Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7848
Document Type: Dissertação
Title: Múltiplos comportamentos de risco à saúde em adolescentes de um estado do Nordeste do Brasil
Authors: Santos, Lucas Souza
Issue Date: 22-Feb-2018
Advisor: Menezes, Aldemir Smith
Resumo : Introdução: Tem se observado que a adoção aos Comportamentos de Riscos à Saúde (CRS) tais como: consumo de álcool, uso de tabaco, baixo consumo de frutas, exposição ao comportamento sedentário e nível insuficiente de atividade física, potencializam as ameaças à saúde quando atuam conjuntamente, sugerindo estudos de monitoramento. Objetivo: Investigar as prevalências dos múltiplos comportamentos de riscos à saúde e sua associação com nível insuficiente de atividade física e fatores econômicos e demográficos em adolescentes de Sergipe. Métodos: Este estudo trata-se de uma análise de dois levantamentos epidemiológicos com delineamentos transversais, realizados em 2011 e 2016, com uma amostra representativa de estudantes da Rede Pública Estadual de Sergipe, composta por 7145 escolares (2011=3528; 2016=3617), com idade entre 14 e 19 anos. Os dados foram coletados mediante questionário auto administrado. Em decorrência da quantidade de variáveis e análises, optou-se por apresentar dois estudos. No primeiro, a exposição aos múltiplos CRS foi utilizado como variável dependente, que foi obtido a partir do somatório dos 4 CRS (consumo de álcool, tabaco, baixo consumo de frutas e níveis insuficientes de atividade física). Recorreu-se à análise das prevalências observadas e esperadas para identificar a simultaneidade dos comportamentos de riscos à saúde, assim como, a regressão de Poisson para a associação. No segundo estudo, a variável desfecho foi o nível insuficiente de atividade física e foi analisado a sua associação com os múltiplos CRS (consumo de álcool, tabaco, baixo consumo de frutas e exposição a comportamento sedentário). Para este estudo utilizou-se a regressão logística binária bruta e ajustada para a associação entre o desfecho e outros CRS, assim como, as variáveis demográficas e socioeconômicas. Resultados: No primeiro estudo as prevalências dos múltiplos comportamentos de riscos à saúde aumentaram na adolescência e mostraram-se associados com turno noturno (RP= 1,04; IC95% 1,02-1,06) e renda familiar (RP=1,05; IC95% 1,02-1,07). No segundo estudo o percentual de adolescentes expostos ao nível insuficiente de atividade física foi 83% e mostraram-se associados com o sexo feminino (OR= 1,90 IC95% 1,56-2,32), renda familiar (OR= 1,57; IC95% 1,28-1,86) e exposição à múltiplos CRS (2 CRS OR=1,76; IC95% 1,27-2,45). Conclusões: Foi evidenciado mudanças na exposição dos múltiplos CRS na adolescência de 2011 para 2016. Também foi percebido que, os múltiplos comportamentos de riscos à saúde associaram à níveis insuficientes de atividade física. Sugerem-se ações mais abrangentes com estratégias multidisciplinares para reduzir à exposição de múltiplos comportamentos de riscos à saúde entre os jovens, em especial, no sexo feminino.
Abstract: Introduction: It has been observed that the adoption of Health Risk Behaviors (HRB), such as alcohol consumption, tobacco use, low fruit consumption, exposure to sedentary behavior and insufficient level of physical activity, potentiate health threats when together, suggesting monitoring studies. Objective: To investigate the prevalence of multiple health risk behaviors and their association with insufficient physical activity and economic and demographic factors in adolescents in Sergipe. Methods: This study is an analysis of two cross-sectional epidemiological surveys conducted in 2011 and 2016, with a representative sample of students from the State Public Network of Sergipe, composed of 7145 schoolchildren (2011 = 3528, 2016 = 3617) , aged between 14 and 19 years. Data were collected through a self-administered questionnaire. Due to the number of variables and analyzes, we chose to present two studies. In the first, HBR multiple exposure was used as a dependent variable, which was obtained from the sum of the 4 HRB (alcohol consumption, tobacco consumption, low fruit consumption and insufficient levels of physical activity). It was used the analysis of observed and expected prevalences to identify the simultaneity of health risk behaviors, as well as Poisson regression for the association. In the second study, the outcome variable was the insufficient level of physical activity and its association with multiple CRS (alcohol consumption, tobacco consumption, low fruit consumption and exposure to sedentary behavior) was analyzed. For this study, the crude and adjusted binary logistic regression was used for the association between the outcome and other HRB, as well as the demographic and socioeconomic variables. Results: In the first study, the prevalence of multiple health risk behaviors increased in adolescence and were associated with night shift (PR = 1.04, 95% CI 1.02-1.06) and family income (PR = 1, 05, 95% CI 1.02-1.07). In the second study, the percentage of adolescents exposed to insufficient physical activity was 83% and were associated with female (OR = 1.90, 95% CI 1.56-2.32), night shift (OR = 1, 25, 95% CI 1.01-1.56), family income (OR = 1.57, 95% CI 1.28-1.86) and multiple CRS exposure (2 HRB OR = 1.76, 95% CI, 27-2,45). Conclusions: There was evidence of changes in multiple HRB exposure in adolescence from 2011 to 2016. It was also noticed that multiple health risk behaviors associated with insufficient levels of physical activity. More comprehensive actions are suggested with multidisciplinary strategies to reduce exposure to multiple health risk behaviors among young people, especially women.
Keywords: Educação física
Estilo de vida sedentário
Fatores de risco
Adolescentes
Uso de drogas
Comportamentos
Riscos à saúde
Behavior
Health risks
Adolescents
Risk factors
Subject CNPQ: CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Program Affiliation: Pós-Graduação em Educação Física
Citation: SANTOS, Lucas Souza. Múltiplos comportamentos de risco à saúde em adolescentes de um estado do Nordeste do Brasil. 2018. 92 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2018.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7848
Appears in Collections:Mestrado em Educação Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LUCAS_SOUZA_SANTOS.pdf1,46 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.