçoamento das tecnologias, hoje, há um grande foco nos fluxos, nas interações sociais e distribuição do conhecimento. Nem sempre as relações se dão pelo sentido de comunidade, afinidade. As sociabilidades em rede adquirem características bastante efêmeras em um contexto que envolve informação, afetividade, diversão, trabalho, etc. O rápido avanço da nanotecnologia, por exemplo, é considerado uma nova revolução científica que movimenta várias áreas do conhecimento e montante considerável de dinheiro, despertando interesses conflitantes em todo o mundo. As discussões sobre nanotecnologia são presentes na internet e da mesma forma conflitantes nas abordagens que envolvem o produtor, a técnica, ética, efeitos ambientais, na saúde do consumidor e trabalhadores. A Rede Nacional de Nanotecnologia Sociedade e Meio Ambiente (Renanosoma) possui uma importante atuação na rede com projetos de divulgação científica com significativa regularidade, em especial o programa de entrevistas e debates na web intitulado “Nanotecnologia do Avesso”. A cultura digital, hipermidiática e hipervisível, apresenta elementos que favorecem a sociedade de consumo, do espetáculo, mas, também, é um ambiente que vem favorecendo a divulgação científica através de diversas plataformas em forma de hipertexto informatizado e plataformas multimídia. A metodologia aplicada ao objeto dessa tese parte de uma análise da cultura digital, sociedade em rede e seus aspectos epistemológicos, levantamento dos programas veiculados do projeto de divulgação científica “Nanotecnologia do Avesso” e uma análise das áreas do conhecimento abordadas a partir dos objetivos transdisciplinares propostos pela Rede Nacional de Nanotecnologia Sociedade e Meio Ambiente (Renanosoma). Fez-se uma análise qualitativa dos resultados para entender as relações de propagação da rede na divulgação da nanociência e nanotecnologia. Procurou-se entender, também, como essa rede de pesquisa mantém sua atuação e visibilidade em um ambiente onde a sociedade do consumo encontra maior espaço de reverberação a partir de uma análise bibliográfica e pesquisa de campo.
Abstract: Horizontal multidirectional communication networks enhance interactions and have contributed to changes in the social structure. An example of this is the diversity of Internet-based social movements that have erupted in various parts of the world. They are urban movements that have the distinctive claim of traditional social movements, but whose main characteristic of collective action is mobilization through the internet with its various communication tools. Mobile devices have strengthened this proximity relationship, since wi-fi and 3G and 4G technologies promote locative information control, that is, cyberspace is always present in the everyday life of the individual wherever access is available. It is also noticed a change in the descriptions of processes involving the daily use of computer-mediated technologies. If in the 1990s, with the diffusion of Internet accessibility, the focus was still on the development and improvement of technologies, today there is a great focus on fluids, social interactions and distribution of knowledge. Relationships do not always occur because of a sense of community, affinity. Network sociabilities acquire rather ephemeral characteristics in a context that involves information, affectivity, fun, work, etc. The rapid advance of nanotechnology, for example, is considered a new scientific revolution that moves several areas of knowledge and considerable amount of money, arousing conflicting interests around the world. Nanotechnology discus- sions are present on the Internet and are equally conflicting in approaches involving producer, technique, ethics, environmental effects, consumer health, and workers. The National Network of Nanotechnology Society and Environment (Renanosoma) has an important role in the network with projects of scientific dissemination with significant regularity, in particular the program of interviews and debates on the web entitled "Nanotechnology of the Ahead". The digital culture, hypermedia and hypervisible, presents elements that favor the society of consumption, of the spectacle but, also, it is an environment that has favored the scientific dissemination through several platforms in the form of computerized hypertext and multimedia platforms. The methodology applied to the subject of this thesis, part of an analysis of the digital culture, network society and its epistemological aspects, survey of the programs disseminated of the project of scientific dissemination "Nanotechnology do Avesso" and an analysis of the areas of knowledge approached from the objectives Proposed by the National Network of Nanotechnology Society and Environment (Renanosoma). It is intended a qualitative analysis of the results to understand the relationships of propagation of the network in the dissemination of nanoscience and nanotechnology. It also seeks to understand how this research network maintains its performance and visibility in an environment where the society of the show finds greater space of reverberation from a bibliographical analysis and field research.
Keywords: Sociologia
Cultura e tecnologia
Ciberespaço
Comunicações digitais
Nanotecnologia
Divulgação científica
Rede Nacional de Nanotecnologia Sociedade e Meio Ambiente (Renanosoma)
Sociedade em rede
Cultura digital
Engajamento público
Scientific dissemination
Network society
Digital culture
Subject CNPQ: CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA
Sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES
Language: por
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Sociologia
Citation: ALMEIDA, Juliana Correia. Para o mundo ver? Redes de pesquisa na divulgação científica e engajamento público na internet: o caso da Rede Nacional de Nanotecnologia Sociedade e Meio Ambiente - Renanosoma. 2019. 276 f. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2019.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/11801
Appears in Collections:Doutorado em Sociologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JULIANA_CORREIA_ALMEIDA.pdf5,71 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.