Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/8254
Document Type: Monografia
Title: Prevalência de casos notificados de sífilis em gestante e sífilis congênita no estado de Sergipe entre 2007 e junho de 2013
Other Titles: Prevalence of reported cases of syphilis in pregnant women and congenital syphilis in the state of Sergipe between 2007 and June 2013
Authors: Barros, Layla Barbosa
Issue Date: 31-Aug-2013
Advisor: Dias, Júlia Maria Gonçalves
Resumo : Objetivo. Conhecer a prevalência de casos notificados de sífilis em gestantes e congênita no estado de Sergipe entre 2007 e junho de 2013. Métodos. Análise de corte transversal, descritiva, com componente retrospectivo, utilizando-se exclusivamente dados secundários provenientes do Sistema de Informação de Agravos de Notificação do Ministério da Saúde. Os dados coletados referem-se ao período de 2007 a junho de 2013. Foi utilizado o programa SPSS 17.0 para análise dos dados. Resultados. Notificou-se 1450 casos de sífilis em gestantes; 47% com sífilis latente; 30% com tratamento considerado inadequado; 42% dos parceiros não foram tratados. Quanto à sífilis congênita foram notificados 1371 casos; 48,5% de recém –nascidos do sexo feminino; 50% das mães receberam tratamento; 68,9% realizou pré-natal, 48% recebeu diagnóstico no momento do parto ou curetagem. Conclusão. A análise dos resultados demonstra que, como ocorre em âmbito nacional, o grande problema da alta prevalência da transmissão vertical da sífilis, está na inefetividade da assistência pré-natal oferecida às gestantes
Abstract: Knowing the prevalence of reported cases of syphilis in pregnant women and congenit in the state of Sergipe between 2007 and June 2013. Methods. Analysis of cross-sectional, descriptive and retrospective component, using only secondary data from the Information System for Notifiable Diseases, Ministry of Health of Brazil. The data collected refer to the period 2007 to June 2013. It was used SPSS 17.0 for data analysis. Results. It has reported 1450 cases of syphilis in pregnant women, 47% with latent syphilis, 30% with treatment considered inadequate, 42% of partners were not treated. As for congenital syphilis cases were reported in 1371, 48.5% newborn of female, 50% of mothers received treatment, 68.9% underwent prenatal, 48% received a diagnosis at the time of delivery or curettage. Conclusion. The analysis shows that, as in nationwide, the central problem of the high prevalence of vertical transmission of syphilis is the ineffectiveness of prenatal care offered to pregnant women.
Keywords: Medicina
Saúde
Mulheres grávidas em Sergipe (SE)
Gravidez em Sergipe (SE)
Sífilis em Sergipe (SE)
Sífilis congênita em Sergipe (SE)
Medicine
Pregnant women in Sergipe (SE)
Syphilis in Sergipe (SE)
Congenital syphilis in Sergipe (SE)
Subject CNPQ: CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Department: DME - Departamento de Medicina – Aracaju - Presencial
Citation: BARROS, Layla Barbosa. Prevalência de casos notificados de sífilis em gestante e sífilis congênita no estado de Sergipe entre 2007 e junho de 2013. Aracaju, SE, 2013. TCC (Graduação em Medicina) - Departamento de Medicina, Aracaju, 2013.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/8254
Appears in Collections:Medicina

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Layla_Barbosa_Barros.pdf661,52 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.