Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4561
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorBrito, Josélia Souza de-
dc.date.accessioned2017-09-26T17:30:43Z-
dc.date.available2017-09-26T17:30:43Z-
dc.date.issued2015-11-23-
dc.identifier.citationBrito, Josélia Souza de. Impacto desalocativo no orçamento público e o encilhamento financeiro na Defensoria Pública do Estado de Sergipe em face de decisões judiciais : período 2010-2014. 2015. 49 f. Dissertação( Pós-Graduação em Economia) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2015.por
dc.identifier.urihttps://ri.ufs.br/handle/riufs/4561-
dc.description.abstractNão informadopor
dc.formatapplication/pdf*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Sergipepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectDefensoria públicapor
dc.subjectAssessoria jurídicapor
dc.subjectBloqueiospor
dc.subjectSequestrospor
dc.subjectOrçamento públicopor
dc.subjectEconomia regionalpor
dc.subjectOrçamentopor
dc.subjectControle financeiropor
dc.subjectFinanças públicaspor
dc.titleImpacto desalocativo no orçamento público e o encilhamento financeiro na Defensoria Pública do Estado de Sergipe em face de decisões judiciais : período 2010-2014por
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Nóbrega, Wagner-
dc.description.resumoEste Relatório Técnico tem como objeto de estudo identificar o Impacto Desalocativo no Orçamento Público e o Encilhamento Financeiro na Defensoria Pública do Estado de Sergipe em Face de Decisões Judiciais, que tem o dispêndio com o pagamento de honorários advocatícios a advogados dativos, ocasionado pela insuficiência de defensores públicos daquela Defensoria. Para tal, analisou-se a execução orçamentária e financeira da Defensoria Pública do Estado de Sergipe – DPE/SE, utilizando-se uma metodologia narrativa, fundamentada no direito formal para facilitar a compreensão do tema, bem como na análise documental, e de dados contábeis extraídos do I-gesp – Sistema de Gestão Pública do Governo do Estado de Sergipe, Leis Orçamentárias Anuais, Leis Orgânicas, e outros. À dívida para com os dativos, até 2014, já se aproximava dos R$16 milhões e não há previsão orçamentária suficiente para que este seja quitado, nem tampouco para os atuais.por
dc.publisher.programPós-Graduação em Economiapor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIApor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUFSpor
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Desenvolvimento Regional e Gestão de Empreendimentos Locais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JOSELIA_SOUZA_BRITO.pdf947,01 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.