Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7503
Document Type: Monografia
Title: Caracterização do uso de plantas medicinais e medicamentos fitoterápicos utilizados por pacientes com câncer atendidos pelo Sistema Único de Saúde no município de Aracaju - SE
Authors: Arcanjo, Gabriel Davi Brandão
Batista, Alessandra Macedo
Issue Date: 11-Dec-2017
Advisor: Walker, Cristiani Isabel Banderó
Resumo : As plantas medicinais são utilizadas para fins terapêuticos desde os primórdios da história da humanidade, via transmissão oral e escrita entre gerações. Nos últimos anos, entretanto, tem crescido significativamente a utilização destas em concomitância com outros medicamentos, inclusive com quimioterápicos. Esta utilização em muitos casos é inadequada e indiscriminada e pode trazer potenciais interações com os medicamentos antineoplásicos. Portanto, o presente estudo teve como objetivo caracterizar o uso de plantas medicinais e medicamentos fitoterápicos por pacientes oncológicos atendidos pelo Sistema Único de Saúde. Foi realizado um estudo do tipo descritivo transversal com abordagem quantitativa, no qual os dados foram coletados em dois hospitais públicos no município de Aracaju-SE. Dentre os 316 indivíduos entrevistados, 55,38% (n=175) utilizavam plantas medicinais e/ou medicamentos fitoterápicos. A faixa etária predominante foi de 50 a 61 anos (26,58%, n=84) com predomínio do sexo feminino, 68,04% (n=215) e pardos 60,13% (n=190). As plantas medicinais mais utilizadas foram erva-cidreira, capim-santo, camomila e boldo. A razão de uso mais frequente foi para aliviar sintomas (60,54%, n=270) e a maioria (81,03%) não informou ao oncologista que fazia uso destes. A partir de dados da literatura, verificou-se que 11 dos 175 indivíduos que usavam plantas medicinais e/ou medicamentos fitoterápicos (6,28%) estavam susceptíveis a potenciais interações medicamento-planta. Desse modo, é preciso uma maior comunicação entre aos pacientes oncológicos e os profissionais de saúde para que sejam evitados potenciais riscos à saúde quando utilizados em concomitância com a terapia convencional antineoplásica.
Abstract: Medicinal plants are used for therapeutic purposes since the earliest days of human history, via oral and written communication passed between generations. In recent years, however, has significantly increased its use in concomitance with other drugs, including chemotherapeutic. In many cases this use is inappropriate and indiscriminate and may to cause potential interactions with antineoplastic drugs. Therefore, the present study aimed to characterize the use of medicinal plants and herbal medicines by cancer patients treated on the Unified Health System. Was realized a cross-sectional descriptive study with a quantitative approach, in which the data were collected in two public hospitals in the city of Aracaju-SE. Among the 316 individuals interviewed, 55,38% (n=175) used medicinal plants and/or herbal medicines. The predominant age group was 50 to 61 years old (26,58% n=84) with a female predominance, 68,04% (n=215) and brown 60,13% (n=190). The most used medicinal plants were lemongrass, holy grass, chamomile and boldo. The most commonly used reason was, to relieve symptoms (60,54%, n=270) and mostly (81,03%) did not inform the oncologist that they used these. Based on the literature review, it was verified that 11 of the 175 individuals who used medicinal and/or herbal plants (6,28%) were susceptible to potential interactions. Thus, greater communication between oncology patients and health professionals is necessary to avoid potential health risks when used in concomitance with conventional antineoplastic therapy.
Keywords: Farmácia
Ensino de farmácia
Câncer
Tratamento do câncer em Aracaju (SE)
Sistema Único de Saúde em Aracaju (SE)
Oncologia
Tratamento do Câncer
Homeopatia
Plantas medicinais
Quimioterapia
Medicinal plants
Herbal medicines
Chemotherapeutic drugs
Plant-drug interactions
Subject CNPQ: CIENCIAS BIOLOGICAS::FARMACOLOGIA::FARMACOLOGIA GERAL
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Department: DFA - Departamento de Farmácia – São Cristóvão - Presencial
Citation: ARCANJO, Gabriel Davi Brandão; BATISTA, Alessandra Macedo. Caracterização do uso de plantas medicinais e medicamentos fitoterápicos utilizados por pacientes com câncer atendidos pelo Sistema Único de Saúde no município de Aracaju - SE. São Cristóvão, SE, 2017. Monografia (Bacharelado em Farmácia) - Departamento de Farmácia, Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2016
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7503
Appears in Collections:Farmácia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Gabriel_Davi_Brandao_Araujo.pdf716,93 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.