Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7937
Document Type: Dissertação
Title: Redes, teias e laços na produção de fogos : tradição e ressignificação em Estância/SE
Authors: Gomes, Robertta de Jesus
Issue Date: 25-Jul-2017
Advisor: Menezes, Sônia de Souza Mendonça
Resumo : Estância, cidade localizada na região Sul do estado de Sergipe, apresenta nos seus festejos juninos tradições singulares. Além dessas festividades, o lugar é destaque por sua produção de fogos juninos e a cultura do barco de fogo. Esta pesquisa tem por objetivo analisar a produção de fogos como estratégia de renda alicerçada na tradição para a reprodução de grupos familiares. Buscou-se compreender a relação entre essa tradição identitária e a paisagem cultural, bem como também o papel das redes, os laços e as teias que são construídas e mantidas pela manutenção e fortalecimento dessa atividade cultural. Para além das contribuições geográficas, pretende-se dar visibilidade aos sujeitos invisíveis – produtores de fogos. Para atingir tais objetivos o caminho metodológico adotado partiu da coleta de informações teóricas com através de pesquisa bibliográfica relacionada às temáticas relacionadas a cultura, identidade, festas, patrimônio, saberes, fazeres, relações de proximidade e o conceito de paisagem cultural. Em seguida, foi realizado o trabalho de campo, quando foram coletadas as informações primárias através de entrevistas semiestruturadas com os fogueteiros, ajudantes, comerciantes de fogos, representantes de instituições públicas e população local. Como resultado, constatou-se que, para a população local, a produção de fogos é relevante para o município, constituindo o principal atrativo da festa junina, e que, para os fogueteiros, consiste na preservação de um saber fazer tradicional local que proporciona renda. Foram identificados os “barracões” de produção nos bairros (Porto D’areia, Bonfim, Alecrim e Povoado Disilena), foi evidenciada as etapas, materiais e processos da produção bem como as relações de proximidade entre os fogueteiros, o alcance da comercialização dos fogos juninos para outros municípios sergipanos até estados como Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia. Embora a produção tenha se modernizado em alguns aspectos, com a inserção de algumas máquinas e equipamentos, a essência da tradição continua, já que a fabricação de fogos e de barcos de fogo aponta que os modos tradicional e moderno coexistem. Constatou-se que os fogueteiros anseiam por algumas mudanças no tocante ao cumprimento dos prazos de pagamentos dos seus fogos, à construção de barracões de maiores dimensões pela prefeitura municipal e à participação na organização das normas das competições de fogos que ocorrem anualmente durante o ciclo junino. Para a população local e os fogueteiros, a produção de fogos e as festividades juninas em Estância conformam uma paisagem cultural.
Abstract: Estância, a city located in the southern region of the state of Sergipe, presents unique traditions in its June celebrations. In addition to these festivities, the place is highlighted by its production of fireworks and the culture of the boat of fire. This research aims to analyze the production of fires as an income strategy based on tradition for the reproduction of family groups. It sought to understand the relationship between this identity tradition and the cultural landscape, as well as the role of networks, ties and webs that are built and maintained by the maintenance and strengthening of this cultural activity. In addition to the geographical contributions, it is intended to give visibility to the invisible subjects - producers of fires. In order to reach these objectives, the methodological approach adopted was based on the collection of theoretical information through bibliographic research related to the themes related to culture, identity, parties, patrimony, knowledge, actions, proximity relations and the concept of cultural landscape.Next, the field work was carried out, when the primary information was collected through semi-structured interviews with the firemen, helpers, firemen traders, representatives of public institutions and local population. As a result, it was found that, for the local population, the production of fires is relevant to the municipality, constituting the main attraction of the junina festival, and that, for the rockets, it consists in the preservation of a local traditional know-how that provides income. The "barracks" of production in the neighborhoods (Porto D'Areia, Bonfim, Alecrim and Pueblado Disilena) were identified, the stages, materials and processes of the production as well as the proximity relations between the rockets, the commercialization of the fires June to other Sergipe municipalities to states such as Rio de Janeiro, São Paulo and Bahia. Although production has modernized in some respects, with the insertion of some machines and equipment, the essence of the tradition continues, since the manufacture of fireworks and fire boats indicates that the traditional and modern modes coexist. It was observed that the rockets are looking forward to some changes in terms of compliance with the deadlines for payment of their fires, the construction of larger sheds by the municipal government and participation in the organization of the rules of fire competitions that occur annually during the June cycle. For the local population and the rockets, the production of fires and the June festivities in Estância conform a cultural landscape.
Keywords: Geografia
Geografia cultural
Paisagens culturais
Estância (SE)
Fogos de artifícios
Festas juninas
Territorialidade humana
Geografia econômica
Estância (SE)
Paisagem cultural
Produção tradicional
Ressignificação
Fogueteiros
Cultural landscape
Traditional production
Resignification
Subject CNPQ: CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Program Affiliation: Pós-Graduação em Geografia
Citation: GOMES, Robertta de Jesus. Redes, teias e laços na produção de fogos : tradição e ressignificação em Estância/SE. 2017. 136 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2017.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7937
Appears in Collections:Mestrado em Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ROBERTTA_JESUS_GOMES.pdf4,32 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.