Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7542
Tipo de Documento: Monografia
Título: Conhecimento do uso da camisinha masculino na prevenção das DSTs/AIDS nos adolescentes de um escola pública do estado de Sergipe - uma atualização
Título(s) alternativo(s): Knowledge of the use of male condoms in STD / AIDS prevention among adolescents in a public school in the state of Sergipe - an update
Autor(es): Costa, Edielson dos Anjos
Data do documento: 11-Out-2017
Orientador: Oliveira, Halley Ferraro
Resumo: OBJETIVOS: Geral Analisar o conhecimento e as práticas de adolescentes acerca das DSTs/AIDS. Específicos Atualizar os resultados de um trabalho preexistente acerca do conhecimento sobre DSTs/AIDS entre adolescentes. Analisar o conhecimento dos adolescentes sobre os possíveis efeitos negativos da prática da atividade sexual de forma desprotegida. Descrever o conhecimento dos adolescentes sobre os fatores de risco predisponentes às DSTs/AIDS. Métodos: A pesquisa foi delineada nos moldes de um estudo comparativo, realizado em um colégio público do município de Lagarto-Sergipe. A população escolhida foi formada por alunos regularmente matriculados das 1ª, 2ª e 3ª séries do ensino médio, dos turnos matutino e vespertino. A faixa etária de corte dos adolescentes entrevistados foi entre 12 e 19 anos. Após o contato e autorização da direção da escola, os dados foram coletados através de um questionário padronizado e validado, autoresponsivo, composto por questões fechadas. Foram determinados como critérios de inclusão: aceitar participar voluntariamente da pesquisa, ter entre 12 e 19 anos e estar devidamente matriculados no período matutino e vespertino nas referidas séries. E como critérios de exclusão: déficit de cognição, não estar presente no dia em que o questionário foi aplicado. Resultados: Foram aplicados 150 questionários entre estudantes que compreendiam uma faixa etária de 12 a 19 anos. Os escolares compreenderam 59,33% do sexo feminino e 40,66% do sexo masculino. Quanto à vida sexual, 34% referiram 39 ter vida sexual ativa. O uso de método contraceptivo na primeira relação sexual foi referido em 62,74%. A respeito do conhecimento sobre métodos contraceptivos que sabiam usar, 50,66% afirmaram saber usar camisinha masculina, e 38,66%, a pílula. A principal fonte de informação sobre métodos anticoncepcionais foi à escola, com 66,00%. Conclusão: De acordo com os resultados do trabalho, observou-se uma grande evolução no conhecimento dos adolescentes sobre o uso de preservativo em relação à prevenção e transmissão de DST/AIDS, se compararmos, por exemplo, à pesquisa realizada por Dantas (2016). Em geral, ao iniciarem a vida sexual precocemente, os adolescentes não estão preparados biologicamente para tal ato e também não possuem conhecimento suficiente para identificarem os fatores que os expõem à vulnerabilidade relativa à DST/AIDS. A maioria dos adolescentes tinha entre 14 a 16 anos de idade, eram do sexo masculino, solteiros(as), pardos(as), adeptos a religião católica. Quando se considera a questão da idade, os meninos começaram a vida sexual mais precocemente do que as meninas. O uso do preservativo nos adolescentes foi a melhor forma de prevenção de DST/AIDS, embora nem todos utilizem esse método. Apesar da maioria dos estudantes usarem a camisinha, o seu uso esteve condicionado ao conhecimento e a confiança no parceiro, a prevenção de DST/AIDS. Outros fatores responsáveis pela dispensa de preservativos são a confiança no(a) parceiro(a) e o simples fato de conhecer a pessoa.
Abstract: Objectives: General - To verify the knowledge of the use of the male condom in the adolescents of a Public School on the prevention of STD/ AIDS. Specific: -To study the adolescent students according to sociodemographic data. Observe the main means of information that adolescents have about STD/ AIDS. Methods: The research was outlined in the form of a comparative study, carried out in a public school in the municipality of Lagarto-Sergipe. The chosen population was formed by students regularly enrolled in the 1st, 2nd and 3rd grades of high school, the morning and afternoon shifts. The cut age group of adolescents interviewed was between 12 and 19 years old. After the contact and authorization of the school's management, the data were collected through a standardized and validated, selfresponsive questionnaire, composed of closed questions. The inclusion criteria were: to accept to participate voluntarily in the research, to be between 12 and 19 years old and to be duly enrolled in the morning and afternoon period in the referred series. And as exclusion criteria: cognition deficit, not present on the day the questionnaire was applied. Results: 150 questionnaires were applied among students who comprised an age group of 12 to 19 years. The students comprised 59.33% female and 40.66% male. Regarding sexual life, 34% reported having an active sex life. Contraceptive use at the first sexual intercourse was reported at 62.74%. Regarding the knowledge about contraceptive methods they knew how to use, 50.66% said they know how to use a male condom, and 38.66%, the pill. The main source of information on contraceptive methods was school, with 66.00%. Conclusion : According to the results of the study, a great evolution in the adolescents' knowledge about the use of condoms in relation to the prevention and transmission of STD / AIDS was observed, if we compare, for example, the research done by Dantas (2016). In general, adolescents are not biologically prepared for early sexual activity and are not sufficiently knowledgeable to identify the factors that expose them to STD / AIDS vulnerability. 41 The majority of adolescents were between 14 and 16 years of age; they were male, single, brown, Catholic. When one considers the question of age, boys started sex life earlier than girls. The use of condoms in adolescents was the best way to prevent STD / AIDS, although not everyone uses this method. Although most of the students use the condom, their use was conditioned by their partner's knowledge and trust, STD / AIDS prevention. Other factors responsible for dispensing condoms are trust in the partner and the simple fact of knowing the person.
Palavras-chave: Medicina
Saúde
Adolescência
Preservativos em Sergipe (SE)
Doenças sexualmente transmissíveis em Sergipe (SE)
AIDS (Doença) em Sergipe (SE)
Medicine
Adolescence
Condoms in Sergipe (SE)
Sexually transmitted diseases in Sergipe (SE)
AIDS in Sergipe (SE)
área CNPQ: CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Idioma: por
Sigla da Instituição: Universidade Federal de Sergipe
Departamento: DME - Departamento de Medicina – Aracaju - Presencial
Citação: COSTA, Edielson dos Anjos. Conhecimento do uso da camisinha masculino na prevenção das DSTs/AIDS nos adolescentes de um escola pública do estado de Sergipe - uma atualização. Aracaju, SE, 2017. Monografia (Graduação em Medicina) - Departamento de Medicina, Universidade Federal de Sergipe, Aracaju, 2017.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7542
Aparece nas coleções:Medicina

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Edielson_Anjos_Costa.pdf646,46 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.