Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/1531
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorCarvalho Filho, José Luiz Sandes de-
dc.contributor.authorBlank, Arie Fitzgerald-
dc.contributor.authorCosta, Andressa Giovannini-
dc.contributor.authorSilva-Mann, Renata-
dc.date.accessioned2015-11-27T23:38:00Z-
dc.date.available2015-11-27T23:38:00Z-
dc.date.issued2010-
dc.identifier.citationCARVALHO FILHO, J. S. et al. Produção de mudas de Tagetes erecta L. em função de substrato, fertilizante e calcário. Scientia Plena, Aracaju, v. 6, n. 7, 2010. Disponível em: <http://www.scientiaplena.org.br/sp/article/view/84>. Acesso em: 1 fev. 2016.pt_BR
dc.identifier.issn1808-2793-
dc.identifier.urihttps://ri.ufs.br/handle/riufs/1531-
dc.description.abstractO objetivo do presente trabalho foi avaliar concentrações de fertilizantes orgânico e mineral em associação ou não com o substrato pó de coco e concentrações de fertilizante mineral e calcário na produção de mudas de cravo de defunto (Tagetes erecta L.). Os ensaios foram conduzidos na Fazenda Experimental "Campus Rural da UFS", localizado em São Cristóvão – SE. Utilizou-se delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4 x 4, com três repetições, em que cada parcela constituiu de 24 plantas, para os dois ensaios. No primeiro ensaiou, avaliaram-se quatro doses de esterco bovino associado ao substrato pó de coco (0%, 20%, 40% e 60%) e quatro doses de NPK 6-24-12 + micronutrientes (Hortosafra®) (0; 1; 2; 4g/L). As mudas mais altas e com maior peso de matéria seca da parte aérea e raiz foram obtidas aplicando 4g de NPK/L de substrato, na ausência de esterco bovino. Para testar maiores dosagens de fertilizantes minerais a fim de se obter mudas mais vigorosas, foi implantado um segundo ensaio em que foram avaliadas quatro doses de NPK 6-24-12 + micronutrientes (0, 4, 8 e 12 g) e quatro doses de calcário dolomítico (0, 1, 2 e 3 g) por litro de pó de coco. A adubação com 8 g de NPK + micronutrientes e 1,5 g de calcário dolomítico por litro de substrato é o substrato mais indicado à produção de mudas vigorosas de Tagetes erecta.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherAssociação Sergipana de Ciênciaspt_BR
dc.subjectTagetes erectapt_BR
dc.subjectAdubaçãopt_BR
dc.subjectSubstratopt_BR
dc.subjectPó de cocopt_BR
dc.subjectFertilizantespt_BR
dc.titleProdução de mudas de Tagetes erecta L. em função de substrato, fertilizante e calcáriopt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.identifier.licenseAutorização para publicação no Repositório Institucional da Universidade Federal de Sergipe (RIUFS) concedida pelo editorpt_BR
Appears in Collections:DEA - Artigos de periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ProducaoTagetesErecta.pdf363,69 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.