Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/12125
Document Type: Monografia
Title: Avaliação ecotoxicológica dos metais-traço cobre e zinco, isolados e em mistura, para Daphnia similis e Ceriodaphnia silvestrii
Authors: Nobre, Fernanda Silva de Melo
Issue Date: 18-Dec-2019
Advisor: Novelli, Andréa
Resumo : As atividades antrópicas têm provocado o despejo de inúmeras substâncias químicas sintéticas e naturais, sendo os ecossistemas aquáticos os mais susceptíveis à exposição a tais agentes tóxicos. A elevada concentração de metais-traço no meio aquático apresenta-se como uma das formas de contaminação química mais grave, justamente por serem elementos não biodegradáveis. Nesse contexto, o principal objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos ecotoxicológicos agudo dos metais-traço cobre e zinco, isoladamente e em mistura, para Daphnia similis e Ceriodaphnia silvestrii e comparar esses efeitos com os preditos por meio dos modelos de Adição de Concentração e Ação Independente. Os resultados obtidos demonstraram que as concentrações efetivas medianas (CE50) de zinco para ambos os organismos-teste foram inferiores ao limite máximo (180 µg.L-1 ) estabelecido pela legislação vigente, Resolução CONAMA n 0 357/2005, para corpos d’água de classe 2, quando avaliados de forma isolada, demonstrando que o valor estabelecido por tal resolução pode não ser adequado para a manutenção da biota aquática. Apenas para Ceriodaphnia silvestrii, os valores observados foram também inferiores ao limite máximo para cobre dissolvido (9 µg.L1 ) estabelecido pela resolução, mostrando que o valor definido para a manutenção da biota aquática pode não está adequado, levando em consideração o efeito isolado. Já o modelo de ação que melhor descreve o efeito da mistura sobre os organismos-teste foi o de Ação Independente, sendo a toxicidade em nível de dose, ou seja, ocorrendo antagonismo em baixas doses e sinergismo em doses elevadas.
Abstract: The anthropogenic activities have caused the discard of countless synthetic and natural chemicals, and the aquatic ecosystems are the most susceptible to the exposure to such toxic agents. The high concentration of trace metals in the aquatic environment presents itself as one of the most serious forms of chemical contamination, because they are non-biodegradable elements. In this context, the main objective of this paper was to assess the acute ecotoxicological effects of the trace metals copper and zinc, individually and in mixture, to Daphnia similis and Ceriodaphnia silvestrii, and compare these effects with those predicted by the models of concentration addition and independent action. The results showed that the median effective concentration of zinc for both test organisms were lower than the maximum limit (180 μg.L-1 ) set by law, CONAMA n0 357/2005, to water bodies of class 2, when individually evaluated, showing that the set value may not be suitable for the maintenance of aquatic biota. Just for Ceriodaphnia silvestrii the observed values were lower than the limit for dissolved copper (9 μg.L-1 ) established by law, showing that the value set for the maintenance of aquatic biota may not be suitable, taking into account the isolated effect. The model of action that best describes the effect of the mixture upon the test organisms was the independent action, and the toxicity occurs at dose level, in other words, occurring antagonism at lower doses and synergism on high doses.
Keywords: Engenharia ambiental
Ensino de engenharia ambiental
Testes de toxicidade
Zooplâncton
Bioindicadores
Bioindicadores
Sinergismo
Antagonismo
Metais-traço
Toxicity tests
Zooplankton
Bioindicator
Synergism
Antagonism
Subject CNPQ: CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA::QUIMICA ANALITICA::ANALISE DE TRACOS E QUIMICA AMBIENTAL
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Department: DEAM - Departamento de Engenharia Ambiental – São Cristóvão - Presencial
Citation: NOBRE, Fernanda Silva de Melo. Avaliação ecotoxicológica dos metais-traço cobre e zinco, isolados e em mistura, para Daphnia similis e Ceriodaphnia silvestrii. 2019. Monografia (Graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária) – Departamento de Engenharia Ambiental, Centro de Ciências Exatas e Tecnologia, Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2019.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/12125
Appears in Collections:Engenharia Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fernanda_Silva_Melo_Nobre.pdf1,21 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.