Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/12044
Document Type: Apresentação
Title: O Cão não é o vilão: vamos falar sobre leishmaniose?
Authors: Aragão, Douglas
Pinto, Kamila
Jesus, Yanca
Santos, Ilka dos
Reis, José Gabriel
Reis, Daniele
Marques, Bárbara
Jesus, ketlen
Cruz, Daniela
Santos, Juliane
Issue Date: Sep-2019
Advisor: Campos, Roseane
Resumo : A convivência com animais de estimação traz muitos benefícios aos seres humanos, no entanto, o desconhecimento dos fundamentos sobre a tutoria responsável e os os cuidados inadequados com os cães alteram os padrões de crescimento populacional desses animais, afeta diretamente o bem-estar de todos os envolvidos e possibilita o aumento nas taxas de transmissão de zoonoses. Uma das principais zoonoses da atualidade é a leishmaniose visceral (LV), sendo esta uma doença grave que atinge crianças, adultos jovens, idosos ou pessoas imunodeprimidas. O cão é considerado o reservatório de maior importância do parasite. Cães infectados desempenham um papel fundamental na transmissão da LV aos seres humanos, já que a doença nos cães precede a dos humanos e consequentemente colabora para a disseminação da LV. Trabalhos com educação e informações para a comunidade de noções básicas sobre os cuidados necessários com cães e gatos e tutoria responsável podem ser considerado essenciais para controlar a propagação de zoonoses, diminuição no abandono de animais, melhoria do bem estar animal e na saúde pública. O projeto “O cão não é o vilão: vamos falar sobre leishmaniose” tem o objetivo de orientar crianças sobre os cuidados com cães e como controlar a leishmaniose nos animais e nos humanos. Este será realizado em escolas estaduais e municipais de Nossa Senhora da Glória-SE. A proposta é informar de forma lúdica, com dramatização e brincadeiras sobre tutoria responsável com os cães, aplicação de medidas básicas de cuidados e ações preventivas para o controle da leishmaniose. A prática da guarda responsável com os cães, limpeza de quintais, o não acumulo de entulhos e lixos orgânicos assegura não somente a saúde dos animais, como também reduz os riscos à saúde pública. A educação para crianças influencia diretamente os responsáveis por estas crianças e as pessoas que convivem próximo, além disso, teremos a formação de futuros adultos responsáveis com relação ao bem estar animal e cuidados com zoonoses.
Keywords: Educação
Zoonoses
Animais
Vetor
Subject CNPQ: CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Language: por
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/12044
Appears in Collections:Slides

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CaoNaoEVilao.pptx7,26 MBMicrosoft Powerpoint XMLView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.