Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/12589
Document Type: Tese
Title: Efeito anti-inflamatório do óleo fixo das sementes da Hancornia speciosa Gomes
Other Titles: Anti-inflammatory effect of the fixed oil from seeds of Hancornia speciosa Gomes
Authors: Abreu, Fabíula Francisca de
Issue Date: 22-Feb-2019
Advisor: Camargo, Enilton Aparecido
Resumo : A Hancornia speciosa Gomes (mangabeira) é utilizada na medicina popular no tratamento de várias enfermidades e doenças inflamatórias. Folhas e frutos têm sido extensivamente estudados, mas ainda não há registro de investigações sobre os efeitos biológicos do óleo fixo extraído de suas sementes. Neste contexto, objetivo desse estudo foi avaliar a atividade anti-inflamatória do óleo de sementes de mangaba (OSM) em modelos de inflamação experimental. Camundongos Swiss machos (25-30 g) foram utilizados e os protocolos experimentais aprovados pelo Comitê de Ética em Pesquisa Animal da UFS (n° 28/2018). A viabilidade celular em fibroblastos da linhagem L929 incubados com OSM foi avaliada através do ensaio de MTT. A atividade anti-inflamatória tópica foi avaliada no edema de orelha induzido por 12-O-tetradecanoilforbol-13-acetato (TPA). O tratamento com OSM (0,3, 1,0 ou 3,0 mg/orelha) ou dexametasona (0,05 mg/orelha, controle) foi administrado concomitantemente com TPA (1 µg/orelha) na orelha ipsilateral por via tópica. Após 6 horas, foi mensurado o edema de biópsias das orelhas, a atividade de mieloperoxidase (MPO), concentrações de citocinas (TNF-α, IL-6 e IL-1β), alterações histológicas, permeabilidade vascular e parâmetros oxidativos. O efeito tópico também foi avaliado no edema de orelha induzido por capsaicina (0,2 mg/orelha), sendo realizado pré-tratamento (15 minutos antes da indução) com OSM (3 mg/orelha) ou vermelho de rutênio (7,8 ng/orelha, controle) administrados na orelha ipsilateral. Após 30 minutos foi mensurado o edema nas biópsias das orelhas. Para avaliação da atividade anti-inflamatória sistêmica, os camundongos foram tratados com veículo (Tween 0,5% em solução salina, 10 mL/kg), OSM (100, 200 ou 400 mg/kg, v.o. ou i.p.) ou dexametasona (5 mg/kg, v.o. ou s.c.) administrados 1 hora ou 30 minutos, respectivamente (para cada via de administração), antes da injeção intrapleural de carragenina (1 mg/cavidade). O lavado da cavidade pleural foi coletado quatro horas após a indução para avaliação das contagens total de leucócitos, atividade de MPO, extravasamento proteico e dosagem de citocinas (TNF-α, IL-6, IL-1β e IL-10). Os resultados foram expressos como média ± E.P.M. e foram avaliados por ANOVA de uma via, seguido pelo teste de Tukey, com p<0,05 considerado significativo. O tratamento com o OSM não alterou o percentual de viabilidade das células em nenhuma das concentrações utilizadas quando comparadas ao grupo controle. Por via tópica, o tratamento com o OSM promoveu redução do edema, IL-1β e extravasamento de proteínas, para a dose de 3 mg, além da atividade de mieloperoxidase, TNF-α e IL-6 (para as doses de 1 e 3 mg) nas orelhas inflamadas com TPA. Não foram encontradas alterações significativas nos parâmetros oxidativos para os tratamentos com OSM por via tópica nas doses utilizadas. O pré-tratamento tópico com o OSM na dose testada (3 mg/orelha) também não reduziu o edema de orelha induzido por capsaicina. Na pleurisia, o OSM administrado por via i.p. reduziu a contagem total de leucócitos, a atividade de mieloperoxidase, a concentração de proteínas totais e das citocinas TNF-α e IL-1β no lavado pleural. Entretanto, quando administrado por v.o. não preveniu o aumento do número de leucócitos totais na cavidade pleural promovido pela carragenina. O tratamento com dexametasona reduziu significativamente todos os parâmetros avaliados em ambos os modelos. Assim, o presente trabalho apresenta pela primeira vez uma caracterização farmacológica para o OSM e demonstra que este possui atividade anti-inflamatória, o que evidencia o potencial farmacológico desta preparação extraída da H. speciosa.
Abstract: Hancornia speciosa Gomes (mangabeira) is used in folk medicine to treat different diseases, including inflammatory conditions. Leaves and fruits have been extensively studied but there is no investigation on the biological effects of the fixed oil extracted from its seeds. The aim this study was evaluated the anti-inflammatory activity of the oil from “mangaba” seeds (OMS) in mice. Adult male Swiss mice (25-30 g) were used and the protocols were approved by the Ethics Committee for Animal Research (n°28/2018). Cytotoxicity was evaluated in fibroblasts of the L929 cell line through MTT assay. The topical anti-inflammatory activity was evaluated in the ear edema induced by 12-O-tetradecanoylphorbol-13-acetate (TPA). Treatment with OMS (0.3, 1.0 or 3.0 mg/ear) or dexamethasone (0.05 mg/ear, control) was concomitantly administrated with TPA (1 µg/ear) in the ipsilateral ear, topically. After 6 hours, edema, myeloperoxidase (MPO) activity, cytokine levels (TNF-α, IL-6 and IL-1β), histological alterations, vascular permeability and oxidative parameters were measured. The topical effect has also evaluated in the capsaicin-induced ear edema (0.2 mg/ear). In this model, animals were pre-treated with OMS (3 mg/ear) or ruthenium red (7.8 ng/ear, control) administrated in the ipsilateral ear 15 minutes before induction. After 30 minutes was measured ear edema. For evaluation of the systemic anti-inflammatory activity, mice were treated with vehicle (Tween 0.5% in saline, 10 mL/kg), OMS (100, 200 or 400 mg/kg, p.o. or i.p.) or dexamethasone (5 mg/kg, p.o. or s.c.) administered 1 hour or 30 min, respectively (for each route of administration), before intrapleural injection of carrageenan (1 mg/cavity). The fluid leakage from the pleural cavity was collected 4 h after induction for assessment of total leukocyte counts, MPO activity, protein extravasation and cytokine levels (TNFα, IL-6, IL-1β and IL-10). Results were expressed as mean ± S.E.M. and were evaluated by one-way ANOVA followed by Tukey's test, with p <0.05 considered as significant. Treatment with OSM did not alter the percentage of cells viability at any of the concentrations used compared to control. The topical administration of OMS reduced edema, IL-1β and protein extravasation, for 3 mg/ear, in ears inflamed by TPA. OMS also reduced MPO activity, levels of TNF-α and IL-6, for 1 and 3 mg/ear, in the same model. No differences were observed in oxidative parameters for the topical treatments of OMS. Pre-treatment by OMS at 3 mg/ear not reduced ear edema induced by capsaicin, suggesting that TRPV1 channels are not involved in anti-inflammatory activity of topical OMS. In the carrageenan-induced pleurisy, OMS (100 and 200 mg/kg, i.p.) reduced total leukocyte counts, myeloperoxidase activity, total protein concentration and TNF-α and IL-1β levels in pleural lavage. However, when administraded by v.o. did not prevent the rise of total leukocytes in the pleural cavity in the same model. Treatment with dexamethasone significantly reduced all parameters evaluated in both models. Therefore, this data show for the first time the pharmacological characterization of OMS and demonstrated that this possesses antiinflammatory activity, which highlights the potential of this preparation from H. speciosa.
Keywords: Mangabeira
Mangaba
Sementes
Inflamação
Hancornia speciosa
Oléo fixo
Seed
Fixed oil
Inflammation
Sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Program Affiliation: Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas
Citation: ABREU, Fabíula Francisca de. Efeito anti-inflamatório do óleo fixo das sementes da Hancornia speciosa Gomes. 2019. 112 f. Tese (Doutorado em Ciências Fisiológicas) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2019.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/12589
Appears in Collections:Doutorado em Ciências Fisiológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FABIULA_FRANCISCA_ABREU.pdf2,45 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.