Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/13157
Document Type: Dissertação
Title: Avaliação estética de variações simuladas da exposição gengival em diferentes tipos faciais : percepção de leigos, ortodontistas e cirurgiões bucomaxilo-faciais
Authors: Oliveira, Bruno Gomes de
Issue Date: 19-Jun-2017
Advisor: Freitas, Paulo Henrique Luiz de
Co-advisor: Paranhos, Luiz Renato
Resumo : A percepção da beleza é influenciada por preferências individuais de natureza subjetiva, o que torna difícil a tarefa de reconhecer objetivamente uma face bela. O sorriso é um elemento importante para a atratividade da face e sua avaliação é essencial para o diagnóstico e elaboração do plano tratamento odontológico. O nível de exposição gengival é um quesito que deve ser avaliado com cautela para não comprometer o equilíbrio facial no contexto do tratamento ortodôntico ou ortodônticocirúrgico. Assim, justifica-se a necessidade de verificar a percepção da estética do sorriso por leigos, ortodontistas e cirurgiões buco-maxilo-faciais através de um estudo prospectivo que permita a análise de simulações de variados graus de exposição gengival durante o sorriso espontâneo. Para tanto, uma modelo do sexo feminino, mesofacial, leucoderma, teve sua face fotografada exibindo um sorriso espontâneo em norma frontal. O software Adobe Photoshop CS6 Extended® foi utilizado para alterar a imagem original simulando três tipos faciais (mesofacial, braquifacial e dolicofacial) e alterando a exposição gengival para zero, dois e quatro milímetros de exposição. Assim, nove faces-estímulo foram criadas a partir da fotografia original, representando três variações de exposição gengival para cada tipo facial. Três grupos de avaliadores (leigos, ortodontistas e cirurgiões buco-maxilo-faciais), com 50 voluntários cada, responderam a um formulário virtual criado na plataforma Google Forms (Mountain View, CA, EUA). As imagens digitalmente manipuladas foram avaliadas quanto à sua atratividade por meio de escores variando entre zero e dez. Os testes de Kruskal-Wallis e post hoc de Dunn foram utilizados para a verificação do grau de exposição gengival mais atrativo e da possível influência do tipo facial na atratividade do sorriso. Com base nos resultados obtidos, pôde-se concluir que houve concordância entre as avaliações de leigos e ortodontistas nas imagens com 0 mm e 2mm de exposição gengival (p<0.0001). Os cirurgiões buco-maxilo-faciais elegeram a exposição de 2mm como a mais atrativa (p<0.0001). Os julgadores preferiram, independentemente da tipologia facial, exposições gengivais entre 0mm e de 2mm (p<0.0001).
Abstract: The perception of beauty is highly influenced by individual preferences of a rather subjective nature, which makes the objective recognition of a beautiful face a difficult task. The smile is an important element in the overall attractiveness of the human face, and its clinical evaluation is essential for proper diagnosis and treatment planning in dentistry. One particular aspect of smile analysis is the degree of gingival exposure, which must be carefully evaluated to avoid compromising the facial balance in the context of orthodontic or surgical-orthodontic treatment. Thus, assessing the perception of smile aesthetics by laypersons, orthodontists and maxillofacial surgeons through a prospective study could bring relevant information that would aid dental professionals during treatment planning. In this study, a mesofacial, white female model was photographed while displaying a spontaneous smile. The Adobe Photoshop CS6 Extended® software was used to manipulate the original image to simulate three different facial types (mesofacial, brachyfacial and dolichofacial) and to change the degree of gingival exposure to zero, two or four millimeters. Thus, nine different faces were created from the original photograph, with three variations of gingival exposure for each facial type. Three groups of evaluators (laypersons, orthodontists and maxillofacial surgeons) with 50 volunteers each responded to a virtual form created in Google Forms (Mountain View, CA, USA). The digitally manipulated images were scored by the evaluators according to their perceived attractiveness. Kruskal-Wallis and Dunn’s post hoc tests were used to verify the most attractive degree of gingival exposure and the possible influence of the facial type on smile attractiveness. We concluded that laypersons agreed with orthodontists when gingival exposures of 0mm and 2mm were evaluated (p <0.0001), while maxillofacial surgeons chose the 2mm exposure as the most attractive degree of exposure (p <0.0001). Regardless of the facial type, gingival exposures of 0mm and 2mm appear to be preferred by the three groups (p <0.0001).
Keywords: Odontologia
Estética
Sorriso
Percepção
Esthetics
Smile
Perception
Subject CNPQ: CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Program Affiliation: Pós-Graduação em Odontologia
Citation: OLIVEIRA, Bruno Gomes de. Avaliação estética de variações simuladas da exposição gengival em diferentes tipos faciais : percepção de leigos, ortodontistas e cirurgiões bucomaxilo-faciais. 2017. 55 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal de Sergipe, Aracaju, 2017.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/13157
Appears in Collections:Mestrado em Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BRUNO_GOMES_OLIVEIRA.pdf1,26 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.