Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7407
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorBezerra, Bruno Torres-
dc.date.accessioned2018-02-21T20:07:26Z-
dc.date.available2018-02-21T20:07:26Z-
dc.date.issued2018-01-24-
dc.identifier.citationBEZERRA, Bruno Torres. Reconstrução da fenda alveolar utilizando osso autógeno e osso liofilizado associado ao plasma rico em plaquetas : estudo de série de casos. 2018. 112 f. Tese (doutorado em Ciência da Saúde)–Universidade Federal de Sergipe, Aracaju, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7407-
dc.description.abstractIntroduction: The reconstruction of the alveolar cleft is a step of great importance in the treatment of patients with lip and palate cleft. This phase of treatment corrects oral-nasal communication, improves phonation, prevents maxillary arch collapse, improves periodontal condition of adjacent teeth, and promotes bone support for non-erupted canine eruption. Objective: To evaluate the reconstruction of the alveolar bone with the bone graft and to compare the outcomes of two different bone graft materials: autogenous bone grafts from mandibular symphysis and lyophilized bone grafts associated with platelet-rich plasma (PRP) for the reconstruction of alveolar cleft. Methods: Forty five individuals met the inclusion criteria and accepted to participate in the case series study. Patients were evaluated for area and volume reduction and were then divided into two groups. Group A patients underwent alveolar bone grafting using autologous bone graft and group B patients using bovine bone graft associated with PRP. Cone beam computed tomography scans were taken, and reconstructed three-dimensionally for all patients preoperatively and 1 year postoperatively. Results: A significant reduction was detected for area and volume in all patients, within the group A and the group B. Between groups, no significant difference was found for area or volume. Conclusion: Lyophilized grafts associated with PRP are a good option for the reconstruction of alveolar clefts, and provide good results such as autologous bone grafts.eng
dc.languageporpt_BR
dc.subjectCiências da saúdepor
dc.subjectProcesso alveolar-cirurgiapor
dc.subjectLábio leporinopor
dc.subjectFenda palatinapor
dc.subjectPlasma sanguíneopor
dc.subjectPlaqueta (sangue)por
dc.subjectEnxerto de osso alveolarpor
dc.subjectFenda labialpor
dc.subjectPlasma rico em plaquetaspor
dc.subjectAlveolar bone graftingeng
dc.subjectCleft lipeng
dc.subjectCleft palateeng
dc.subjectPlatelet-rich plasmeng
dc.titleReconstrução da fenda alveolar utilizando osso autógeno e osso liofilizado associado ao plasma rico em plaquetas : estudo de série de casospt_BR
dc.title.alternativeReconstruction of the alveolar cleft using autogenous bone and lyophilized bone associated with platelet rich plasma : case series studyeng
dc.typeTesept_BR
dc.contributor.advisor1Silva, Luiz Carlos Ferreira da-
dc.description.resumoIntrodução: A reconstrução da fenda alveolar é uma etapa de grande importância no tratamento dos pacientes portadores de fissura lábio-palatal. Esta fase do tratamento corrige a comunicação buco-nasal, melhora a fonação, previne o colapso do arco maxilar, melhora a condição periodontal dos dentes adjacentes e promove suporte ósseo para erupção do canino não irrompido. Objetivos: Avaliar a reconstrução do osso alveolar com a enxertia óssea e comparar os resultados de dois diferentes grupos de materiais de enxerto ósseo: osso autógeno da sínfise mandibular e osso liofilizado associado ao plasma rico em plaquetas (PRP) na reconstrução de fendas alveolares. Métodos: Quarenta e cinco indivíduos foram incluídos nos critérios estabelecidos e aceitaram participar deste estudo de série de casos. Os pacientes foram avaliados quanto a redução da área e volume, posteriormente foram divididos em dois grupos. Grupo A pacientes que receberam enxerto ósseo autógeno da sínfise mandibular na fenda alveolar e o Grupo B pacientes que receberam osso liofilizado associado ao PRP. Tomografia computadorizada tipo cone beam foram realizadas e reconstruídas tridimensionalmente em todos os pacientes no pré-operatório e no pós-operatório de 1 ano. Resultados: Uma redução significativa foi encontrada na área e volume em todos os pacientes, no grupo A e no grupo B. Entre os grupos, não foram encontradas diferenças significantes na área e volume. Conclusão: Osso liofilizado associado ao PRP é uma boa opção para a reconstrução de fendas alveolares, e promove bons resultados assim como o osso autógeno.pt_BR
dc.publisher.programPós-Graduação em Ciências da Saúdept_BR
dc.subject.cnpqCIENCIAS DA SAUDEpt_BR
dc.publisher.initialsUniversidade Federal de Sergipept_BR
dc.description.localAracajupt_BR
Appears in Collections:Doutorado em Ciências da Saude

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BRUNO_TORRES_BEZERRA.pdf9,13 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.