Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/14294
Document Type: Dissertação
Title: A composição da narrativa segundo Paul Ricoeur e o Livro do Desassossego de Fernando Pessoa
Authors: Silva, Denis Ricardo da
Issue Date: 21-Feb-2020
Advisor: Hidalgo, Matheus
Resumo : A presente pesquisa tem como objetivo discutir a composição da narrativa segundo Paul Ricoeur e apresentar uma possibilidade de sua crise a partir do Livro do Desassossego de Fernando Pessoa. No primeiro momento, vamos realizar uma exposição do que consiste a gênese da composição narrativa em Ricoeur (narrativa como arte de tecer intrigas, síntese do heterogêneo). Tomaremos como referência principal nesse primeiro momento o tomo I da obra Tempo e Narrativa. No segundo momento, pretendemos realizar uma exposição em torno da análise que Ricoeur faz sobre a especificidade do gênero romance e da metamorfose da noção de intriga, e até da situação de possibilidade de sua crise na literatura contemporânea. Tomaremos como referência principal nesse segundo momento a primeira parte do tomo II da obra Tempo e Narrativa. Por fim, no terceiro e último momento, pretendemos pontuar algumas observações que indiquem, provavelmente, a singularidade do Livro do Desassossego como um exemplo literário que representa uma expressão diretamente implicada numa crise da narrativa e, por conseguinte, um antagonismo à posição teórica de Paul Ricoeur. Também buscaremos demonstrar a singularidade do Livro como uma literatura talvez inclassificável, no que diz respeito à sua forma e ao seu gênero. Sendo assim, O Livro do Desassossego surge em nossa pesquisa com o papel de suscitar contrapontos e questionamentos no que se refere ao modo clássico da narrativa, que Ricoeur forjou como modelo fundamental para criar obras de ficção ao longo da tradição literária.
Abstract: This research aims to discuss the composition of the narrative according to Paul Ricoeur and to present a possibility of its crisis on Fernando Pessoa's The Book of Disquiet . At first, we will do an exposition of what constitutes the narrative composition genesis in Ricoeur (narrative as an art of weaving intrigues, synthesis of the heterogeneous). In this first moment we have as main reference the book Time and Narrative volume I. At second, we intend to do an exposition on Ricoeur analysis about the specificity of the romance genre, metamorphosis of the notion of intrigue, and the situation of possibility of his crises on the contemporary literature. In this second moment, we have as main reference the first part of the book Time and Narrative volume II. At last, we intend to point out some observations that probably indicate the uniqueness of The Book of Disquiet as a literary example which represents an expression directly involved in a crisis of the narrative and, therefore, an antagonism to the theoretical position of Paul Ricoeur . We will also demonstrate the uniqueness of the Book as a sort of literature perhaps unclassifiable, concerning its form and its genre. Thus, The Book of Disquiet appears in our research with the role of raising counterpoints and questions regarding the classic mode of narrative, which Ricoeur forged as a fundamental model to create works of fiction along the literary tradition.
Keywords: Filosofia
Narrativa literária
Paul Ricoeur
Fernando Pessoa
Livro do desassossego
Narrative
Book of disquiet
Subject CNPQ: CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Program Affiliation: Pós-Graduação em Filosofia
Citation: SILVA, Denis Ricardo da. A composição da narrativa segundo Paul Ricoeur e o Livro do Desassossego de Fernando Pessoa. 2020. 100 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2020.
URI: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/14294
Appears in Collections:Mestrado em Filosofia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DENIS_RICARDO_SILVA.pdf965,35 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.