Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/14949
Document Type: Dissertação
Title: V de Vingança, Jogos Vorazes e Fahrenheit 451 : o uso de distopias no ensino de história
Authors: Borges, Natália Moura
Issue Date: 26-Aug-2021
Advisor: Maynard, Andreza Santos Cruz
Resumo : A presente dissertação tem por objetivo apresentar as articulações históricas da distopia presentes nos filmes V de Vingança (2005, direção de James Mc Teigue), Jogos Vorazes (2012, direção de Gary Ross) e Fahrenheit 451 (2018, direção de Ramin Bahrani) para o ensino de História. A distopia, enquanto narrativa cinematográfica, insere-se por problematizar uma sociedade controlada pelo Estado, seus extremos de opressão e o modo como isso pode gerar o caos para a humanidade. Isto posto, consegue representar verossimilhança com o nosso entorno, revelando padrões ideológicos e estruturas de poder persistentes na contemporaneidade. O decurso da pesquisa é decorrente de metodologia qualitativa, referenciais e arcabouço teórico, como os de Marc Ferro (1992), Marcos Napolitano (2003) e Robert Rosenstone (2010) acerca dos filmes, sua relação com a história e a aprendizagem; para a reflexão a respeito do ensino de História, respalda-se nas discussões de Circe Bittencourt (2011) e Elza Nadai (1993, 2009), no conceito de consciência promovida através da práxis de ação-reflexão dos sujeitos, discutida por Paulo Freire (1979), e na percepção de consciência histórica defendida por Jörn Rüsen (2001), para o exame de perspectivas que baseiem essa prática pedagógica. Os resultados da investigação apontam para o favorecimento em tornar os discentes ativos pedagogicamente no debate histórico e, aos professores de História, uma alternativa de ferramenta associada à abordagem no ensino-aprendizagem. Ao fim do trabalho, é apresentada, como instrumento pedagógico, uma sequência didática com procedimentos para as análises dos filmes aqui propostos e para culminância em uma produção audiovisual, com o auxílio do aplicativo Stop Motion Studio. Com a finalidade de oferecer um suporte para facilitar seu uso, foi disponibilizado um tutorial escrito e audiovisual com o passo a passo para utilização dessa ferramenta. Ademais, foi adicionada a propositura de outros títulos de filmes, ampliando as possibilidades de escolha, considerando realidades distintas dos ambientes escolares.
Abstract: This dissertation aims to present the historical articulations of dystopia, present in the films V for Vendetta (2005, directed by James Mc Teigue), Voating Games (2012, directed by Gary Ross) and Fahrenheit 451 (2018, directed by Ramin Bahrani), for the teaching of History. Dystopia, as a cinematographic narrative, is inserted by problematizing a society controlled by the State, its extremes of oppression and how this can generate chaos for humanity. That said, it manages to represent verisimilitude with our surroundings, revealing ideological patterns and power structures persistent in contemporary times. The research course results from qualitative methodology, references and theoretical framework, such as those by Marc Ferro (1992), Marcos Napolitano (2003) and Robert Rosenstone (2010) about films, their relationship with history and learning, as well as for the reflection about the teaching of History found in the discussions of Circe Bittencourt (2011) and Elza Nadai (1993 and 2009), in the concept of conscience promoted through the praxis of action-reflection of the subjects, discussed by Paulo Freire (1979) and in the perception of historical consciousness defended by Jörn Rüsen (2001), for the examination of perspectives that base this pedagogical practice. The results of the investigation point to the favoring of making students pedagogically active in the historical debate and, for History teachers, an alternative tool associated with the teaching-learning approach. At the end of the work, a didactic sequence with procedures for the analysis of the films proposed here is presented as a pedagogical tool, and for culmination in an audiovisual production, with the aid of the Stop Motion Studio application. In order to offer support to facilitate its use, a written and audiovisual tutorial was made available, with step-by-step instructions for using this tool. Furthermore, the proposal of other film titles was added, expanding the possibilities of choice, considering different realities of school environments.
Keywords: Ensino de história
Cinema e história
Distopias
Formação de professores
Cinema
Ensino-aprendizagem
História do tempo presente
Dystopia
Teaching-learning
History of the present time
Teaching history
V de Vingança (Filme)
Jogos Vorazes (Filme)
Fahrenheit 451 (Filme)
Subject CNPQ: CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Program Affiliation: Pós-Graduação Profissional em Ensino de História
Citation: BORGES, Natália Moura. V de Vingança, Jogos Vorazes e Fahrenheit 451 : o uso de distopias no ensino de história. 2021. 137 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de História) – Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2021.
URI: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/14949
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Ensino de História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
NATALIA_MOURA_BORGES.pdf4,15 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.