Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7502
Tipo de Documento: Monografia
Título: Prevalência de complicações e estratificação de risco do pé em pacientes inseridos no sistema salvando o pé diabético em Aracaju
Título(s) alternativo(s): Prevalence of complications and stratification of foot risk in patients inserted in the system saving the diabetic foot in Aracaju
Autor(es): Reinaldo, Julianny da Silveira
Data do documento: 11-Out-2017
Orientador: Rezende, Karla Freire
Resumo: Introdução: O Diabetes Mellitus vem sendo considerada uma epidemia do século XXI. Dentre as implicações dessa doença, as úlceras nos pés atingem mais de 15% dos diabéticos. A ulceração pode evoluir para amputação dos membros inferiores. Os fatores mais relacionados ao surgimento de úlceras são a neuropatia sensorial periférica, as deformidades do pé, o traumatismo do pé e a doença arterial periférica. Objetivo: Esse estudo visa, a partir de dados obtidos através do SISPED, identificar fatores de risco para ulceração e amputação em pacientes com Diabetes Mellitus que foram atendidos na atenção básica e em ambulatórios de média complexidade. Métodos: Estudo descritivo, transversal e quantitativo. A coleta de dados foi feita através do cadastro digital no SIPED do roteiro do exame dos pacientes atendidos em serviços da atenção primária e secundária em Aracaju no período de dezembro de 2016 a agosto de 2017. Resultados: Foram avaliados 883 pacientes (69.2% mulheres e 30,8% homens). 93,89% eram portadores de DM tipo 2, 5,32% de DM tipo 1 e 0,79% tinham outros tipos de diabetes. A média de tempo de doença foi 20 +/- 7,2 anos e a idade média dos pacientes foi 60 +/- 12,5 anos. A glicemia de jejum média foi de 132,67 mg/dl, a glicemia pós-prandial média de 173,74 mg/dl e a hemoglobina glicada média de 9,16%. A úlcera prévia foi identificada em 16,88% e a amputação prévia em 16,88%. Tiveram diagnóstico neuropático 43,37% da amostra. A vasculopatia periférica foi identificada em 18,27%. O teste do monofilamento foi alterado em 21,39% dos pés examinados. Na estratificação do pé apenas 1,04% dos pacientes tinha exame normal (categoria 0) Conclusão: Pacientes portadores de diabetes mellitus residentes em Aracaju apresentam alta prevalência de alterações nos pés, sendo a neuropatia a mais prevalente. Isto reforça que o rastreio de complicações deve ser obrigatório em todos os pacientes diabéticos regularmente.
Abstract: Introduction: Diabetes mellitus is being considered an epidemic in the 21st century. Among its complications, foot ulcers affect more than 15% of diabetic patients. Ulcers can lead to lower limb amputations. The factors most related to ulcer formation are peripheral neuropathy, foot deformities, trauma and peripheral vascular disease. Objective: This study aims to identify risk factors to ulcer formation and amputation in diabetic patients who were treated in primary and medium complexity care, using SISPED data. Methods: Descriptive, cross-sectional and quantitative study. Data collection was conducted through the SISPED database of scripted feet exam in patients who were treated from December 2016 to August 2017 in primary and secondary care facilities. Results: 883 patients were evaluated (68.2% women and 30.8% men). 93.89% had type 2 diabetes mellitus, 5.32% type 1 diabetes mellitus and 0.79% had another variety of diabetes mellitus. Average disease duration was 20 +/- 7,2 years, and average patient age was 60 +/- 12,5 years old. Average fasting blood glucose was 132.67 mg/dL, average post-prandial blood sugar was 173.74 mg/dL and average glycated hemoglobin was 9.16%. Previous ulcer was identified in 16.88% e previous amputation in 16.88%. Peripheral neuropathy was diagnosed in 43.37% of the sample. Vasculopathy was identified in 18.27%. Monofilament test was altered in 21.39% of examined feet. Only 1.04% o patients had a normal exam in foot stratification (category0). Conclusion: Patients with diabetes mellitus residents in Aracaju have a high prevalence of foot alterations, with neuropathy being the most prevalent. This reinforces that screening for complications should be mandatory in all diabetic patients on a regular basis.
Palavras-chave: Medicina
Saúde
Diabetes
Complicações e sequelas
Avaliação de riscos de saúde
Medicine
Complications and sequelae
Assessment of health risks
área CNPQ: CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Idioma: por
Sigla da Instituição: Universidade Federal de Sergipe
Departamento: DME - Departamento de Medicina – Aracaju - Presencial
Citação: REINALDO, Julianny da Silveira. Prevalência de complicações e estratificação de risco do pé em pacientes inseridos no sistema salvando o pé diabético em Aracaju. Aracaju, SE, 2017. Monografia (Graduação em Medicina) - Departamento de Medicina, Universidade Federal de Sergipe, Aracaju, 2017.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7502
Aparece nas coleções:Medicina

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Julianny_Silveira_Reinaldo.pdf561,81 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.