Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/13829
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorMenezes, Hellen Silva de-
dc.date.accessioned2020-12-14T13:11:41Z-
dc.date.available2020-12-14T13:11:41Z-
dc.date.issued2020-10-
dc.identifier.citationMENEZES, H. S. Gênero e sexualidade no contexto migratório. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE SOCIOLOGIA DA UFS, 3., 2020, São Cristóvão, SE. Anais [...]. São Cristóvão, SE: PPGS/UFS, 2020.pt_BR
dc.identifier.urihttps://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/13829-
dc.languageporpt_BR
dc.relation.ispartofAnais do III Seminário Nacional de Sociologia: Distopias dos extremos: sociologias necessáriaspt_BR
dc.subjectMigraçãopor
dc.subjectGêneropor
dc.subjectSexualidadepor
dc.titleGênero e sexualidade no contexto migratóriopt_BR
dc.typeTrabalhos em Eventospt_BR
dc.identifier.licenseAutorização para publicação no Repositório Institucional da Universidade Federal de Sergipe (RIUFS) concedida pelos editores.pt_BR
dc.description.resumoA pesquisa teve como objetivo observar como o gênero e a sexualidade aparecem no processo de reconfiguração identitária de imigrantes no Brasil. Para tal intento, a pesquisa apoiou-se na bibliografia produzida no Brasil recentemente, mais especificamente nos últimos cinco anos sobre a intersecção entre migração, gênero e sexualidade. Além disso, as redes sociais e os jornais online serviram como fontes de dados para a pesquisa. Foi realizado a busca por artigos nas plataformas online como o Google Acadêmico, SciElo e portal CAPES, além da busca por grupos e páginas na rede social Facebook e matérias ou reportagens em jornais online, ambos que tratassem do recorte proposto pelo plano de trabalho. A partir da leitura dos textos e análise das reportagens, observou-se que as questões identitárias de gênero e sexualidade estão presentes antes do processo migratório, durante e depois quando os indivíduos já estão fixados no país de destino. Em razão de aspectos culturais e/ou religiosos, mulheres e pessoas LGBTQI+ passam por situações específicas de opressão e violência que agem como fatores de repulsão, provocando, portanto, a migração desses indivíduos para outros países. Para muitos deles, a imigração é o que permite vivenciar suas orientações sexuais e identidades de gênero. Apesar disso, muitas são as dificuldades que mulheres e LGBTQI+ imigrantes vivenciam no país de origem e que se repetem no brasil devido à sobreposição de marcadores sociais como a migração, a pobreza, o gênero e a sexualidade.pt_BR
dc.publisher.initialsPrograma de Pós-Graduação em Sociologia - Universidade Federal de Sergipe (PPGS/UFS)pt_BR
dc.description.localSão Cristóvão, SEpt_BR
Appears in Collections:GT 01 - Imigrações internacionais contemporâneas: novas abordagens teóricas e metodológicas e novos recortes empíricos e temáticos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GeneroSexualidadeContextoMigratorio.pdf268,07 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.