Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/12720
Document Type: Monografia
Title: Avaliação ecotoxicológica dos anti-histamínicos cetirizina e loratadina para zooplânctônicos
Authors: Freitas, Juliane Cerqueira
Issue Date: 29-Jan-2020
Advisor: Novelli, Andréa
Resumo : Os produtos farmacêuticos fazem parte do grupo de substâncias químicas denominadas “contaminantes emergentes”, que atualmente vêm despertando preocupação na comunidade científica devido a sua capacidade de persistência no meio, bem como os efeitos tóxicos que estes produtos podem ocasionar na biota aquática. Após a ingestão humana uma quantidade significativa dessas substâncias, tanto na forma ativa, quanto sob a forma metabolizada, pode ser excretada pela urina ou fezes e, por essa razão, serem encontradas no esgoto doméstico. Desta forma, tais contaminantes, além de atingir o ambiente, também podem atingir os seres humanos via água de abastecimento. A cetirizina e a loratadina são fármacos muito utilizados como princípio-ativo em medicamentos anti-histamínicos devido a sua ação descongestionante e broncodilatadora. Nos últimos anos com o desenvolvimento de novas técnicas na química analítica, foi possível quantificar esses compostos nos corpos hídricos em escala da ordem de ng/L a μg/L. No entanto, pouco ainda se sabe sobre os efeitos adversos que esses compostos podem ocasionar nos ecossistemas aquáticos. Diante desse contexto, o objetivo geral desse trabalho foi avaliar os efeitos tóxicos da loratadina e cetirizina, isolados, para os organismos aquáticos Daphnia similis e Ceriodaphnia silvestrii. De acordo com os resultados obtidos, o valor médio da CE50,48h para D. similis à cetirizina e loratadina foi de 90.130 e 340 µg/L, respectivamente. Já em relação a C. silvestrii, foram obtidos valores médios da CE50,48h de 106.650 e 560 µg/L para cetirizina e loratadina, respectivamente. Esses resultados, demonstraram que a loratadina provocou toxicidade aguda em concentrações muito mais baixas em relação a cetirizina. Quanto aos efeitos subletais, foi possível perceber que ambas substâncias apresentaram toxicidade crônica para a C. silvestrii, em concentrações ainda mais baixas, sendo o valor crônico de 4500 µg/L para cetirizina e 1,2 µg/L para loratadina, o que interferiram significativamente na reprodução dos organismos-teste. Desta forma, os resultados encontrados são de considerável importância, pois proporcionam entendimento dos possíveis efeitos letais e subletais destes contaminantes nos corpos hídricos. Contudo, existe a necessidade de se ampliar os estudos de exposições prolongadas, bem como os da mistura desses contaminantes, para os organismos de diferentes níveis tróficos, visto que a contribuição é intermitente no ambiente. E assim, contribuir para o estabelecimento de parâmetros legais, visando a conservação e a proteção dos ecossistemas aquáticos.
Abstract: Pharmaceuticals are among the group of chemical substances known as "emerging contaminants", which are currently causing concern in the scientific community due to their persistence in the environment, as well as the toxic effects that these products can cause on aquatic biota. Following human ingestion, a significant amount of these substances, either in active form or metabolised form, can be excreted in the urine or faeces and, for this reason, can be found in the domestic sewage. In this way, such contaminants, in addition to reaching the environment, can also reach humans through water supply. Cetirizine and loratadine are drugs widely used as an active principle in antihistaminic drugs due to its decongestant and bronchodilator action. In recent years with the development of new techniques in analytical chemistry, it has been possible to quantify these compounds in water bodies in the range of ng/L to μg/L. However, little is known about the adverse effects these compounds can have on aquatic ecosystems. In this context, the general objective of this study was to evaluate the toxic effects of loratadine and cetirizine, isolated, on aquatic organisms Daphnia similis and Ceriodaphnia silvestrii. According to the results obtained, the mean EC50, 48h for D. similis to cetirizine and loratadine was 90.130 and 340 μg/L, respectively. Regarding C. silvestrii, mean values of EC50, 48h of 106.650 and 560 μg L were obtained for cetirizine and loratadine, respectively. These results demonstrated that loratadine caused acute toxicity at much lower concentrations than cetirizine. Regarding the sublethal effects, it was possible to notice that both substances presented chronic toxicity to C. silvestrii, at even lower concentrations, with a chronic value of 4500 μg/L for cetirizine and 1,2 μg/L for loratadine, interfered significantly in the reproduction of test organisms. In this way, the results are of considerable importance, since they provide an understanding of the possible lethal and sublethal effects of these contaminants in the water bodies. However, there is a need to extend the studies of prolonged exposure as well as the mixing of these contaminants to organisms of different trophic levels since the contribution is intermittent in the environment. And thus, contribute to the establishment of legal parameters, aiming at the conservation and protection of aquatic ecosystems.
Keywords: Engenharia ambiental
Engenharia sanitária
Ecotoxicologia
Fármacos
Ceriodaphnia silvetrii
Daphnia similis
Ecotoxicology
Drugs
Ceriodaphnia silvetrii
Daphnia similis
Laratadina
Citrizina
Subject CNPQ: CIENCIAS DA SAUDE::FARMACIA::ANALISE TOXICOLOGICA
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Department: DEAM - Departamento de Engenharia Ambiental – São Cristóvão - Presencial
Citation: Freitas, Juliane Cerqueira. Avaliação ecotoxicológica dos anti-histamínicos cetirizina e loratadina para zooplânctônicos. São Cristóvão, SE, 2017. Monografia (graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária) – Departamento de Engenharia Ambiental, Centro de Ciências Exatas e Tecnologia, Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2017
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/12720
Appears in Collections:Engenharia Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Juliane_Cerqueira_Freitas.pdf1,18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.