Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/13146
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSantos, Gustavo Marques Sobral dos-
dc.date.accessioned2020-03-27T21:56:44Z-
dc.date.available2020-03-27T21:56:44Z-
dc.date.issued2018-07-26-
dc.identifier.citationSANTOS, Gustavo Marques Sobral dos. Impacto do tabagismo na peri-implantite e falha de implantes dentais: avaliação da qualidade da evidência de meta-análises de estudos observacionais. 2018. 54 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) – Universidade Federal de Sergipe, Aracaju, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/13146-
dc.description.abstractIntroduction: Several systematic reviews and meta-analyses have evaluated the relation between smoking, peri-implantitis, and implant failure. With the increasing number of publications in recent years and its importance in the health decision-making process, it is essential to assess the degree of evidence of these studies. Objectives: To evaluate the quality of evidence of meta-analyses of observational studies that assessed the relationship between smoking, peri-implantitis and dental implant failure. Materials and methods: A search was conducted in the PUBMED, Web of Science, Scopus, Lilacs, Cochrane Library databases and grey literature to identify metaanalyses that assessed smoking and its effects on peri-implantitis and/or implant failure. Studies in English, Spanish and Portuguese published from February 2011 period corresponding to the creation of PROSPERO were searched. Meta-analyses of preclinical studies were not included in the study. The evaluation of the methodological quality, general risk of bias and degree of evidence of the included studies was performed by the AMSTAR 2, ROBIS and GRADE tools, respectively. Results: A total of 7 meta-analyses were included. The AMSTAR 2 evaluation indicated that 4 presented moderate methodological quality and 3 were critically low (kappa = 0.659; substantial agreement). ROBIS showed that 4 presented low risk of bias and 3 presented high risk (kappa = 0.589; moderate agreement). GRADE concluded that 5 meta-analyses showed very low evidence, 1 showed low and the other showed moderate evidence. Conclusion: Although meta-analyses evaluating the relationship between smoking, peri-implantitis and failure implants present unfavourable outcomes for smokers, the quality of evidence is low. Therefore, the information available in these meta-analyses should be interpreted with caution to clinical practice.eng
dc.languageporpt_BR
dc.subjectImplantes dentáriospor
dc.subjectFumopor
dc.subjectRevisão sistemáticapor
dc.subjectMeta-análisepor
dc.subjectOdontologia baseada em evidênciaspor
dc.subjectDental implantseng
dc.subjectSmokingeng
dc.subjectRevieweng
dc.subjectMeta-analysiseng
dc.subjectEvidence-based dentistryeng
dc.titleImpacto do tabagismo na peri-implantite e falha de implantes dentais: avaliação da qualidade da evidência de meta-análises de estudos observacionaispt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.advisor1Martins-Filho, Paulo Ricardo Saquete-
dc.description.resumoIntrodução: diversas revisões sistemáticas e meta-análises têm avaliado a relação entre o tabagismo, peri-implantite e falha dos implantes. Com o aumento do número de publicações nos últimos anos e a sua importância no processo de tomada de decisão em saúde, é fundamental avaliar o grau de evidência desses estudos. Objetivos: avaliar a qualidade da evidência de meta-análises de estudos observacionais que avaliaram a relação entre o tabagismo, peri-implantite e falha dos implantes. Metodologia: uma busca foi realizada nas bases de dados PUBMED, Web of Science, Scopus, Lilacs, Cochrane Library e literatura cinza para identificar metaanálises que avaliaram os efeitos do tabagismo na peri-implantite e/ou falha dos implantes. Buscou-se estudos publicados em inglês, espanhol e portugues publicados a partir de fevereiro de 2011, período correspondente à criação do PROSPERO. Não foram incluídos no estudo meta-análises de estudos pré-clínicos. A avaliação da qualidade metodológica, do risco geral de viés e do grau de evidência dos estudos incluídos foram realizadas pelas ferramentas AMSTAR 2, ROBIS e GRADE, respectivamente. Resultados: um total de 7 meta-análises foram incluídas. A avaliação pelo AMSTAR 2 indicou que 4 meta-análises apresentaram qualidade metodológica moderada e 3 criticamente baixa (kappa = 0.659; concordância substancial). O ROBIS mostrou que 4 meta-análises apresentaram baixo risco de viés e 3 alto risco (kappa = 0.589; concordância moderada). O GRADE concluiu que 5 meta-análises apresentaram evidência muito baixa, 1 baixa e outra moderada. Conclusão: embora as meta-análises que avaliaram a relação entre o tabagismo, peri-implantite e falha dos implantes apresentaram desfechos desfavoráveis aos fumantes, a qualidade da evidência é baixa. Portanto, as informações disponíveis nessas meta-análises devem ser interpretadas com cautela para a prática clínica.pt_BR
dc.publisher.programPós-Graduação em Odontologiapt_BR
dc.subject.cnpqCIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIApt_BR
dc.publisher.initialsUnivesidade Federal de Sergipept_BR
dc.description.localAracajupt_BR
Appears in Collections:Mestrado em Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GUSTAVO_MARQUES_SOBRAL_SANTOS.pdf639,07 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.