Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7413
Tipo de Documento: Monografia
Título: Complicações maternas segundo tipo de parto em maternidades de Sergipe, Brasil
Autor(es): Barros, Léo Faro de
Data do documento: 11-Out-2017
Orientador: Prado, Daniela Siqueira
Coorientador: Gurgel, Ricardo Queiroz
Resumo: Objetivo: Avaliar complicações maternas precoces segundo tipo de parto em puérperas do estado de Sergipe. Métodos: estudo de coorte com 768 puérperas das 11 maternidades do estado com entrevista após 6h do parto e 45 dias pós-parto e com dados do prontuário da puérpera. As associações entre o tipo de parto e as complicações maternas no pós-parto com as variáveis de exposição foram descritas em frequências simples, percentuais, risco relativo (RR) com o intervalo de confiança. Resultados: A frequência de complicações maternas precoces foi 46,8%, tendo sido a dor a mais verificada. As pacientes submetidas a cesárea intraparto tiveram maior risco de dor (RR=1,31; 95% CI:1,04-1,64) particularmente as do alto risco (RR=1,78; 95% CI:1,19-2,67) e do serviço público (RR=1,29; 95% CI:1,02-1,64). Conclusão: A cesárea intraparto, principalmente em pacientes de alto risco e do serviço público associou-se a maior risco de dor no pós-operatório.
Abstract: Objective: To evaluate maternal complications according to the type of delivery in puerperal women in the state of Sergipe. Methods: a cohort study with 768 postpartum women from 11 state maternity hospitals with interview after 6 hours of delivery, 45 days postpartum and data from the woman's medical record. The associations between the type of delivery and maternal complications in the postpartum period with the exposure variables were described with simple frequencies, percentages, relative risk (RR) with the confidence interval. Results: The frequency of early maternal complications was 46.8%, with pain being the most frequent. Patients undergoing intrapartum cesarean section had a higher risk of pain (RR = 1.31, 95% CI: 1.04-1.64), particularly those from de subgroup of high risk (RR = 1.78, 95% CI: 1.19) and from public sector (RR=1,29; 95% CI:1,02-1,64). Conclusion: Intrapartum cesarean section, especially in high-risk and public service patients, presents a higher risk of pain in the elderly and in the public service postoperative.
Palavras-chave: Medicina
Saúde
Gravidez (complicações e seqüelas)
Cesariana
Doenças em Sergipe (SE)
Medicine
área CNPQ: CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Idioma: por
Sigla da Instituição: Universidade Federal de Sergipe
Departamento: DME - Departamento de Medicina – Aracaju - Presencial
Citação: BARROS, Léo Faro de. Complicações maternas segundo tipo de parto em maternidades de Sergipe, Brasil. Aracaju, SE, 2017. Monografia (Graduação em Medicina ) - Departamento de Medicina, Universidade federal de Sergipe, Aracaju, 2017
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7413
Aparece nas coleções:Medicina

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Leo_Faro_Barro.pdf1,1 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.