Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7961
Tipo de Documento: Monografia
Monografia
Título: Antibioticoprofilaxia pós-operatória em cirurgia de contorno corporal: há benefício?
Antibioticoprofilaxia pós-operatória em cirurgia de contorno corporal: há benefício?
Título(s) alternativo(s): Postoperative antibiotic prophylaxis in body contour surgery: Is there a benefit?
Postoperative antibiotic prophylaxis in body contour surgery: Is there a benefit?
Autor(es): Dias, Bruno Garcia
Data do documento: 9-Ago-2013
9-Ago-2013
Orientador: Aragão, Matheus Todt
Coorientador: Menezes, Marcel de Aguiar
Resumo: INTRODUÇÃO: O número de cirurgias plásticas cresce a cada ano, sendo que a cirurgia de contorno corporal compreende uma importante fatia da especialidade. Dentre as complicações decorrentes destes procedimentos, a infecção de sítio cirúrgico constitui umas das mais temidas pelos cirurgiões plásticos. A profilaxia é a principal medida contra a complicação, porém o uso de antibioticoprofilaxia em cirurgias plásticas permanece controverso. Apesar da grande relevância, o tema ainda carece de investigação. MÉTODO: Trata-se de um estudo prospectivo, randomizado e controlado, do tipo coorte, onde pacientes submetidos à cirurgia de contorno corporal foram divididos em dois grupos: (1) utilização de antibioticoprofilaxia intraoperatório e (2) utilização de antibioticoprofilaxia estendida por dois dias. RESULTADOS: Foram avaliados 31 pacientes, 16 receberam profilaxia antibiótica pós-operatória e 15 apenas durante a cirurgia. A taxa de infecção global foi de 6.4%, com um caso de infecção do sítio cirúrgico em cada grupo, não havendo uma diferença estatisticamente significativa. CONCLUSÃO: Encontramos uma incidência equivalente de infecção de sítio cirúrgico entre os indivíduos que receberam e que não receberam profilaxia antibiótica estendida.
Abstract: BACKGROUND: The number of plastic surgeries is growing every year and the body contouring surgery comprises an important slice of these surgeries. Between the complications arising from these procedures, the surgical site infection is one of the most feared by plastic surgeons. The prophylaxis is the main tool in the fight against this complication, but the use of antibiotics in plastic surgery is still controversial. Despite the importance, few studies address this issue. METHOD: This is a controlled randomized prospective study, conducted in patients undergoing body contouring surgery, in tertiary hospitals, under general and spinal anesthesia, which were divided into two groups: (1) antibiotic prophylaxis only during surgery and (2) prophylaxis extended for two days. RESULTS: 31 patients were evaluated, of which 16 patients received prolonged prophylaxis and 15 received antibiotic only during the procedure. The overall infection rate was 6.4%, there was one case of infection in each group, and there were no statistically significant difference between the groups. CONCLUSIONS: We found equivalent incidence of surgical site infection among individuals who received and did not receive antibiotic prophylaxis.
Palavras-chave: Medicina
Saúde
Cirurgia plástica
Antibióticos
Infecção
Centros cirúrgicos
Medicine
Plastic surgery
Antibiotics
Infection
Surgical Centers
área CNPQ: CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Idioma: por
por
Sigla da Instituição: Universidade Federal de Sergipe
Universidade Federal de Sergipe
Departamento: DME - Departamento de Medicina – Aracaju - Presencial
DME - Departamento de Medicina – Aracaju - Presencial
Citação: DIAS, Bruno Garcia. Antibioticoprofilaxia pós-operatória em cirurgia de contorno corporal : há benefício? Aracaju, SE, 2013. TCC (Graduação em Medicina) - Departamento de Medicina, Aracaju, 2013.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7961
Aparece nas coleções:Medicina

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Bruno_Garcia_Dias.pdf457,92 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.