Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/13502
Document Type: Caderno pedagógico
Title: Caderno de leitura de canções : o empoderamento feminino
Authors: Jesus, Joseneide Santos de
Issue Date: May-2019
Advisor: Gomes, Carlos Magno Santos
Resumo : O trabalho de leitura em sala de aula é uma prática de indiscutível contribuição para a formação de seres com uma aprendizagem cada vez mais significativa e ampla. O processo de leitura pode proporcionar maior consciência crítica sobre a realidade ou sobre diversos outros aspectos atrelados ao conhecimento da língua portuguesa. Partindo dessa premissa, elaboramos este Caderno como proposta didática de leitura crítica de canções e poesias de autoria feminina para debater o processo de emancipação das mulheres, bem como da luta por direitos. A escolha por trabalhar com o gênero canção está atrelada ao fato de ser um texto muito apreciado pelos/as adolescentes, além de possuir um caráter múltiplo. Outro fator importante para incentivar o hábito de leitura em sala de aula também é a escolha de temáticas que estejam atreladas a uma vivência mais próxima do nosso público leitor. Sendo assim, o presente caderno pedagógico apresenta para você professor/a de língua portuguesa uma sugestão de trabalho para discutir a temática do empoderamento feminino e dos direitos da mulher com o intuito de promover a intervenção social para a redução dos casos de violência, opressão e controle sobre a mulher, visto que somos frutos de uma sociedade que ainda propaga discursos misóginos e machistas de ofensa e negação dos direitos das pessoas do gênero feminino. Dessa forma, propomos uma prática de leitura que oportunize o debate e a reflexão sobre o respeito ao ser humano, independentemente do gênero, visto que esse tipo de desigualdade ainda está muito presente em nossa sociedade justificando preconceito, violência e opressão contra as mulheres. Desmistificar esses preconceitos em sala de aula pode contribuir para uma sociedade mais justa e igualitária. Essa é também uma oportunidade para permitir a propagação da voz feminina. O material didático da educação básica na rede pública brasileira prioriza a seleção de textos canônicos que são baseados em critérios gerais da crítica literária. O problema maior nesse processo de está no fato de não haver a inclusão de textos de autoria feminina. Logo, a voz masculina prevalece nas aulas de literatura. Por essa razão, os textos para a realização deste caderno são de autoria feminina e debatem justamente o tema da emancipação, luta por direitos e espaço da mulher. Vale ressaltar que este caderno resultou de uma pesquisa desenvolvida por meio do programa de Mestrado Profissional em Letras (PROFLETRAS) aplicada em sala de aula numa turma de nono ano do ensino fundamental da rede pública. Nessa oportunidade, as atividades desenvolvidas tiveram como objetivo ampliar as habilidades de interpretação e compreensão textual, bem como o horizonte de expectativas dos/as discentes sobre as relações de gênero. Foi uma prática de leitura muito produtiva com muitos resultados satisfatórios. As canções selecionadas para serem lidas e analisadas foram “Paradinha”, de Anitta, “Cheguei”, de Ludmila, “Desconstruindo a Amélia”, de Pitty, “Respeita as mina”, de Kell Smith, “Respeita”, de Ana Cañas, “Pagu”, de Zélia Duncan e Rita Lee e “Balacobaco”, de Rita Lee. Para estabelecer diálogo com esses textos serão incluídas as poesias “Com licença poética”, de Adélia Prado e “Ser mulher” de Gilka Machado. Também deixamos como sugestão a inclusão de textos jurídicos que tratam dos direitos da mulher: a lei Maria da Penha, a lei do feminicídio e a lei contra a importunação sexual. Trabalhar as canções e as poesias, estabelecendo diálogos com os textos jurídicos, justifica-se pelo fato de nossa metodologia estar ancorada no método cultural de leitura defendido por Gomes. De acordo com essa abordagem, o texto não está desvinculado do seu contexto de produção. Logo, no processo de recepção textual o/a leitor/a pode agregar seus conhecimentos oriundos de contextos sociais, históricos e culturais para ampliar a sua visão de mundo, pois as questões identitárias fazem com que o texto signifique mais para o seu/sua leitor/a (2012, p. 168). Diante de tais considerações, apresentamos o Caderno de leitura de canções: o empoderamento feminino como sugestão para o trabalho de leitura em sala de aula, especialmente com turmas do ensino fundamental II, visando desenvolver habilidades de compreensão textual sob uma ótica crítica e, ao mesmo tempo, suscitar uma reflexão sobre os direitos humanos, visto que combater a desigualdade de gênero em nossa sociedade é uma questão de intervenção social para que tenhamos uma sociedade mais justa e atualizada sobre nossos direitos e deveres. O caderno apresenta uma abordagem teórica e metodológica, que envolve a discussão dos principais conceitos que dão sustentação ao trabalho, bem como a descrição de como os textos podem ser trabalhados, incluindo as atividades e a discussão teórica de cada tema proposto para ser abordado com os textos escolhidos. Vale ressaltar que propomos apenas algumas sugestões de discussões que podemos fazer em sala de aula a partir desses textos. Fica, assim, a critério de você docente adequar as atividades às necessidades da sua turma acrescentando e/ou modificando o que julgar necessário.
Keywords: Livros e leitura
Leitura
Feminismo
Música
Leitura literária
Empoderamento feminino
Subject CNPQ: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES
Is part of: Prática de leitura de canções : o empoderamento feminino
Language: por
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação Profissional em Letras
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/13502
Appears in Collections:Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JOSENEIDE_SANTOS_JESUS-Cadernopedagógico.pdf956,28 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.