Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/8854
Tipo de Documento: Monografia
Título: Extração de compostos bioativos de zingiber officinale roscoe e avaliação da sua atividade frente a fatores de virulência de staphylococcus aureus
Título(s) alternativo(s): Extraction of bioactive compounds from zingiber officinale roscoe and evaluation of its activity against virulence factors of staphylococcus aureus
Autor(es): Santos, Tailane Caína de Souza
Data do documento: 30-Abr-2018
Orientador: Silva, James Almada da
Coorientador: Cavalcante, Rafael Ciro Marques
Resumo: INTRODUÇÃO: Zingiber officinale (gengibre) apresenta como constituintes majoritários os gingerois, substâncias responsáveis pela maior parte das suas atividades terapêuticas, incluindo a ação antimicrobiana. Há poucos estudos relatando a atividade antimicrobiana da espécie de Z. officinale e nenhum avaliando a atividade contra fatores de virulência de Staphylococcus aureus, bactéria causadora de diversas infecções. Uma das formas de combater essas infecções é inibindo seus fatores de virulência, como DNases, lipases e a formação de biofilme. OBJETIVO: Extrair e isolar substâncias de Zingiber officinale para avaliação da atividade antimicrobiana e do seu efeito anti-fatores de virulência de S. aureus resistente à meticilina. METODOLOGIA: Os extratos obtidos por maceração e turboextração, em etanol e hexano e as substâncias isoladas por cromatografia líquida clássica e cromatografia líquida de alta eficiência foram ensaiados para avaliar a atividade antibacteriana, anti-DNase, anti-lipase e anti formação de biofilme. RESULTADOS: Todos os extratos (T1: turboextração, hexano; T2: turboextração, etanol; M1: maceração, hexano; M2: maceração, etanol; 0,5 mg/mL e as substâncias (0,2 mg/mL) 6-, 8-, 10-gingerol e 6-shogaol apresentaram atividade frente a DNase. T1, T2, M1 e M2 inibiram a DNAse em 33,9%, 28,8%, 34,7% e 26,1%, respectivamente, enquanto que apenas os extratos T1 (17,49%) e T2 (18%) foram ativos contra a lipase. As substâncias 6-, 8- e 10-gingerol mostraram atividade de 32,9%, 44,6% e 30,3% anti-DNase e apresentaram inibição da formação de biofilme em 39,8%, 65,9% e 52,6%, respectivamente. O 6-shogaol além de inibir a DNase, também mostrou ter um alto potencial antimicrobiano, com concentração inibitória mínima (CIM) de 50 g/mL. CONCLUSÃO: É de grande relevância encontrar substâncias bioativas com potencial antimicrobiano e anti-fatores de virulência, para torna-los aplicáveis no tratamento de infecções causadas por bactérias multirresistentes.
Abstract: INTRODUCTION: Zingiber officinale presents as main constituents the gingerois, substances responsible for most of its therapeutic activities, among them, antimicrobial. There are few studies reporting the antimicrobial activity of the Z. officinale species and none evaluating the activity against virulence factors of Staphylococcus aureus, bacterium causing various infections. One way to combat these infections is inhibiting their virulence factors, such as DNases, lipases and biofilm formation. OBJECTIVE: To extract and isolate substances from Zingiber officinale for evaluation of antimicrobial activity and of anti-virulence factors effect of methicillin resistant S. aureus. METHODS: The extracts obtained by maceration and turboextraction, in ethanol and hexane and the isolated substances by classical liquid chromatography and high performance liquid chromatography were tested to evaluate antimicrobial activity, anti-DNase, anti-lipase and biofilm formation. RESULTS: All extracts (T1: turboextraction, hexane; T2: turboextraction, ethanol; T3: maceration, hexane; T4: maceration, ethanol; 0.5 mg/mL) and substances (0.2 mg / mL), 6-, 8-, 10-gingerol and 6-shogaol showed activity against DNase. T1, T2, M1 and M2 inhibited the DNAse in 33.9%, 28.8%, 34.7% and 26.1%, respectively, whereas only the extracts T1 (17.49%) and T2 (18%) were active against lipase. Six-, 8- and 10-gingerol showed activity of 32.9%, 44.6% and 30.3% anti-DNase and showed inhibition of biofilm formation 39.8%, 65.9% and 52, 6%, respectively. In addition to inhibiting DNase, 6-shogaol was also shown to have a high antimicrobial potential, with a minimum inhibitory concentration (MIC) of 50 μg/mL. CONCLUSION: With these results it is concluded that it is of great relevance to find bioactive substances with antimicrobial potential and anti-virulence factors, to make them applicable in the treatment of infections caused by multiresistant bacteria.
Palavras-chave: Gengibre
Biofilme
Stafilococos áureos
Zingiber officinale
Gingerol
Anti-DNase
Anti-Lipase
Biofilm
Idioma: por
Sigla da Instituição: UFS
Departamento: DFAL - Departamento de Farmácia – Lagarto - Presencial
Citação: SANTOS, Tailane Caína de Souza. Extração de compostos bioativos de zingiber officinale roscoe e avaliação da sua atividade frente a fatores de virulência de staphylococcus aureus. 2018. 1 CD-ROM. Monografia (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal de Sergipe, Lagarto, 2018.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/8854
Aparece nas coleções:Farmácia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TAILANE_CAÍNA_DE_SOUZA_SANTOS.pdf1,36 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.