Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/8460
Tipo de Documento: Monografia
Título: Avaliação da germinação de sementes de Corymbia Citriodora (Hook.) K.D. Hill & L.A.S. Johnson utilizando diferentes dosagens de biocarvão de casca de coco como substrato
Autor(es): D'Avila, Álvaro Rocha Freitas
Data do documento: 2-Abr-2018
Orientador: Reis, Alessandra Maria Ferreira
Resumo: O presente estudo teve como objetivo, avaliar o efeito do biocarvão resultante da pirólise da casca do coco, em diferentes dosagens, na germinação de sementes de Corymbia citriodora (Hook.) K.D. Hill & L.A.S. Johnson, e no acúmulo inicial de biomassa das plântulas. Visando o uso do biocarvão como componente de substrato para produção de mudas. Para condução do experimento, foram usadas 20 caixas gerbox, onde cada uma recebeu 0,5 gramas de sementes de Corymbia citriodora, sendo divididas em 4 tratamentos contendo 0,05, 0,10, 0,25 e 0,50 g de biocarvão mais a testemunha, todos com quatro repetições, utilizando o delineamento experimental inteiramente casualizado (DIC). Os gerbox foram acondicionados em uma câmara de germinação BOD, com temperatura de 25º C e fotoperíodo de 12 horas. As avaliações foram realizadas diariamente durante 14 dias, usando como base, critérios estabelecidos pelas Regras para Análise de Sementes para a maioria das espécies do gênero Eucalyptus. Foi observado que a adição de 0,05 g de biocarvão, influenciou positivamente na porcentagem de germinação de sementes da espécie Corymbia citriodora, apresentando valores absolutos superiores ao tratamento testemunha, apesar de não terem sido encontradas diferenças estatísticas significativas entre estes dois tratamentos. A quantidade de 0.5 g de biocarvão adicionada no tratamento T5, surtiu efeito negativo, principalmente no número de sementes germinadas, porém as plântulas que se desenvolveram mostraram-se mais vigorosas. Verificou-se que à medida que a quantidade de biocarvão aumentou, o número de sementes germinadas diminuiu, contudo os tratamentos com maiores doses de biocarvão apresentaram plântulas mais desenvolvidas.
Palavras-chave: Engenharia florestal
Biocarvçao
Extrato de coco
Corymbia citriodora
Germinação de sementes
Sementes florestais
área CNPQ: CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL
Idioma: por
Sigla da Instituição: Universidade Federal de Sergipe
Departamento: DCF - Departamento de Ciências Florestais - São Cristóvão - Presencial
Citação: D'AVILA, Álvaro Rocha Freitas. Avaliação da germinação de sementes de Corymbia Citriodora (Hook.) K.D. Hill & L.A.S. Johnson utilizando diferentes dosagens de biocarvão de casca de coco como substrato. São Cristóvão, SE, 2018. Monografia (Bacharelado em Engenharia Florestal) - Departamento de Ciências Florestais, Centro de Ciências Agrárias Aplicadas, Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2018
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/8460
Aparece nas coleções:Engenharia Ambiental

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Alvaro_Rocha_Freitas_DAvila.pdf863,23 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.