Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/15451
Document Type: Tese
Title: Interferência da idade na progressão de parkinsonismo no modelo da reserpina em ratos
Other Titles: Age interference in parkinsonism progression in the reserpine model in rats
Authors: Melo, João Eduardo Conceição
Issue Date: 27-Feb-2020
Advisor: Santos, José Ronaldo dos
Co-advisor: Lins, Lívia Cristina Rodrigues Ferreira
Resumo : A Doença de Parkinson (DP) é a segunda doença neurodegenerativa mais prevalente no mundo, sendo mais comum na população idosa. Estudos em modelos animais têm contribuído para a compreensão da fisiopatologia da dessa doença. Apesar da DP estar relacionada ao envelhecimento, os modelos animais utilizados para as pesquisas científicas para investigar a progressividade da doença são animais jovens. Nesse sentido, o objetivo do estudo foi avaliar o efeito da idade no modelo de parkinsonismo induzido por reserpina (RES) em ratos. Ratos machos, com idade de 6-8 (adulto) ou 18-24 (idoso) meses, foram divididos em 6 grupos: controle-idoso (CI) (n=7), reserpina-idoso (RI) (n=6), reserpina-idoso abstinência (RI-ABS) (n=6) controle-adulto (CA) (n=7), reserpina-adulto (RA) (n=6) e reserpina-adulto abstinência (RA-ABS) (n=6). Os animais receberam 15 injeções de RES (0,1 mg/kg) ou veículo em dias alternados, ao longo do experimento, foram submetidos a testes comportamentais: (1) teste de catalepsia, a cada 48 horas e (2) atividade geral no campo aberto, 24 horas após a 2 injeção e avaliação do peso, a cada 4 dias. No 30° dia após início do experimento, metade dos animais dos grupos RI e RA foram aleatoriamente selecionados e mortos, enquanto os animais restantes foram sacrificados no dia 60 (animais abstinência) e passaram pelos mesmos procedimentos citados. Nesse período a administração de RES foi suspensa. Os cérebros de todos os animais foram processados, seguindo procedimento padrão para Imunohistoquímica para tirosina hidroxilase (TH) na substancia negra parte compacta (SNpc), estriado dorsal (STR) e área tegumentar ventral (ATV). Os animais RES apresentaram maior tempo na barra, no teste de catalepsia do dia 18 (p=0,0010) ao dia 42 (p=0,0048) para os animais RA comparados ao CA e do dia 12 (p=0,0051) ao dia 46 (p=0,0050) para os animais RI. Animais RI também apresentaram maior tempo de catalepsia comparado aos animais RA entre os dias 12 (p=0,0399) e o dia 36 (p=0,0154). A RES induziu perda de peso quando comparados a seus controles, para o grupo RA a diferença surgiu no dia 12 (p=0,0249) e permaneceu até o dia 48 (p=0,0316), para o grupo RI a diferença surgiu no dia 16 (p=0,0365) e permaneceu até o final do experimento no dia 60 (p=0,0416). No campo aberto não foi observado efeito da RES sobre os parâmetros avaliados. Animais dos grupos RA e RI apresentaram diminuição da marcação para TH na SNpc (p=0,0009 e p=0,0032, respectivamente) e STR (p=0,0026 e p=0,0043, respectivamente) quando comparados a seus respectivos controles. Na ATV, apenas os animais RA apresentaram diminuição da marcação para TH quando comparados ao CA (p=0,0166). A diminuição de TH não foi reversível na SNpc (p=0,0161) e STR (p=0,0086) para os animais do grupo RI. Desta forma, o estudo verificou maior efeito da RES sobre animais idosos em comparação aos adultos, visto que observamos um maior aumento no tempo de catalepsia naqueles, não recuperação do peso com o cessar da intervenção e não recuperação das concentrações de TH em áreas motoras nos animais idosos.
Abstract: Parkinson's disease (PD) is the second most prevalent neurodegenerative disease in the world, being more common in the elderly population. Studies in animal models have contributed to the understanding the pathophysiology of this disease. Although PD is related to aging, but animal models used for scientific research to investigate the progression of the disease are young animals. In this sense, the aim of the study was to evaluate the effect of age on the model of parkinsonism induced by reserpine (RES) in rats. Male rats, aged 6-8 (adult) or 18-24 (elderly) months, were divided into 6 groups: control-elderly (CI) (n=7), reserpine-elderly (RI) (n=6), reserpine-elderly abstinence (RI-ABS) (n=6) controladult (CA) (n=7), reserpine-adult (RA) (n=6) and reserpine-adult abstinence (RAABS) (n=6). The animals received 15 injections of RES (0.1 mg / kg) or vehicle on alternate days, throughout the experiment, were subjected to behavioral tests: (1) catalepsy test, every 48 hours and (2) general activity in the open field, 24 hours after the 2 injection and weight assessment, every 4 days. On the 30th day after the beginning of the experiment, half of the animals in the RI and RA groups were randomly selected and killed, while the remaining animals were sacrificed on the 60th (abstinence animals) and underwent the same procedures. During this period, the administration of RES was suspended. The brains of all animals were processed, following standard procedure for immunohistochemistry for tyrosine hydroxylase (TH) in the substance nigra (SN), dorsal striatum (STR) and ventral tegumentar area (ATV). RES animals showed longer time in the bar, in the catalepsy test from day 18 (p=0.0010) to day 42 (p=0.0048) for RA animals compared to CA and day 12 (p=0.0051) on day 46 (p=0.0050) for the RI animals. RI animals also had a longer catalepsy time compared to RA animals between days 12 (p=0.0399) and day 36 (p=0.0154). RES induced weight loss when compared to its controls, for the RA group the difference appeared on day 12 (p=0.0249) and remained until day 48 (p=0.0316), for the RI group the difference appeared on day 16 (p=0.0365) and remained until the end of the experiment on day 60 (p=0.0416). In the open field, there was no effect of RES on the evaluated parameters. Animals in the RA and RI groups showed decreased markings for TH in SNpc (p=0.0009 and p=0.0032, respectively) and STR (p=0.0026 and p=0.0043, respectively) when compared to their respective controls. In the ATV, only the RA animals showed a decrease in TH marking when compared to the CA (p=0.0166). The decrease in TH was not reversible in SN (p=0.0161) and STR (p=0.0086) for animals in the RI group. Thus, the study found a greater effect of RES on elderly animals compared to adults, since we observed a greater increase in the time of catalepsy in those, non-recovery of weight with the cessation of the intervention and non-recovery of concentrations of TH in motor areas in elderly animals.
Keywords: Doença de Parkinson
Dopamina
Envelhecimento
Reserpina
Modelos animais em pesquisa
Modelos animais
Envelhecimento
Dopamine
Parkinson's disease
Animal models
Senescence
Sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Program Affiliation: Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas
Citation: MELO, João Eduardo Conceição. Interferência da idade na progressão de parkinsonismo no modelo da reserpina em ratos. 2020. 79 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Fisiológicas) – Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2020.
URI: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/15451
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Fisiológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JOAO_EDUARDO_CONCEICAO_MELO.pdf2,98 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.