Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/8376
Document Type: Dissertação
Title: E por esta razon conuino que fuessen los reyes, e lo tomassen los omes por señores : uma análise da legitimidade, autoridade e poder no reinado de Alfonso X através das suas redes de negociações senhoriais (1252-1284)
Other Titles: E por esta razon conuino que fuessen los reyes, e lo tomassen los omes por señores : an analysis of legitimacy, authority and power in the reign of Alfonso X through his networks of seigneurial negotiations (1252-1284)
Authors: Mota, Bruna Oliveira
Issue Date: 23-Mar-2018
Advisor: Alvaro, Bruno Gonçalves
Resumo : No dia 31 de maio de 1252, diante dos aristocratas mais importantes do reino, Alfonso X foi coroado rei de Castela e Leão em uma cerimônia pública e desprendida de ritos de sacralização tradicionais das monarquias medievais. A trajetória política do reinado alfonsino foi marcada por períodos de incessantes conflitos e tensões sociais, as causas de referidas perturbações estavam diretamente ligadas à produção e tentativa de instauração de um audacioso programa de governo que buscava, sobretudo, a unificação legislativa e a renovação do direito do reino, algo não efetivado. Diante de um cenário político de sublevações e na necessidade de garantir o apoio dos seus súditos para as suas demandas de governo, Alfonso X produziu uma gama de normas jurídicas – coercitivas e concessivas – que tinham por finalidade o fortalecimento da sua autoridade régia, ao mesmo tempo em que buscava ferramentas legislativas que possibilitassem equilibrar novamente a sua relação com a sociedade política do reino num eterno jogo de poderes. Temos entendido tais aspectos como algo inerente às negociações senhoriais que nortearam as relações entre este monarca e as aristocracias laicas e eclesiásticas do período. Ao tomarmos as características acima apresentadas como norte de investigação e ao analisarmos um corpus documental composto por crônicas e documentos jurídicos elaborados sobre e no período alfonsino, tivemos como objetivo em nossa pesquisa examinar as relações de negociações desenvolvidas por Alfonso X ao longo do seu reinado, procurando entender as constantes crises de autoridade monárquica, abalos de legitimidade e, consequentemente, as ações políticas e jurídicas instauradas por ele na busca pela efetivação do poder. Assim, pudemos defender o quanto a fragmentação política não significou a ausência da legitimidade, da autoridade e, tampouco, do poder. Ao contrário, a descentralização apenas salientou mais os mecanismos de negociações, aspecto fundamental na constituição e manutenção da sociedade senhorial na Idade Média Central.
Abstract: On May 31st, 1252, before the most important aristocrats of the kingdom, Alfonso X was crowned King of Castile and Leon in a public ceremony and detached from traditional sacralization rites of the medieval monarchies. The political trajectory of the Alfonsine reign was marked by periods of unrelenting conflicts and social tensions, the causes of these disruptions were directly linked to the production and attempt to establish a daring government program that sought above all to unify legislation and renew the right of the kingdom, something not effected. Faced with a political scenario of uprisings and the need to secure the support of his subjects for their demands for government, Alfonso X produced a range of legal rules - coercive and concessive - aimed at strengthening his royal authority, at the same time time in which it looked for legislative tools that made possible to rebalance its relation with the political society of the kingdom in an eternal game of powers. We have understood these aspects like something inherent to the noble negotiations that guided the relations between this monarch and the aristocracies secular and ecclesiastical of the period. When we take the characteristics presented above as the north of research and when analyzing a documentary corpus composed of chronicles and legal documents elaborated on and during the Alfonsine period, we had as objective in our research to examine the relations of negotiations developed by Alfonso X throughout his reign, looking for to understand the constant crises of monarchical authority, abyss of legitimacy and, consequently, the political and juridical actions established by him in the search for the realization of power. Thus, we could argue that political fragmentation did not mean the absence of legitimacy, authority, or power. On the contrary, decentralization only emphasized the mechanisms of negotiations, a fundamental aspect in the constitution and maintenance of seigniorial society in the Central Middle Ages.
Keywords: História (aspectos políticos)
Castela e Leão (Espanha)
Poder na Idade Média
Legitimidade governamental
Monarquia
Negociações senhoriais
Alfonso X
Século XIII
Relações de poder
Seigneurial negotiations
Alfonso X
13th century
Power relations
Subject CNPQ: CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Program Affiliation: Pós-Graduação em História
Citation: MOTA, Bruna Oliveira. E por esta razon conuino que fuessen los reyes, e lo tomassen los omes por señores : uma análise da legitimidade, autoridade e poder no reinado de Alfonso X através das suas redes de negociações senhoriais (1252-1284). 2018. 174 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2018.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/8376
Appears in Collections:Mestrado em História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BRUNA_OLIVEIRA_MOTA.pdf1,73 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.