Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7929
Document Type: Tese
Title: Efeitos socioeconômicos do Agroamigo : uma estratégia de fortalecimento da agricultura familiar no estado de Sergipe
Authors: Brito, Volnandy de Aragão
Issue Date: 24-Mar-2017
Advisor: Costa, José Eloízio da
Resumo : O Agroamigo é um programa de microcrédito rural inserido no contexto metodológico do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar e do Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado (PNMPO). É Operacionalizado no Banco do Nordeste do Brasil nos Estados do Nordeste e norte de Minas Gerais e Espírito Santo através de parceria com o Instituto Nordeste Cidadania. Sua missão é promover o desenvolvimento rural através da concessão de pequenos financiamentos (visão quantitativa) para investimentos e custeio, em atividades agropecuárias e não agropecuárias, de forma rotativa ou não, bem como orientação creditícia e acompanhamento técnico (visão qualitativa) no decurso do prazo do financiamento. Como crédito rural produtivo e orientado, o Agroamigo, transcede à mera concessão de crédito bancário e figura como instrumento de uma política de desenvolvimento local e regional, que deverá estar integrado às outras políticas de desenvolvimento regional como o PAA, o PGPAF, o Proagro, o Bolsa Família, o Luz Para Todos, etc, de forma a maximizar seus efeitos sociais e econômicos. Esta pesquisa tem como objetivo explicitar quais efeitos na perspectiva individual e na perspectiva loco-regional vem trazendo o Agroamigo, considerando o crescimento vertiginoso e ascendente no quantitativo de operações contratadas nessa metodologia. Investiga se esse crescimento quantitativo vem sendo acompanhado de mudanças sociais e financeiras nos tomadores de crédito e suas externalidades socioeconômicas nos municípios, ao induzir maior fluxo de capital e circulação de bens e serviços. O espaço regional analisado são os principais municípios “tomadores de crédito” no Estado de Sergipe, tendo sido definido a linha de tempo de 2005 a 2015. Inicia-se com uma abordagem conceitual e histórico-factual sobre o PRONAF, o surgimento do Agroamigo e sua inserção na metodologia PNMPO. Prossegue com a apresentação dos dados coletados, a pesquisa de campo realizada, os resultados esperados. Por fim discute os dados e informações à luz da tese levantada dos efeitos do Agroamigo no desenvolvimento regional. A análise dos dados ratificou os impactos positivo do Agroamigo na geração de renda e seus efeitos na economia local, o que justifica a escolha do tema como problemática relevante no âmbito da politica de desenvolvimento regional e no processo de organização do espaço rural.
Abstract: Agroamigo is a program of rural microcredit inserted in the Methodology of the National Program for Strengthening Family Agriculture and National Program for Oriented Productive Microcredit (PNMPO). IT IS Operated at Banco do Nordeste do Brasil in the Northeastern and Northern States of Minas Gerais and Espirito Santo through partnership with Instituto Nordeste Cidadania. Its mission is to promote rural development through the granting of small financing (quantitative vision) for investments and costing in agricultural and non-agricultural activities, whether or not rotating, as well as credit counseling and technical monitoring (qualitative vision) over the term Of the financing. As a productive and oriented rural credit, Agroamigo transcends the mere granting of bank credit and is an instrument of a local and regional development policy, which should be integrated with other regional development policies such as PAA, PGPAF, Proagro, The Family Grant, the Light for All, etc. in order to maximize its social and economic effects. The objective of this work is to explain the effects of the individual perspective and the loco-regional perspective, with Agroamigo, considering the vertiginous and ascending growth in the quantitative of contracted operations in this methodology. It investigates whether this quantitative growth has been accompanied by social and financial changes in the borrowers and their socioeconomic externalities in the municipalities, by inducing a greater flow of capital and circulation of goods and services. The regional area analyzed is the main municipalities "borrowers" in the State of Sergipe, having defined the timeline from 2005 to 2015. It begins with a conceptual and historical-factual approach on PRONAF, the emergence of Agroamigo and Their inclusion in the PNMPO methodology. It proceeds with the presentation of the data collected, the field research performed, the expected results. Finally, it discusses the data and information in light of the thesis raised of the effects of Agroamigo in the regional development. The analysis of the data ratified the positive impacts of Agroamigo on income generation and its effects on the local economy, which justifies the choice of the theme as a relevant issue within the framework of regional development policy and in the process of organizing the rural area.
Keywords: Geografia
Geografia agrícola
Microfinanças
Agricultura familiar
Desenvolvimento rural
Agroamigo (Programa)
Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf)
Microcrédito produtivo orientado
Impacto
Geração de renda
Redução da pobreza
Microfinance
Oriented microcredit
Impact
Income generation
Poverty reduction
Subject CNPQ: CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Program Affiliation: Pós-Graduação em Geografia
Citation: BRITO, Volnandy de Aragão. Efeitos socioeconômicos do Agroamigo : uma estratégia de fortalecimento da agricultura familiar no estado de Sergipe. 2017. 200 f. Tese (Doutorado em Geografia) – Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2017.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7929
Appears in Collections:Doutorado em Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VOLNANDY_ARAGAO_BRITO.pdf4,87 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.