Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7582
Tipo de Documento: Monografia
Título: O impacto da localização geográfica de início dos sintomas no uso das terapias de reperfusão e na mortalidade do infarto do miocárdio em Sergipe
Título(s) alternativo(s): The impact of the geographical location of symptom onset in the use of reperfusion therapies and in the mortality of myocardial infarction in Sergipe
Autor(es): Conceição, Flávio Mateus do Sacramento
Data do documento: 29-Jan-2018
Orientador: Barreto Filho, José Augusto Soares
Resumo: Fundamento: A tendência à concentração na oferta de serviços e profissionais especializados na capital e em regiões metropolitanas pode justificar a dificuldade de acesso às terapias de reperfusão em pacientes com IAMCSST que iniciam os sintomas fora da região metropolitana. Objetivo: Comparar a taxa de utilização das terapias de reperfusão entre pacientes com IAMCSST que iniciaram os sintomas na região não metropolitana e metropolitana de Sergipe, bem como avaliar a taxa de mortalidade em 30 dias entre os grupos. Métodos: Esta é uma subanálise do estudo VICTIM, em que foram avaliados 878 pacientes com IAMCSST, entre 2014 e 2017, nos quatro únicos hospitais com capacidade de realizar angioplastia em Sergipe. Os pacientes foram divididos em dois grupos, quanto ao local de início dos sintomas: 1. região não metropolitana e 2. região metropolitana de Sergipe. Foi considerada diferença significativa quando p < 0,05. Resultados: Dos 878 pacientes, 496 tiveram o início dos sintomas na região não metropolitana do estado e em 382, o início dos sintomas se deu na região metropolitana. A angioplastia primária foi utilizada em 45,2% vs 58,9% (p <0,001), trombolítico (3,0% vs 1,3%, p = 0,091), algum tipo de reperfusão (48,2% vs 60,2%, p <0,001) e a mortalidade em 30 dias foi de 14% vs 7,7% (p< 0,004), respectivamente entre os pacientes que tiveram o início dos sintomas na região não metropolitana e metropolitana do estado. Conclusões: O presente estudo confirmou significativa disparidade no acesso às terapias de reperfusão e na mortalidade geral entre pacientes que iniciaram os sintomas na região metropolitana de Sergipe e fora dela. Além disso, há um subuso geral de terapias de reperfusão no estado.
Abstract: Background: The concentration of services and specialized professionals in the capital and metropolitan regions can justify the difficulty of access to reperfusion therapies in patients with STEMI who initiate symptoms outside the metropolitan region. Objective: To compare the rate of use of reperfusion therapies among patients with STEMI who initiated the symptoms in the metropolitan and metropolitan region of Sergipe, as well as to evaluate the 30-day mortality rate between groups. Methods: This is a subanalysis of the VICTIM study, in which 878 patients with STEMI were evaluated between 2014 and 2017, in the only four hospitals capable of performing angioplasty in Sergipe. The patients were divided into two groups, regarding the place of onset of symptoms: 1. metropolitan region and 2. metropolitan region of Sergipe. A significant difference was considered with p <0.05. Results: Of the 878 patients, 496 had onset of symptoms in the non-metropolitan region of the state and in 382, the onset of symptoms occurred in the metropolitan region. Primary angioplasty was used in 45.2% vs 58.9% (p <0.001), thrombolytic (3.0% vs 1.3%, p = 0.091), some type of reperfusion (48.2% vs 60, 2%, p <0.001), and the 30-day mortality rate was 14% vs. 7.7% (p <0.004), respectively, among patients who had onset of symptoms in the metropolitan and metropolitan areas of the state. Conclusion: The present study confirmed a significant disparity in access to reperfusion therapy and general mortality among patients who started the symptoms in the metropolitan region of Sergipe and beyond. In addition, there is a general sub-assumption of reperfusion therapies in the state.
Palavras-chave: Medicina
Saúde
Infarto do miocárdio em Sergipe (SE)
Reperfusão miocárdica em Sergipe (SE)
Mortalidade em Sergipe (SE)
Medicine
Myocardial infarction in Sergipe (SE)
Myocardial reperfusion in Sergipe (SE)
Mortality in Sergipe (SE)
área CNPQ: CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Idioma: por
Sigla da Instituição: Universidade Federal de Sergipe
Departamento: DME - Departamento de Medicina – Aracaju - Presencial
Citação: CONCEIÇÃO, Flávio Mateus do Sacramento. O impacto da localização geográfica de início dos sintomas no uso das terapias de reperfusão e na mortalidade do infarto do miocárdio em Sergipe. Aracaju, SE, 2018. Monografia (Graduação em Medicina) - Departamento de Medicina, Universidade Federal de Sergipe, Aracaju, 2018.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7582
Aparece nas coleções:Medicina

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Flávio_Mateus_Sacramento_Conceição.pdf1,19 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.