Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/13862
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorBezerra, Luiz Paulo Santos-
dc.date.accessioned2020-12-14T16:35:27Z-
dc.date.available2020-12-14T16:35:27Z-
dc.date.issued2020-10-
dc.identifier.citationBEZERRA, L. P. S. O pós-abolição em Sergipe: tragédia ferroviária, debate judicial e racismo em 1946. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE SOCIOLOGIA DA UFS, 3., 2020, São Cristóvão, SE. Anais [...]. São Cristóvão, SE: PPGS/UFS, 2020.pt_BR
dc.identifier.urihttps://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/13862-
dc.languageporpt_BR
dc.relation.ispartofAnais do III Seminário Nacional de Sociologia: Distopias dos extremos: sociologias necessáriaspt_BR
dc.subjectPós-aboliçãopor
dc.subjectSergipepor
dc.subjectAcidente ferroviáriopor
dc.subjectSociologiapor
dc.titleO pós-abolição em Sergipe: tragédia ferroviária, debate judicial e racismo em 1946pt_BR
dc.typeTrabalhos em Eventospt_BR
dc.identifier.licenseAutorização para publicação no Repositório Institucional da Universidade Federal de Sergipe (RIUFS) concedida pelos editores.pt_BR
dc.description.resumoNo dia 18 de março de 1946, entre os municípios de Riachuelo e Laranjeiras, em Sergipe, mais precisamente no quilômetro 458 da BR 101, ocorre um grave acidente de trem, que entra para a história como o maior desastre ferroviário do Brasil. Nele, conhecido pelas vítimas como “o trem suburbano”, várias pessoas de diferentes ocupações (comerciante, feirante, pedreiro, pescador entre outras) viajavam para fins comerciais. Dezenas de mortos e vários feridos foram encontrados no local do desastre, e os sobreviventes relataram o acontecimento num processo-crime de aproximadamente 400 laudas. O nosso principal objetivo, portanto, permeia reconstituir uma trama judiciária que envolveu a tragédia. Buscaremos analisar e perseguir todos os personagens que estavam envolvidos direta e indiretamente no episódio. Tentaremos dar visibilidade a sujeitos esquecidos, as teorias raciais que cercaram o período, a memórias e cenas cotidianas de um Sergipe pós-guerra e, agora, comovida por algo que ceifou a vida de centenas de trabalhadores.pt_BR
dc.publisher.initialsPrograma de Pós-Graduação em Sociologia - Universidade Federal de Sergipe (PPGS/UFS)pt_BR
dc.description.localSão Cristóvão, SEpt_BR
Appears in Collections:GT 07- ÁFRICA: um continente em constantes transformações e seus reflexos na sociedade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
OPosAbolicaoEmSergipe.pdf680,12 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.