Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7458
Tipo de Documento: Monografia
Título: Resultados comparativos entre achados histeroscópicos e ultrassonográficos transvaginais em serviço público
Título(s) alternativo(s): Comparative results between hysteroscopic and transvaginal ultrasonographic findings in public service
Autor(es): Silva, Rosileide Alves da
Data do documento: 9-Out-2017
Orientador: Dias, Julia Maria Gonçalves
Resumo: Objetivo: Avaliar achados de ultrassonografia transvaginal e vídeo histeroscopias em mulheres oriundas de um centro de referência em Aracaju-SE, comparando os resultados entre si e com as biópsias realizadas. Método: Estudo observacional de caráter retrospectivo com 361 mulheres de 20 a 81 anos, submetidas à histeroscopia diagnóstica e ultrassonografia, atendidas no Centro de Atenção Integral a Saúde da Mulher (CAISM) onde avaliou-se idade, procedência, indicação da histeroscopia, diagnóstico ultrassonográfico, histeroscópico e histopatológico. Resultado: A população estudada foi de 361 pacientes com média de idade de 46,61 anos e desvio padrão de 11,8. O achado ultrassonográfico e histeroscópico mais frequentes foi pólipo endometrial com 50,69% (183) e 47,09% (170), respectivamente. Foram realizadas biópsias em 250 pacientes, tendo como achado mais frequente pólipo endometrial 42,80% (107). Entre os achados ultrassonográficos e histeroscópicos houve associação significativa para o diagnóstico de pólipo endometrial (p-0,001), espessamento endometrial (p-0,001) e mioma submucoso (p-0,001). Comparando-se os achados anatomopatológicos e histeroscópicos houve associação significativa para mioma submucoso e pólipo endometrial (p-0,002 e p-0,001, respectivamente). Não houve associação significativa para o diagnóstico de espessamento endometrial (p-0,382) e mioma submucoso (p-0,075) ao comparar-se biópsias e ultrassonografias, mas houve para pólipo endometrial (p-0,049). Conclusão: A principal indicação para histeroscopia e o principal resultado do exame anatomopatológico foi pólipo endometrial. Houve associação significativa para os resultados de pólipo, espessamento endometrial e mioma quando comparadas histeroscopia e ultrassonografia, sendo que na comparação entre este exame e biópsia só houve associação significativa para pólipo.
Abstract: Objective: To evaluate findings of transvaginal ultrasonography and video hysteroscopies in women from a reference center in Aracaju-SE, comparing the results among themselves and as biopsies performed. Method: Retrospective observational study with 361 women aged 20 to 81 years submitted to diagnostic hysteroscopy and ultrasonography, attended at the Center for Integral Attention to Women's Health (CAISM), where the age, origin, indication of hysteroscopy, ultrasonographic diagnosis, hysteroscopic and histopathological. Results: The studied population of 361 patients with average age of 46.61 years and standard deviation of 11.8. The most frequent ultrasonographic and hysteroscopic findings were for endometrial polyp with 50.69% (183) and 47.09% (170), respectively. Biopsies were performed in 250 patients, with 42.8% of them being the most frequent endometrial polyp (107). Among ultrasonographic and hysteroscopic findings, there was a significant association for the diagnosis of endometrial polyp (p-0.001), endometrial thickening (p-0.001) and submucous myoma (p-0.001). Comparing anatomopathological and hysteroscopic findings, there was a significant association between submucosal myoma and endometrial polyp (p-0.002 and p-0.001, respectively). There was no significant association for the diagnosis of endometrial thickening (p-0.382) and submucosal myoma (p-0.075) when comparing biopsies and ultrasonography, but seen for endometrial polyp (p-0.049). Conclusion: A main indication for hysteroscopy and the main result of anatomopathological examination for endometrial polyp. There was a significant association for the results of polyp, endometrial thickening and myoma when comparing hysteroscopy and ultrasonography, and in the comparison between this examination and biopsy there is only a significant association for polyp.
Palavras-chave: Medicina
Saúde
Histeroscopia
Útero
Ultrassonografia transvaginal
Doenças uterinas
Medicine
Hysteroscopy
Uterus
Transvaginal Ultrasonography
área CNPQ: CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Idioma: por
Sigla da Instituição: Universidade Federal de Sergipe
Departamento: DME - Departamento de Medicina – Aracaju - Presencial
Citação: SILVA, Rosileide Alves da. Resultados comparativos entre achados histeroscópicos e ultrassonográficos transvaginais em serviço público. Aracaju, SE, 2017. Monografia (Graduação em Medicina) - Departamento de Medicina, Universidade Federal de Sergipe, Aracaju, 2017.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7458
Aparece nas coleções:Medicina

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Rosileide_Alves_Silva.pdf701,71 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.