Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7470
Tipo de Documento: Monografia
Título: Evidências científicas da implantação da política nacional de plantas medicinais e fitoterápicos na atenção primária à saúde nos últimos 10 anos: uma revisão sistemática
Título(s) alternativo(s): Evaluation of national policy of medicinal plant and herbal impact on primary attention in the last 10 years
Autor(es): Oliveira, Ana Caroline Fraga
Data do documento: 6-Jun-2017
Orientador: Guimarães, Adriana Gibara
Resumo: Introdução: O uso de plantas medicinais e de medicamentos fitoterápicos possui grande relevância na cultura brasileira. Diante da observação desses hábitos e a vasta biodiversidade botânica nacional, foi criada a Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos (PNPMF) em 2016. Esta política tem como objetivo assegurar o uso destas alternativas terapêuticas aos usuários do Sistema Único de Saúde, na mesma medida que pudesse atender a demanda da atenção primária à saúde como um recurso terapêutico econômico e viável. Objetivos: Compilar as evidências científicas da implementação da Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos na atenção primária à saúde nos últimos 10 anos, através da realização de uma revisão sistemática da literatura, no que diz respeito à produção científica nacional. Métodos: Realizou-se uma revisão sistemática da literatura nas bases de dados Pubmed, Scopus, Lilacs, e Scielo, usando os descritores “Fitoterapia”, “Plantas Medicinais”, “Brasil” e 2006-2016. Resultados: Após levantamento das publicações e aplicação dos critérios de inclusão e exclusão, 16 artigos foram selecionados. Estes estudos apontam a percepção de profissionais de saúde sobre importância da aplicabilidade de plantas medicinais e fitoterápicos, nos serviços de atenção primária à saúde, uso e indicação de plantas medicinais, bem como as principais dificuldades encontradas no processo de implementação da PNPMF na Atenção Primaria. Conclusão: Deste modo, foi possível reunir evidências científicas a cerca da implantação da PNPMF de 2006 a 2016 e conhecer as perspectivas existentes para o fortalecimento do uso seguro e racional das plantas medicinais e fitoterápicos no Brasil.
Abstract: The use of medicinal plants and herbal medicines has great relevance in the Brazilian culture. Given the observation of these habits and the vast biodiversity national botany, it was created the National Policy of Medicinal Plants and Herbal Medicines (PNPMF) in 2016 in order to ensure the use of these alternative therapies to users of the Unified Health System, the same as could meet the demand of primary health care as an economic and viable therapeutic resource. Objectives: To compile the scientific evidences of the implementation of the National Policy of Medicinal and Phytotherapeutic Plants in primary health care in the last 10 years, through a systematic review of the literature, regarding the national scientific production. Methods: A systematic review of the literature in Pubmed, Scopus, Lilacs, and Scielo databases was done using the descriptors "Phytotherapy", "Medicinal Plants", "Brazil" and 2006-2016. Results: After the publication of the publications and application of the inclusion and exclusion criteria, 16 articles were selected. These studies indicate the perception of health professionals on the subject, the administration of medicines and medicines, primary health care services, the use and indication of medicinal plants, as well as the main difficulties encountered in the PNPMF implementation process In Primary Care. Conclusion: It was possible to gather scientific evidence about the implementation of PNPMF from 2006 to 2016 and to know the perspectives to strengthen the safe and rational use of medicinal and phytotherapeutic plants in Brazil.
Palavras-chave: Plantas medicinais
Atenção primária à saúde
Política Nacional de Plantas Medicinais
SUS
National Medicinal Plants Policy
Primary attention
Idioma: por
Sigla da Instituição: UFS
Departamento: DFAL - Departamento de Farmácia – Lagarto - Presencial
Citação: OLIVEIRA, Ana Caroline Fraga. Evidências científicas da implantação da política nacional de plantas medicinais e fitoterápicos na atenção primária à saúde nos últimos 10 anos : uma revisão sistemática. 2017. 1 CD-ROM. TCC (Graduação em Farmácia) – Universidade Federal de Sergipe, Lagarto, 2017
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7470
Aparece nas coleções:Farmácia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ANA_CAROLINE_FRAGA_OLIVEIRA.pdf311,2 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.